Produção técnico-científica dos bibliotecários do Instituto Federal de São Paulo: um estudo neobibliométrico

Palavras-chave: Produção Técnico-Científica. Bibliotecários-Documentalistas. Instituto Federal de São Paulo. Neobibliometria.

Resumo

As bibliotecas e os bibliotecários-documentalistas do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) têm sido objeto de estudo de pesquisas científicas, porém, ainda não foi realizada nenhuma investigação que levantasse e mapeasse a produção científica desses profissionais. Este estudo objetivou mapear e analisar a produção técnico-científica dos bibliotecários-documentalistas da referida instituição. O percurso metodológico compreendeu a realização de pesquisa teórico-empírica, na qual foi priorizada a abordagem neobibliométrica; nesse sentido, o ferramental da bibliotemetria foi associado à aplicação de questionário aos profissionais da instituição. Os resultados apontaram que a maioria dos profissionais do IFSP: é do gênero feminino; possui qualificação superior à exigida para o desempenho de suas funções; possui alguma publicação técnico-científica; considera importante a elaboração de publicações técnico-científicas, assim como a criação de veículos de comunicação e eventos. Todavia, as autoras sugerem alguns caminhos para o fortalecimento da visibilidade da categoria: incentivo ao aumento das publicações técnico-científicas; incentivo à criação e atualização do currículo lattes; incentivo à realização de publicações em parcerias, visto que alguns profissionais pesquisam temáticas similares; estímulo à participação em eventos e publicações técnico-científicas. As considerações apontam que os bibliotecários-documentalistas do IFSP produzem publicações técnico-científicas, mas poderão produzir mais, visto que tal feito contribui para o desenvolvimento e aperfeiçoamento da categoria, aproxima relações institucionais entre os câmpus, favorece a busca de soluções para os problemas enfrentados pelos profissionais, além de evidenciar seus câmpus e suas bibliotecas no cenário técnico-científico nacional e internacional.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Cintia Almeida da Silva Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Bibliotecária-documentalista do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Doutoranda em Ciência, Tecnologia e Sociedade pela Universidade Federal de São Carlos (PPGCTS/UFSCar)

Fernanda Rodrigues Pontes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Bibliotecária-documentalista do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

Pós-graduação em Negociação Coletiva em Setores Públicos - UFRGS - área: Gestão Pública

Referências

ARAUJO, Eliany Alvarenga de. A importância da pesquisa para a formação e o desenvolvimento acadêmico. Informação & Informação, v. 1, n. 1, p. 18-21, jan./jun. 1996.

BAGNO, Marcos. Pesquisa na escola: o que é, como se faz. 21. ed. São Paulo: Ed. Loyola, 1998.

BELL, Daniel. O advento da sociedade industrial: uma tentativa de previsão social. São Paulo: Cultrix, 1978.

BORDONS, Maria.; ZULUETA-GARCIA, Maria Angeles. Comparison of research team activity in two biomedical fields. Scientometrics. vol. 40 n.3 nov/97 pp 423-436. Disponível em: http://link.springer.com/article/10.1007%2FBF02459290. Acesso em: 10 de janeiro de 2016.

BRASIL. Lei nº 4.084 de 30 de junho de 1962. Dispõe sobre a profissão de bibliotecário e regulamenta o exercício. 1962. Disponível em: https://legislacao.planalto.gov.br/legisla/legislacao.nsf/viwTodos/F476FA87581D508F032569FA00721F5B?OpenDocument&HIGHLIGHT=1,bibliotec%E1rio. Acesso em: 12 jan. 2016.

DANUELLO, Jane Coelho; GUIMARAES, José Augusto Chaves Guimarães. Produção científica docente em tratamento temático da informação nos cursos de Biblioteconomia do Mercosul: uma análise preliminar. Transinformação [online]. 2005, vol.17, n.2, pp. 153-168. ISSN 0103-3786. http://dx.doi.org/10.1590/S0103-37862005000200004.

DEMO, Pedro. Educar pela pesquisa. 3a ed. Campinas: Autores Associados, 1998.

DZIEKAMAK, Gisele; ROVER, Aires. Sociedade do conhecimento: características, demandas e requisitos. DataGramaZero - Revista de Informação - v.12 n.5 out/11. Disponível em: http://www.dgz.org.br/out11/Art_01.htm . Acesso em: 11 de janeiro de 2016.

FERREIRA, Maria Mary. Produção científica na Biblioteconomia: as pesquisas realizadas no programa de educação tutorial(PET) e seus reflexos na formação acadêmica. Revista EDICIC, v.1, n.4, p.99-108, Oct./Dic. 2011. Disponível em: http://www.edicic.org/revista/. Acesso em 23 de fev. 2016.

FERREIRA, Maria Mary; VEIGA, Marcos Aurélio Pereira. Bibliotecários, trabalho e salário: o profissional da informação na sociedade do mercado. In: JORNADA INTERNACIONAL DE POLÍTICAS PÚBLICAS, 6, 2013. São Luíz, MA. Anais… São Luís, MA, 2013. Disponível em: http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2013/JornadaEixo2013/anais-eixo2-transformacoesnomundodotrabalho/bibliotecarios-trabalhoesalario-oprofissionaldainformacaonasociedadedemercado.pdf. Acesso em: 06 abr. 2016.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

GIL, Antônio Carlos Gil. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO. 2015. Disponível em: http://www.ifsp.edu.br/index.php/instituicao/ifsp.html. Acesso em 03 nov. 2015.

MOSTAFA, Solange Puntel; MÁXIMO, Luis Fenando. A produção científica da ANPED e da Intercom no GT da educação e comunicação. Ci. Inf., BrasÌlia, v. 32, n. 1, p. 96-101, jan./abr. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v32n1/15977.pdf. Acesso em 31 out. 2015.

NEHMY, Rosa Maria Quadros; PAIM, Isis. Repensando a sociedade da informação. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 7, n. 1, p. 9-21, jan./jun. 2002. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/410/223. Acesso em: 20 de novembro de 2015.

QUINTAÑA PENA, Alberto. Análisis neo-bibliométrico de las Investigaciones de tesis en la Escuela Académico-Profesional de Psicología UNMSM. Revista de Investigación en Psicología, v. 9, n. 1, p. 81-99, 2006. Disponível em: http://sisbib.unmsm.edu.pe/Bvrevistas/Investigacion_Psicologia/v09_n1/pdf/a06v9n1.pdf. Acesso em 31 out. 2015.

RAMPAZZO, Lino. Metodologia científica para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. 3. ed. São Paulo: Loyola, 2005. 145 p.

REZENDE, Yara. Informação para negócios: os novos agentes do conhecimento e a gestão do capital intelectual. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 2, p. 120-128, maio/ago. 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v31n2/12915.pdf. Acesso em: 10 jan. 2016.

SANTOS, Cintia Almeida da Silva Santos. As unidades de informação dos Institutos Federais no apoio ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia: um estudo de percepção sociocognitiva com o uso do protocolo verbal em grupo. 248f. Dissertação (Mestrado em Ciência, Tecnologia e Sociedade) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, 2012.

SCHWARTMAN, Simon.; CASTRO, Cláudio de Moura (Ed.). Há produção científica no Brasil? Pesquisa universitária em questão. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1986, pp. 190-224. Disponível em: https://archive.org/details/HaProducaoCientifica. Acesso em: 02 de nov. 2015

SILVA, Márcia Regina da. Agenciamento das citações bibliográficas. 6 Campinas. Seminário de Epistemologias e Teorias em Educação. EPISTED - Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/eventos/ged/episted/EPISTED/paper/viewFile/101/56. Acesso em 3i out. 2015.

SILVA, Márcia Regina da; SILVA, Jeane dos Santos; SANTOS-ROCHA, Ednéia Silva.O profissional da informação como produtor de conhecimentos: análise bibliométrica da produção científica de bibliotecários. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, p. 103-123, maio 2013. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/530/403

Acesso em: 12 jan. 2016.

SMIT, Johanna Willelmina; DIAS, Eduardo Wense; SOUZA, Rosali Fernandes de. Contribuição da pós-graduação para a Ciência da Informação no Brasil: uma visão. DataGramaZero - Revista de Ciência da Informação, v.3, n.6, dez. 2002. Disponível em: http://dgz.org.br/dez02/Art_04.htm

Publicado
2017-01-31
Como Citar
Santos, C. A. da S., & Pontes, F. R. (2017). Produção técnico-científica dos bibliotecários do Instituto Federal de São Paulo: um estudo neobibliométrico. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 15(1), 14-36. https://doi.org/10.20396/rdbci.v15i1.8646093