Elementos epistemológicos na construção da estrutura curricular do núcleo de formação geral dos cursos de ciência da informação da UFSC

Palavras-chave: Currículo acadêmico. Epistemologia. Tecnologia da informação

Resumo

A relação entre epistemologia e estrutura curricular se estabelece a partir dos estudos nos quais a obtenção do conhecimento é preservada. Na Ciência da Informação alguns elementos são amplamente discutidos, tais como: a interdisciplinaridade, a relação com a tecnologia da informação e a inserção social. O presente estudo se propõe a analisar a estrutura curricular do Núcleo de Formação Geral, comum aos cursos de Arquivologia, Biblioteconomia e Ciência da Informação que são ofertados pelo Departamento de Ciência da Informação da UFSC, sob a perspectiva da tecnologia da informação. Utiliza a pesquisa qualitativa como forma de abordagem do problema, uma vez que os dados foram coletados diretamente dos documentos existentes e classificados para uma análise interpretativa do pesquisador, do ponto de vista dos procedimentos técnicos se apoia na pesquisa bibliográfica para levantamento dos referenciais teóricos que foram escolhidos de forma intencional pela relevância já consagrada na área e, do ponto de vista dos objetivos, se caracteriza como uma pesquisa exploratória e descritiva. Como resultado foi possível identificar que a relação epistemológica dessas áreas se mantém preservada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Sonali Paula Molin Bedin, Universidade Federal de Santa Catarina
Professora Assistente da Universidade Federal de Santa Catarina.
William Barbosa Vianna, Universidade Federal de Santa Catarina
Professor Adjunto III da Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

BEDIN, S. P. M. Metodologia para validação de Ontologias: o caso Orbis_Mc. 2007. 113 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

BORKO, H. Information science: what is it? American Documentation, Washington, v. 19, n. 1, p. 3-5, jan. 1968. Disponível em:

https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/2532327/mod_resource/content/1/Oque%C3%A9CI.pdf. Acesso em mar. 2017.

BRASIL, W. Epistemologia e currículo no ensino superior, reflexões. Revista de Educação, Cultura e Meio Ambiente, São Paulo, n. 15, v. III, mar. 1999.

CAPURRO, R. Epistemologia e Ciência da Informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 5., Belo Horizonte, 10 nov. 2003. Tradução de Ana Maria Rezende Cabral, Eduardo Wense Dias, Isis Paim, Ligia Maria Moreira Dumont, Marta Pinheiro Aun e Mônica Erichsen Nassif Borges. Disponível em: http://www.capurro.de/enancib_p.htm. Acesso em 19 jul. 2017.

CAPURRO, R.; HJORLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 12, n.1, p.148-207, jan./abr. 2007.

CHALMERS, A.F. O que é ciência afinal? São Paulo: Brasiliense, 1993.

CRESWELL, J. W. Projeto de Pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2010.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2007.

JAPIASSU, H. Introdução ao pensamento epistemológico. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1977.

Le COADIC, Y.F. A ciência da informação. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

LOURENÇO, K. R. C. Epistemologia e currículo: reflexões e contribuições à educação. Revista Ciências Humanas-Educação e Desenvolvimento Humano, UNITAU, Taubaté, São Paulo, v. 9, n. 1, ed. 16, p. 21-33, 2016.

McGARRY, K. O contexto dinâmico da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1999.

MERRIAM, S. B. Qualitative research and case study applications in education. San Francisco (CA): Jossey-Bass. 1998. p. 3-25.

PINHEIRO, L. V. R. Ciência da Informação: desdobramentos disciplinares, interdisciplinaridade e transdisciplinaridade. In: GONZÁLEZ DE GÓMEZ, M. N.; DILL ORICO, E. G. (Org.). Políticas de memória e informação. Natal: EDUFRN, 2006. p. 111-142. Disponível em: http://repositorio.ibict.br/bitstream/123456789/18/1/Pinheirodesdobramentos.pdf. Acesso em: 10 fev. 2018.

POMBO, O. A interdisciplinaridade: conceitos, problemas e perspectivas. In: POMBO, O.; LEVY, T.; GUIMARÃES, H. A interdisciplinaridade: reflexão e experiência. 2. ed. Lisboa: Texto, 1993.

QUEIROZ, A. D. Oportunidades e desafios do empreendedorismo no cenário catarinense. In: Aula Magna do Bacharelado em Ciência da Informação. 2016. Florianópolis, UFSC.

SANTA ANNA, J. Aspectos epistemológicos da ciência da informação e o comportamento informacional: diálogos com Borko, Le Coadic e Saracevic. RDBCI: Rev. Digit. Bibliotecon. Cienc. Inf. Campinas, SP, v. 16, n. 2, maio/ago. 2018.

SARACEVIC, T. Ciência da Informação: origem, evolução e relações. Perspec. Ci. Inf., Belo Horizonte, v. 1, n. 1, p. 41-62, jan./jun. 1996.

SARACEVIC, T. Tecnologia da informação, sistemas de informação e informação como utilidade Pública. Ci. Inf., Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 57-67, 1974.

SARACEVIC, T. Interdisciplinary nature of information science. Ciência da Informação, v. 24, n. 1, 1995. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/_repositorio/2010/03/pdf_dd085d2c4b_0008887.pdf Acesso em: mar. 2018.

SHERA, J.H. Toward a theory of librarianship and information science. Ci. Inf., Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, p. 87-97, 1973.

SILVA, E. L. da; CUNHA, M. V. da. A formação profissional no século XXI: desafios e dilemas. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 3, p. 77-82, 2002. Disponível em: www.scielo.br/pdf/ci/v31n3/a08v31n3.pdf. Acesso em: 6 ago. 2017.

SILVA, J. L. de C. Das concepções disciplinares na Ciência da Informação e/ou de suas configurações epistemológicas: o desiderato percepcionado da interdisciplinaridade. Investigación Bibliotecológica, Ciudad de México, v. 27, n. 59, 2013.

UNESCO, 1998. Declaração Mundial sobre Educação Superior no Século XXI. Biblioteca Virtual de Direitos Humanos. Universidade de São Paulo-USP. Disponível em: http://www.direitoshumanos.usp.br/index.php/Direito-a-Educa%C3%A7%C3%A3o/declaracao-mundial-sobre-educacao-superior-no-seculo-xxi-visao-e-acao.html .Acesso em: 10 set 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Centro de Ciências da Educação. Departamento de Ciência da Informação. Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Biblioteconomia da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis; UFSC, 2015. Disponível em: http://biblioteconomia.ufsc.br/files/2014/10/BBD_PPC_2016.pdf. Acesso em: 10 mar. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Centro de Ciências da Educação. Departamento de Ciência da Informação. Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Arquivologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis; UFSC, 2015a. Disponível em: http://arquivologia.ufsc.br/files/2016/05/PROJETO-PEDAGOGICO-DO-CURSO.pdf. Acesso em: 10 mar. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Centro de Ciências da Educação. Departamento de Ciência da Informação. Projeto Pedagógico do Curso em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis; UFSC, 2015b.

ZILES, U. Teoria do conhecimento e teoria da ciência. São Paulo: Paulus, 2005.

Publicado
2019-05-22
Como Citar
Molin Bedin, S. P., & Vianna, W. B. (2019). Elementos epistemológicos na construção da estrutura curricular do núcleo de formação geral dos cursos de ciência da informação da UFSC. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019017. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8652729
Seção
Artigos de Pesquisa