A intelligentsia feminina na escola nova

uma leitura sem margens das crônicas de Cecília Meireles (1930-1932)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rho.v22i00.8659963

Palavras-chave:

Cecília Meireles, Escola nova, Democracia, Pensamento educacional, Sociedade e política

Resumo

Este texto busca expor reflexões acerca do movimento da Escola Nova (1932), por meio das crônicas publicadas pela intelectual brasileira Cecília Meireles (1901-1964) no periódico carioca Diario de Noticias, nos anos iniciais da década de 1930. Considerando os princípios da Nova Historiografia (BURKE, 2010), fundamenta-se em diferentes documentos que dialogam com os mencionados registros, localizando-os em tempo e espaço de escrita e circulação, como indicado pela concepção escriturária seguida. (CERTEAU, 2017; LUCA, 2008). Dada a escolha do jornal como principal fonte, analisa-se o ideal de criança e professor propagados ela mestra, extraindo, com o apoio destes, o conceito atribuído por ela à categoria democracia, reivindicada pela Nova Escola em suas limitações e contradições. Os periódicos, principais veículos de informação de tais tempos, possibilitaram a formulação de redes de sociabilidade entre representantes dos mais variados segmentos, sendo, portanto, rico material para investigações históricas. (LUCA, 2008). Percebe-se que, ao discutir os problemas comuns no Brasil e na América do início do século XX, a personagem favorece visualização microscópica dos segmentos mencionados, ora assemelhando-se, ora distanciando-se dos demais escolanovistas. Em contexto de modernização educacional, expôs peculiaridades e globalidades do seu olhar feminino, docente e literato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hebelyanne Pimentel da Silva, Universidade Federal da Paraíba

Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Alagoas. Pesquisadora na Universidade Federal da Paraíba. 

Charliton José dos Santos Machado, Universidade Federal da Paraíba

Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professor da Universidade Federal da Paraíba.

Referências

ALBERTO, A. Á. Tentativa de escola moderna. 1ª Conferência Nacional de Educação, promovida pela A.B.E., Curitiba, 1927. In: MIGNOT, A. C. V. (Org.). Armanda Alberto. Recife: Joaquim Nabuco, 2010. p. 103-141.

ALBERTO, A. Á. Tentativa de escola moderna. In: ALBERTO, A. Á. (org.). A Escola Regional de Meriti: documentário 1921-1964. Brasília, DF: MEC, 2016. p. 45-53. Disponível em: https://bit.ly/3lmS3Wx. Acesso em: 20 dez. 2019.

ARENDT, H. Eichmann em Jerusalém: um relato sobre a banalidade do mal. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

AS MULHERES na Revolução Communista: a adesão da U. F. do Brasil – Mulher e marido no P.C.B. O Imperial, Rio de Janeiro, ed. 00468, 1º dez. 1936. Disponível em: https://bit.ly/3oOzahd. Acesso em: 5 abr. 2020.

AZEVEDO, F. et al. Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova. Brasil, 1932. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. esp., p. 188-204, 2006. Disponível em: https://bit.ly/2YElI4Q. Acesso em: 31 mar. 2020.

BURKE, P. A Escola dos Annales 1929-1989: a revolução francesa da historiografia. 2. ed. São Paulo: Unesp, 2010.

CAMPANHA de educação de adultos: prosseguimento do curso para professores de ensino supletivo. Diario de Notícias, segunda seção, ed. 08149, p. 6, 19 maio 1949. Disponível em: https://bit.ly/3DvDxCd. Acesso em: 30 mar. 2020.

CARTA a Arthur Ramos comunicando a entrega do livro de John Dewey, intitulado “Liberalismo e ação social” (título traduzido pela Biblioteca Nacional). Nova York: G. P. Putmam's Sons, 1935. Disponível em: https://bit.ly/3Bt9omp. Acesso em: 28 mar. 2020.

CERTAS publicações infantis, pior do que imorais, são criminosas. Diario de Notícias, segunda seção, ed. 07894, p. 1-2, 20 jul. 1948. Disponível em: https://bit.ly/3Ax0GSB. Acesso em: 2 abr. 2020.

CERTEAU, M. A operação historiográfica. In: CERTEAU, M. A escrita da história. 3. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2017. p. 45-111.

CORREA-SILVA, A. M.; GONÇALVES, J. P. Manifesto dos pioneiros e perspectiva de gênero: Noemy, Cecília e Armanda, as mulheres que impactaram a educação na década de 1930. Revista Linhas, Florianópolis, v. 20, n. 43, p. 272-289, 2019. Disponível em: https://bit.ly/3mD4m0v. Acesso em: 3 abr. 2020. DOI: https://doi.org/10.5965/1984723820432019272

DEWEY, J. Democracia e educação: introdução à filosofia da educação. 4. ed. São Paulo: Nacional, 1979.

DORIA, A. S. Como se ensina. São Paulo: Monteiro Lobato & C. 1923.

FERREIRA, R. V. J.; MICARELLO, H. A. L. S. As intelectuais Gabriela Mistral e Cecília Meireles nas bibliotecas infantis: traços da modernidade educacional no México e no Brasil. Revista Brasileira de Educação, v. 22, n. 71, 2017. Disponível em: https://bit.ly/2X2ZclG. Acesso em: 3 abr. 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/s1413-24782017227178

GALTON, F. Hereditary genius. London: New York: Macmillan, 1892.

LUCA, T. R. Fontes impressas: história dos, nos e por meio dos periódicos. In: PINSKY, C. B. (org.). Fontes históricas. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2008. p. 111-153.

LUISE, L. Ideias sobre educación. Montevideo: Maximino Garcia, 1922.

MARTINS, M. V. R. Bibliotecas públicas e escolares nos discursos de Cecília Meireles e Armanda Álvaro Alberto: acervos e práticas de leituras. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 19, n. spe, p. 227-241, 2014. Disponível em: https://bit.ly/3oLmW98. Acesso em: 27 out. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1981-5344/2282

MEIRELES, C. [Ser professor]. Diário de Notícias, 24 de junho de 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001a. p. 129-130.

MEIRELES, C. A atuação do professor moderno. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 17 jan. 1931. In.: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001b. p. 187-188.

MEIRELES, C. A consciência dos educadores. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 1 out. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001c. p. 173-175.

MEIRELES, C. A dificuldade de ser professor. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 23 ago. 1932. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001d. p. 253-255.

MEIRELES, C. A esperança dos educadores. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 19 out. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001e. p. 179-180.

MEIRELES, C. A formação do professor [II]. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 16 jan. 1931. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001f. p. 183-185.

MEIRELES, C. A futura Escola Normal. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 21 set. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001g. p. 169-171.

MEIRELES, C. A passagem dos ideais. Diário de Notícias, 31 de janeiro de 1931. In: MEIRELES, C. Seleção e organização de leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001h. p. 189-191.

MEIRELES, C. A Revolução e a criança. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 26 jan. 1932. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001i. p. 83-86.

MEIRELES, C. A significação da Literatura na formação do professor: do “Espírito Victorioso”, these apresentada ao concurso de Literatura da Escola Normal. Diario de Noticias, ed. 00083, p. 6, 2 set. 1930. Disponível em: https://bit.ly/2X2Zk4E. Acesso em: 6 jun. 2020.

MEIRELES, C. As crianças e a religião. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 5 maio. 1931. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001j. p. 19-21.

MEIRELES, C. As qualidades do educador. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 18 out. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001k. p. 177-178.

MEIRELES, C. Aulas de normalistas. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 19 ago. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001l. p. 157-159.

MEIRELES, C. Como se distingue o educador. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 22 ago. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001m. p. 161-162.

MEIRELES, C. Escola para a criança. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 22 nov. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001n. p. 181-182.

MEIRELES, C. Formação do professor [I]. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 24 ago. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001o. p. 163-164.

MEIRELES, C. Manifesto da nova educação. Diário de Notícias, 10 julho de 1932. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001p. p. 241-242.

MEIRELES, C. O novo tipo de educador. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 14 ago. 1931. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001q. p. 203-205.

MEIRELES, C. O problema do professor. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 3 nov. 1931. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001r. p. 207-209.

MEIRELES, C. O professor moderno e a sua formação. Diario de Noticias, Rio de Janeiro, 26 jun. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001s. p. 131-132.

MEIRELES, C. O que se espera e o que se teme. Diário de Notícias, 09 de novembro de 1931. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001t. p. 13-14.

MEIRELES, C. Os políticos e a psicologia. Diário de Notícias, 4 de novembro de 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001u. p. 3-6.

MEIRELES, C. Pistoia: Cemitério Militar Brasileiro. 2. ed. São Paulo: Global, 2016.

MEIRELES, C. Professoras de amanhã. Diario de Noticias, Rio de Janeiro, 8 jul. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001v. p. 133-135.

MEIRELES, C. Professores e anúncios. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 4 set. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001w. p. 165-166.

MEIRELES, C. Qualidades do professor [I]. Diario de Noticias, Rio de Janeiro.10 ago. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001x. p. 147-148.

MEIRELES, C. Qualidades do professor [II]. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 16 ago. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001y. p. 151-152.

MEIRELES, C. Sacrifícios do educador. Diario de Noticias, Rio de Janeiro. 30 jul. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001z. p. 141-142.

MEIRELES, C. Ser professor. Diario de Noticias, Rio de Janeiro, 24 jun. 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001aa. p. 129-130.

MEIRELES, C. Um livro-símbolo. Diário de Notícias, 02 de agosto de 1930. In: MEIRELES, C. Crônicas de Educação, 3. Seleção e organização de Leodegário A. de Azevedo Filho. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Fundação Biblioteca Nacional, 2001ab. p. 145-146.

MIGNOT, A. C. V. (Org.). Armanda Alberto. Recife: Joaquim Nabuco, 2010.

MISTRAL, G. El ofício Lateral, 1949. In: MISTRAL, G. Magisterio y niño. Santiago: Andes Bello, 1979. p. 43-51.

MISTRAL, G. Lecturas para mujeres: destinadas a la enseñanza del lenguaje. México: Porrúa, 1924.

MORAES, J. D. Armanda Álvaro Alberto: escola nova e repressão política nos anos 1930. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, v. 13, n. 53, p. 183-195, 2013. Disponível em: https://bit.ly/3iOQhfb. Acesso em: 17 mar. 2021. DOI: https://doi.org/10.20396/rho.v13i53.8640200

MORAES, J. D. Cecília Meireles e o ensino religioso nos anos 1930: embates em defesa da escola nova. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 42, n. 3, p. 741-754, 2016. Disponível em: https://bit.ly/3lpJnPa. Acesso em: 3 abr. 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-9702201609151046

MORAES, J. D. Noemy Rudolfer e a organização da escola e do mundo do trabalho nos anos 1920 e 1930. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 485-497, 2012. Disponível em: https://bit.ly/3mGIOjh. Acesso em: 3 abr. 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-97022012000200014

PINHEIRO, J. G. R. O diário de Dalila: poética, testemunho e tragédia na formação do indivíduo moderno. Salvador: Eduneb, 2017.

POR QUE a escola deve ser leiga: a conferência da sra. Cecília Meireles. Diario de Noticias, Rio de Janeiro, ed. 00575, 16 jan. 1932. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/093718_01/8582. Acesso em: 17 out. 2021.

QUINTA Conferência Nacional de Educação: o discurso do sr. Anísio Teixeira na sessão em homenagem aos delegados estaduais. Diario de Noticias, Rio de Janeiro, ed. 00924, 6 jan. 1933. Disponível em: https://bit.ly/3uUbRDW. Acesso em: 3 jun. 2020.

RAMOS, A. Biografia. Psicologia: ciência e profissão, Brasília, DF, v. 22, n. 4, p. 97, 2002. Disponível em: https://bit.ly/3uYUBNL. Acesso em: 22 maio 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-98932002000400012

ROCHA, J. A. L. (Org.). Anísio em movimento: a vida e as lutas de Anísio Teixeira pela escola pública e pela cultura no Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 2002.

RÓNAI, P. O conceito da beleza em “Mar Absoluto” (Especial para o Diário de Notícias). Diario de Noticias, Rio de Janeiro, ed. 07240, 2 jun. 1946. Disponível em: https://bit.ly/2YuS0z0. Acesso em: 5 jun. 2020.

ROUSSEAU, J. Emílio ou da Educação. 3. ed. São Paulo; Rio de Janeiro: Difel, 1979.

SANDOVAL, R. Curso elementar de portuguez: em pequenos exercícios práticos. Viçosa: Typographia Economica, 1921.

SANFELICE, J. L. O Manifesto dos Educadores (1959) à luz da história. Educação & Sociedade, Campinas, v. 28, n. 99, p. 542-557, 2007. Disponível em: https://bit.ly/3oJtuW1. Acesso em: 11 dez. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302007000200013

SGANDERLA, A. P.; CARVALHO, D. C. Lourenço Filho: um pioneiro da relação entre psicologia e educação no Brasil. Psicologia da Educação, São Paulo, v. 26, p. 173-190, 2008.

SIRINELLI, J. F. Os intelectuais. In: RÉMOND, R. (Org.). Por uma história política. 2. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2003. p. 231-269.

TEIXEIRA, A. Autonomia para a educação. 1947. In: ROCHA, J. A. L. (org.). Anísio em movimento: a vida e as lutas de Anísio Teixeira pela escola pública e pela cultura no Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 2002. p. 33-49.

TEIXEIRA, A. Em marcha para a democracia: à margem dos Estados Unidos. Rio de Janeiro: Guanabara, 1934.

Downloads

Publicado

2022-03-31

Como Citar

SILVA, H. P. da; MACHADO, C. J. dos S. A intelligentsia feminina na escola nova: uma leitura sem margens das crônicas de Cecília Meireles (1930-1932). Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 22, n. 00, p. e022006, 2022. DOI: 10.20396/rho.v22i00.8659963. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8659963. Acesso em: 26 set. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)