Entre o traço e a crítica
PDF

Palavras-chave

Giorgio Morandi
Gravuras
Coleção MAC USP
Bienal de São Paulo
Arte italiana

Como Citar

MURARI, Victor Tuon. Entre o traço e a crítica: reflexões sobre a gravura Natura Morta con Oggetti Bianchi su Fondo Scuro de Giorgio Morandi no acervo do MAC USP. MODOS: Revista de História da Arte, Campinas, SP, v. 8, n. 1, p. 87–104, 2024. DOI: 10.20396/modos.v8i1.8674406. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/mod/article/view/8674406. Acesso em: 24 jun. 2024.

Resumo

Por meio de uma reflexão sobre o discurso da crítica, a circulação de obras em território nacional e a análise da documentação conhecida, o artigo pretende contextualizar a gravura Natura Morta con Oggetti Bianchi su Fondo Scuro de Giorgio Morandi, tendo em conta os aspectos históricos que contribuíram para a incorporação da gravura ao acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP). Para tal, contemplaremos a formação do artista enquanto gravador; algumas das possíveis relações com o ambiente artístico local; e, por fim, sua participação na II Bienal de São Paulo, na qual sagrou-se vencedor do prêmio de gravuras.

https://doi.org/10.20396/modos.v8i1.8674406
PDF

Referências

ABRAMOWICZ, J. Giorgio Morandi: the art of the silence. Yale: Yale University Press, 2004.

AGUIRRE, M. Giorgio Morandi and the return to order. From Pittura Metafisica to Regionalism, 1917-1928. Anais do Instituto de Investigaciones Estéticas, Guadalajara: Laboratório Sensorial, vol.XXXV, n. 102, p. 93-124, 2012.

ALAMBERT, F. ; CANHÊTE, P. Bienais de São Paulo. Da era do museu à era dos curadores. São Paulo: Boitempo, 2004.

AMARAL, A. Morandi: os artistas e a crítica do Brasil. In: MASSI, A.; SELLERI, L. (org.). Morandi no Brasil (Catálogo de exposição). Porto Alegre: Fundação Iberê Camargo, 2012, p. 117-124.

BARDI, P. M. Senhor Vogue # 4, jul. 1978, p. 58-69.

BARR, A. H.; SOBY, J. T. Twentieth-Century Italian Art. Nova York: MoMA, 1949. BRANDI, Cesare. Cammino di Morandi. Roma: Rivista L’Arte, Roma, p.246, mar. 1939.

BARR, A. H.; SOBY, J. T. Morandi. Rio de Janeiro: Revista Gávea. n. 14, p. 573-574. S.d.

CARNEIRO, J. H. S. A recepção de Morandi no Brasil, sua influência nas obras de Dacosta e Iberê e as relações com as vanguardas concretas. Disponível em: http://www.ppgartes.uerj.br/seminario/2sp_artigos/jorge_sayao.pdf . Acesso em: 20 mar. 2020.

FERRAZ, J. C. de F. A incrível, fundamental e transformadora Fundação Bienal de São Paulo. O Estado de S. Paulo, 4 fev. 2017. Acesso em: https://alias.estadao.com.br/noticias/geral,a-incrivel-fundamental-e-transformadora-fundacao-bienal-de-sao-paulo,70001651039. Acesso em: 12 de fev. 2020.

Inaugura-se hoje a IV Bienal de São Paulo. O Estado de S. Paulo, 22 set. 1957. Geral, p. 99.

MAGALHÃES, A. G. Uma nova luz sobre o acervo modernista do MAC USP: estudos em torno das coleções Matarazzo. Revista USP, n. 90, p. 200-216, jun-ago. 2011.

MASSI, A.; SELLERI, L. (org.). Morandi no Brasil. Porto Alegre: Fundação Iberê Camargo, 2012. (Catálogo de exposição)

MUNDY, J. The Etchings of Giorgio Morandi: A Renewal of Tradition. Londres: Tate Publishing, 1991.

O ESTADO DE S. PAULO. A II Bienal de São Paulo – Os Estrangeiros. O Estado de S. Paulo, 13 dez. 1953. Anexo.

PEDROSA, M. Giorgio Morandi. Correio da Manhã, 23 mai. 1947.

SILVA, M. L. Maria Leontina, Tarsila do Amaral, Prunella Clough e Germaine Richier: mulheres artistas e prêmios de aquisição na Primeira Bienal de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Estética e História da Arte), Universidade de São Paulo, 2020.

SIMIONI, A. P. C. Modernismo brasileiro: entre a consagração e a contestação. Perspective, Paris, n. 2, p. 1-17, 2013. Disponível em: https://journals.openedition.org/perspective/5539 . Acesso em: 10 mai. 2022.

VITALI, L. L’Incisione Italiana del Novecento. I selvaggi: Giorgio Morandi. Domus, n. 36, p. 64-67, dez., 1930. Disponível em: http://www.memofonte.it/home/files/pdf/DICEMBRE_1930.pdf . Acesso em: 15 nov. 2019.

VITALI, L. Giorgio Morandi: Opera Grafica. Turim: Giulio Einaudi, 1957.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2024 Victor Tuon Murari

Downloads

Não há dados estatísticos.