Guia de fontes de informação para startups

Palavras-chave: Fonte de informação, Informação científica.

Resumo

A criação de startups deve ser acompanhada da implantação de uma infraestrutura que garanta seu desenvolvimento e consolidação. Assim, a aproximação universidade-empresa faz-se necessária para oferecer a infraestrutura que propicie o acesso à informação científica e tecnológica. Para tanto, pretende-se identificar as startups instaladas no município de São Carlos (SP) e suas demandas por esse tipo de informação. Com isso, elaborar-se-á um guia de fontes de informação a partir dos recursos de informação mais utilizados que foram identificados em dois estudos da área de Ciência da Informação. Serão elencadas as fontes de informação de acesso aberto e de acesso institucional disponíveis na Universidade de São Paulo que propiciem o desenvolvimento das startups. A forma de distribuição será nos formato impresso, a ser distribuído para as startups, universidades e demais interessados, e eletrônico, que será disponibilizado em portais institucionais da Universidade de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Eduardo Graziosi Silva, Universidade de São Paulo

Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista. Bibliotecário da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.

Teresinha das Graças Coletta, Universidade de São Paulo

Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo. Bibliotecária da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.

Ana Paula Camargo Larocca, Universidade de São Paulo

Doutorado em Transportes pela Universidade de São Paulo. Docente do Departamento de Engenharia de Transportes da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo.

Referências

AGÊNCIA USP DE INOVAÇÃO. 2018. Disponível em: http://www.inovacao.usp.br/. Acesso em: 3 abr. 2018.

BRASIL. Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 3 dez. 2004. Seção 1, p. 2-4. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.973.htm. Acesso em: 20 ago. 2018.

BRASIL. Lei nº 11.196, de 21 de novembro de 2005. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 3 dez. 2004. Seção 1, p. 1-12. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11196.htm. Acesso em: 20 ago. 2018.

CUNHA, M. B. da. Para saber mais: fontes de informação em ciência e tecnologia. Brasília: Briquet de Lemos, 2001. Disponível em: http://repositorio.unb.br/handle/10482/15121. Acesso em: 15 jul. 2019.

EESC JR. Sobre. [S.l.: s.n.], 2018. Disponível em: http://eescjr.com.br/sobre. Acesso em: 4 abr. 2018.

FONSECA, F. de S. M. Uso de fontes de informação por gestores de startups. 2017. 92 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/BUBD-AXWKTF/disserta__o_flavia_fonseca.pdf?sequence=1. Acesso em: 27 jul. 2018.

HERNÁNDEZ SAMPIERI, R.; FERNÁNDEZ COLLADO, C.; BAPTISTA LUCIO, P. Metodologia da pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill, 2006.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação do conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997.

OMETTO, A. R. et al. Construção de um currículo interdisciplinar de graduação em Engenharia. [S.l.: s.n.], 2015. Disponível em: http://www.eesc.usp.br/portaleesc/attachments/category/17/eesc_novas_diretrizes_curriculares. Acesso em: 3 abr. 2018.

OTTOBONI, C. Ciência, tecnologia e inovação no Brasil: aspectos históricos-políticos. Florianópolis: Premier, 2011.

PEREIRA, F. C. M. Uso de fontes de informação: um estudo em micro e pequenas empresas de consultoria de Belo Horizonte. 2007. 155 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/EARM-6Z9PVJ/mestrado___frederico_cesar_mafra_pereira.pdf?sequence=1. Acesso em: 10 ago. 2018.

PIERRO, B. de. Empreendedores precoces. 2018. Disponível em: http://agencia.fapesp.br/empreendedores-precoces/28130/. Acesso em: 17 jul. 2018.

PROENÇA, S. et al. Centro Avançado EESC para Apoio à Inovação EESCin. [S. l.: s.n.], 2014. Disponível em: http://www.eesc.usp.br/portaleesc/sistemas/eescin/Proposta_EESCin.pdf. Acesso em: 3 abr. 2018.

SENA, P. M. B.; BLATTMANN, U. Fontes de informação no ecossistema de startups de Florianópolis: tecnologia e inovação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 18., 2017, Marília. Anais... Marília: 2017. Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/xviiienancib/ENANCIB/paper/viewFile/96/1254. Acesso em: 27 jul. 2018.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Bases de patentes: tutorial. [S.l.: s.n.], [2007]. Disponível em: http://www.fzea.usp.br/wp-content/uploads/2014/05/tutorial_patentes.pdf. Acesso em: 5 abr. 2018.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Resolução 5175, de 18 de fevereiro de 2005. Cria a Agência USP de Inovação – USPInovação, e dá outras providências. Disponível em: http://www.leginf.usp.br/?resolucao=resolucao-no-5175-de-18-de-fevereiro-de-2005. Acesso em: 3 abr. 2018.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. SEL inaugura "Laboratório Aberto para a Inovação e o Empreendedorismo". [S. l.: s.n.], 2016. Disponível em: http://www.eesc.usp.br/portaleesc/index.php?option=com_content&view=article&id=3254&Itemid=164. Acesso em: 3 abr. 2018.

Publicado
2019-08-14
Como Citar
Silva, E. G., Coletta, T. das G., & Larocca, A. P. C. (2019). Guia de fontes de informação para startups. RDBCI: Revista Digital De Biblioteconomia E Ciência Da Informação, 17, e019022. https://doi.org/10.20396/rdbci.v17i0.8654715