Sistema de indicadores: uma introdução

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rdbci.v6i2.1986

Palavras-chave:

Indicadores, Gestão de unidades de informação

Resumo

Este artigo consiste numa revisão de literatura, traz uma introdução abordando os indicadores no contexto da gestão da qualidade e da gestão por processos, apresenta conceitos referentes aos indicadores, sua tipologia, critérios para a sua elaboração e indicativos de sua utilização como instrumento gerencial. Os indicadores são instrumentos gerenciais, podem ser decorrentes da gestão estratégica (valores, missão, visão de futuro, fatores críticos para o êxito e metas estratégicas), da gestão operacional (macroprocessos e processos) e das partes interessadas (clientes, funcionários, sociedade, fornecedores etc.).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rita de Cássia do Vale Caribé

Graduada em biblioteconomia pela UFMG (1979), mestre em biblioteconomia e documentação pela UnB (1989), doutoranda em Ciência da Informação na UnB, inicio em 2006. Analista do IBAMA

Referências

BELLUZZO, R. C. B.; MACEDO, N. D. A gestão da qualidade em serviços de informação: contribuição para uma base teórica. Ciência da Informação, Brasília, v. 22, n. 2, p-124-132, maio/ago. 1993.

CALDAS, Eduardo Lima. Indicadores de desempenho de arrecadação. DICAS, n. 24, 1994. Disponível em: < http://www.federativo.bndes.gov.br/dicas/F024.htm>. Acesso em: 23 jan. 2003.

CAMARGO, Leônidas Lopes de. Uso de indicadores da qualidade para o gerenciamento estratégico de empresas do ramo comercial. 2000. 131f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção)-Programa de pós Graduação em Engenharia de Produção, UFSC, Florianópolis, 2000. Disponível em: < http://teses.eps.ufsc.br/defesa/pdf/4429.pdf>. Acesso em: 22 fev. 2009.

CARREGARO, J. C. Proposta de indicadores de desempenho às distribuidoras de energia federalizadas do setor elétrico brasileiro. 2003. 70 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia da Produção)-Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

FELIU, T.; PERMANYER, J. De como las estadisticas y los indicadores ayudam a mejorar lãs bibliotecas: el caso de la Red de Bibliotecas Municipales de la Província de Barcelona. In: WORLD LIBRARY AND INFORMATION CONGRESS: IFLA General Conference and Council, 70., 2004, Buenos Aires. Proceedings... Buenos Aires: IFLA, 2004. Disponível em: < http://www.ifla.org/IV/ifla70/papers/076s-Feliu_Permanyer.pdf >. Acesso em: 05 fev. 2007.

HEREDIA ÁLVARO, J. A. Sistema de indicadores para la mejora y el control integrado de la calidad de los procesos. Castelló de la Plana: Universitat Jaume I, 2001. 230 p.

HOYLE, David. ISO 9000 Quality Systems Handbook. Oxford: Butterworth-Heinemann, 2005. 704p.

INTERNATIONAL ORGANIZATION OF STANDARDIZATION. ISO 2789: Information and documentation: international library statistics. Genebra, 1994.

INTERNATIONAL ORGANIZATION OF STANDARDIZATION. ISO 2789: Information and documentation: international libraRy statistics. Genebra, 2003.

INTERNATIONAL ORGANIZATION OF STANDARDIZATION. ISO 11.620: Information and documentation: library performance indicators. Genebra, 1998.

INTERNATIONAL ORGANIZATION OF STANDARDIZATION. ISO 11.620: Information and documentation: library performance indicators. Genebra, 2003.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. A estratégia em ação: balanced scorecard. 19.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997. 344p.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Kaplan e Norton na prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 126p.

KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Mapas estratégicos: balanced scorecard: convertendo ativos intangíveis em resultados tangíveis. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004a. 491p.

KARDEC, A.; FLORES, J.; SEIXAS, E. Gestão estratégica e indicadores de desempenho. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2005. 98p.

LONGO, R.M.J. Gestão da qualidade: evolução histórica, conceitos básicos e aplicação na educação. Brasília: IPEA, 1996. 16p. (Texto para discussão n. 397)

LONGO, R. M. J.; VERGUEIRO, W. Gestão da qualidade em serviços de informação do setor público: características e dificuldades para sua implantação. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, v. 1, n. 1, p. 39-59, jul./dez. 2003. Disponível em: < http://polaris.bc.unicamp.br/seer/ojs/viewarticle.php?id=8>. Acesso em: 05 fev. 2007.

MARCCELLI, R. P. O papel dos indicadores de desempenho na estratégia das organizações para o aprimoramento de processos: um estudo de caso. 2000. 79 f.

Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção)-Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2000.

MCCLURE, C. R. Performance measures and quality standards. Disponível em: < http://intranet.library.arizona.edu/archives/teams/perf/measurements.html>. Acesso em: 12 jul. 2007.

NIEDERAUER, Carlos Alberto Pittaluga. Avaliação dos bolsistas de produtividade em pesquisa da engenharia de produção utilizando Data Envelopment Analysis. 1998.

Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção)-Universidade Federal de Santa Catarina. 1998. Disponível em: < http://www.eps.ufsc.br/disserta98/pittaluga/>. Acesso em: 21 fev. 2009.

RAMPERSAD, H. K. Scorecard para performance total: alinhando o capital humano com estratégia e ética empresarial. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 391 p.

SEBRAE. Indicadores de sucesso: qualidade e produtividade. Brasília: SEBRAE, 1995.

TAKASHINA, N. T.; FLORES, M. C. X. Indicadores de qualidade e do desempenho. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2005. 100p.

TIRONI, L. F. et al. Critérios para geração de indicadores de qualidade e produtividade no serviço público. Brasília: IPEA, 1991. 18p. (Texto para discussão, 238).

TIRONI, L. F. Indicadores de qualidade e produtividade; relato de experiências no setor público. Brasília: IPEA, 1992. 22p. (Texto para discussão, 263).

TRZESNIAK, P. Indicadores quantitativos: reflexões que antecedem seu estabelecimento. Ciência da Informação, Brasília, v. 2, n. 2, p. 159-164, maio/ago. 1998.

SHAUGHNESSY, John O. Why people buy. Oxford: Oxford University Press, 1987. 195p.

STUBBS, E. A. Indicadores de desempeño: naturaleza, utilidad y construcción. Ciência da Informação, Brasília, v. 33, n. 1, p. 149-154, jan./abril, 2004.

VALLS, V. M. O enfoque por processos da NBR ISO 9001 e sua aplicação nos serviços de informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 33, n. 2, p. 172-178, maio/ago. 2004.

VAZ, José Carlos. Avaliando a gestão. DICAS, n. 24, 1994. Disponível em: http://www2.fpa.org.br/portal/modules/news/article.php?storyid=2572. Acesso em 21 fev. 2009.

FIGUEIREDO, R. R. M. et al. Indicadores estatísticos: um instrumento gerencial. In CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 16., 1991, Salvador. Anais:...Salvador: APEB, 1991. p. 1092-1107.

GOUVEIA, V. S. M. Sistemas de informação das bibliotecas da UNICAMP: identificação e avaliação dos principais indicadores para gestão estratégica. 2004. 148 f. Dissertação (Mestrado profissional em Gestão da Qualidade Total)-Faculdade de Engenharia Mecânica, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2004.

REIS, M. M. O.; BLATTMANN, U. Gestão de processos em bibliotecas. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Campinas, v. 1, n. 2, p. 1-17, jan./jun. 2004. Disponível em: <http://polaris.bc.unicamp.br/seer/ojs/viewarticle.php?id=15>.

Acesso em: 12 jul. 2007.

ROZADOS , H. B. F. Indicadores como ferramenta para gestão de serviços de informação tecnológica. 2004. 233 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)- Faculdade de Biblioteconomia e Documentação, Programa de Pós-Graduação em

Comunicação e Informação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2004. Disponível em: < http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/5668/000429419.pdf?sequence=1>. Acesso em: 12 jul. 2007.

WHITEHALL, T. Quality in library and information service: a review. Library Management, v. 13, n. 5, p.23-35, 1992.

Downloads

Publicado

2009-03-13

Como Citar

CARIBÉ, R. de C. do V. Sistema de indicadores: uma introdução. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 7, n. 1, p. 1–23, 2009. DOI: 10.20396/rdbci.v6i2.1986. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1986. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos