A "virada global" como um futuro disciplinar para a História da Arte

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/modos.v5i3.8667052

Palavras-chave:

História da arte global, Globalização cultural, Processos transculturais

Resumo

As discussões sobre a "virada global" na História da Arte estão ganhando cada vez mais espaço. Desde o final do século passado, os historiadores da arte voltaram seus procedimentos e métodos para aprofundar as conexões, trocas, interdependências, mobilidade e culturas visuais compartilhadas entre grupos geograficamente diversos. As pesquisas realizadas nesse contexto abriram novos caminhos para materialidades, obras e objetos pouco estudados ou conhecidos. É cada vez mais necessário incentivar a pesquisa que conecte as várias regiões e formas culturais. Como os insights de estudos regionais e locais podem ser integrados em uma rede internacional inclusiva de atividades acadêmicas? Convidamos propostas teóricas criativas e estudos de caso estratégicos de todos os campos, locais e épocas para prever um futuro para a história da arte global, concentrando-nos em conectividades, diferenças culturais negociadas e processos históricos dinâmicos. Esse futuro disciplinar resiste à lógica da globalização econômica, evita o enquadramento nacional de seus objetos de investigação, evita hierarquias de gênero, rejeita o presentismo histórico e põe em causa reivindicações não examinadas de universalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flavia Galli Tatsch, Universidade Federal de São Paulo

Professora do Departamento de História da Arte da Universidade Federal de São Paulo/UNIFESP.

Claire Farago , Universidade do Colorado em Boulder

Professora Emérita da Universidade do Colorado em Boulder.

Referências

ESPAGNE, M. La notion de transfert culturel. Recue Sciences/Lettres. Paris: Éditions Rue d’Ulm n. 1, 2013, p.1. Disponível em : https://journals.openedition.org/rsl/219. DOI: 10.4000/rsl.219.

FARAGO, C. Whose History? Why? When? Who Benefits, and Who doesn’t? In: AVOLESE, C. M.; CONDURU, R. (Eds.). New Worlds: Frontiers, Inclusion, Utopias. São Paulo: Comitê Brasileiro de História da Arte (CBHA); Comité International de l’Histoire de l’Art and Vasto, 2017, pp. 284-303. Disponível em: https://www.academia.edu/34031149/Whose_History_Why_When_Who_Benefits_and_Who_Doesnt. Accessed: February 7, 2019.

G1. Brasil registra 619 óbitos por Covid-19 em 24 horas e passa de 121 mil. 31 ago. 2020. Online at: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/08/31/casos-e-mortes-por-coronavirus-no-brasil-em-31-de-agosto-segundo-consorcio-de-veiculos-de-imprensa.ghtml. Accessed: June 25, 2021.

G1. Brasil chega a 572,7 mil mortes por Covid; media móvel segue acima de 800 vítimas diárias. 19 de agosto de 2021. Online at:https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2021/08/17/brasil-registra-1137-mortes-por-covid-em-24-horas-total-passa-de-570-mil.ghtml. Accessed: June 25, 2021.

HOURIHANE, C. (Ed). From Minor to Major: The Minor Arts in Medieval Art History. Princeton: Index of Christian Art/Penn State University Press, 2012.

JUNEJA, M. Global Art History and the ‘Burden of Representation’. In: BELTING, H.; BIRKEN, J.; BUDDENSIEG, A. et al. (Eds.). Global Studies: Mapping contemporary art and culture. Ostfildern: Hatje Cantz, 2011, 274 -297. Online at: http://archive.summeracademy.at/media/pdf/pdf789.pdf. Accessed June 25, 2021.

NELSON, R. S. The Map of Art History. The Art Bulletin Nova York, College Art Association, vol. 79, n. 1 (mar. 1997), pp. 28-40. Online at: http://www.jstor.org/stable/3046228. Accessed: October 8, 2015. DOI: 10.2307/3046228.

SILVA, M. C. da. Uma história global antes da globalização? Circulação e espaços conectados na Idade Média. Revista de História, n. 179, 2020. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/160970/163336. Acesso em: 26 june 2021. DOI: 10.11606.

TATSCH, F. G. Mobilidades, conexões, novos contornos. A circulação de artefatos em marfim nos séculos X-XIII. Revista de História, n. 179, a06519, 2020. Online at: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2020.161141 . Accessed: June 25, 2021.

Publicado

2021-10-15

Como Citar

TATSCH, F. G.; FARAGO , C. A "virada global" como um futuro disciplinar para a História da Arte. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 5, n. 3, p. 97–120, 2021. DOI: 10.20396/modos.v5i3.8667052. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8667052. Acesso em: 19 out. 2021.

Edição

Seção

Dossiê - A "virada global" como um futuro disciplinar para a História da Arte