Mestiçagem como problema visual
PDF

Palavras-chave

Corpo
Imagem
Racialidade
Pintura de castas
Paulo Nazareth

Como Citar

RODRIGUES, Tadeu Ribeiro. Mestiçagem como problema visual: notas sobre a colonialidade do ver na América Latina. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 6, n. 1, p. 540–562, 2022. DOI: 10.20396/modos.v6i1.8666346. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8666346. Acesso em: 18 maio. 2024.

Resumo

A partir da articulação entre imagens que suscitam questões raciais no contexto latino-americano – os regimes de visualidade sistematizados no México colonial em torno da mestiçagem/hibridização de diferentes grupos étnicos no século XVIII e a produção do artista brasileiro Paulo Nazareth na primeira década do século XXI – buscamos investigar possíveis elaborações poéticas e estratégias performativas que reposicionam enunciados acerca da formação de identidades nacionais na contemporaneidade latino-americana, destacando suas implicações hierárquicas, eugenistas e políticas na construção de determinado olhar diante dos corpos racializados.

https://doi.org/10.20396/modos.v6i1.8666346
PDF

Referências

AMANCIO, T. Nós, os latinos?, 2019. Disponível em: <https://medium.com/@thomazamancio/n%C3%B3s-os-latinos-f7e273a2417c>. Acesso em: 05 jan. 2021.

BARRIENDOS, J. A colonialidade do ver: rumo a um novo diálogo visual epistêmico, Revista Epistemologias do Sul, v.3, n. 1, p. 38-56, 2019.

CASTRO-GÓMEZ, S. La hybris del punto cero: ciencia, raza e ilustración en la Nueva Granada (1750-1816). Bogotá: Editorial Pontificia Universidad Javeriana, 2005.

COSTA, L. C. Ambiguidade relevante: experiência itinerante e documentação visual, Revista Arte & Ensaios. Rio de Janeiro: 2016, n. 31, p. 60-69.

DUSSEL, E. Europa, modernidad y eurocentrismo. In: LANDER, E. A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. Buenos Aires: CLACSO, 2005.

GONZALEZ, L. Por um feminismo afro-latino-americano. Organização de Flávia Rios e Márcia Lima. Rio de Janeiro: Zahar, 2000.

KATZEW, I. Casta painting: images of race in eighteenth-century Mexico. New Haven: Yale University Press, 2004.

MALDONADO-TORRES, N. A topologia do Ser e a geopolítica do conhecimento: Modernidade, império e colonialidade, Revista Crítica de Ciências Sociais, n.80, p. 71-114, 2008.

MIGNOLO, W. Historias locales/ diseños globales: colonialidad, conocimientos subalternos y pensamiento fronterizo. Madrid: Akal, 2003.

MUNANGA, K. Rediscutindo a mestiçagem no Brasil: identidade nacional versus identidade negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

NAZARETH, P. Entre-lugar: identidades em trânsito. Entrevista concedida a Michel Masson. Revista online do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica. Rio de Janeiro: PUC-Rio, 2018, v.4, n.6.

NAZARETH, P. Mas não se come com a mão de qualquer jeito, existe uma maneira [...]. Entrevis-ta concedida ao Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Escola de Belas Ar-tes, UFRJ, Revista Arte & Ensaios. Rio de Janeiro: 2019, n.38, p. 9-47.

NAZARETH, P. Paulo Nazareth: arte contemporânea/LTDA (textos J. Melo et al.). Rio de Janei-ro: Cobogó, 2012.

QUIJANO, A. Colonialidade do poder, Eurocentrismo e América Latina. In: A colonia-lidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latino-americanas. Buenos Aires: CLACSO, 2005.

RODRÍGUEZ-GARCÍA, D. The Abomination of Hybridity: Mixophobia as State Policy, Glocalism: Journal of Culture, Politics and Innovation. 2013.

STOCKE, V. Los mestizos no nacen sino que se hacen. In: COELLO, A.; STOLCKE, V. (Org.). Identidades Ambivalentes en América Latina (Siglos XVI-XXI). Barcelona: Bellaterra, 2008, p. 14-51.

OLIVEIRA, E. de O. e. O mulato, um obstáculo epistemológico. Argumento, ano 1, n. 3. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1974.

TRIELLI RIBEIRO, G. O fim do fim da arte: a poética itinerante de Paulo Nazareth, Revista Landa. Florianópolis: UFSC, 2016, v.5, n.1.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 Tadeu Ribeiro Rodrigues

Downloads

Não há dados estatísticos.