Banner Portal
A extensão universitária na Ciência da Informação
PDF
PDF (English)
ÁUDIO
VIDEO
PARECER A
PARECER B

Palavras-chave

Extensão universitária
Gestão da informação
Emancipação
Ciência da Informação

Como Citar

MENDES, Edson Luiz; MINGHELLI, Marcelo; DE MARI, Cezar Luiz. A extensão universitária na Ciência da Informação: uma abordagem crítico participativa. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e023004, 2023. DOI: 10.20396/rdbci.v21i00.8671645. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8671645. Acesso em: 14 jul. 2024.

Resumo

Introdução: A sociedade atual vem sendo identificada como Sociedade da Informação. As questões relacionadas à informação e ao seu fluxo são instigadas à sua compreensão e influência social, levando em consideração documentos, conteúdos e assuntos variados, comportamentos diversificados e pessoas usuárias, receptoras e reprodutoras de informação. A universidade tem o papel de contribuir na transformação, capacitação e conscientização social a partir da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão por impactar na formação pessoal e profissional da sociedade, no entanto, a pequena quantidade de publicação na ciência da informação, sobre a extensão universitária na comunidade em situação de vulnerabilidade social, nos provoca a interrogação sobre a relevância social do Programa de Extensão do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina. Objetivo: Assim, por meio de análise sobre a extensão em ciência da informação, este artigo de pesquisa em andamento, tem o seguinte objetivo: refletir sobre a importância e relevância social da extensão realizada na comunidade em situação de vulnerabilidade social. Metodologia: A metodologia utilizada é qualitativa com abordagem crítico interpretativo, em dois momentos distintos e conectados: a pesquisa bibliográfica, nesse estudo, e a pesquisa de campo na coleta de dados. Resultado: Evidencia-se a prática de extensão participativa onde, de maneira interdisciplinar e democrática, o distanciamento entre mundo acadêmico e comunidade de periferia, entre conhecimento científico e popular, pode ser menor através da extensão universitária em Ciência da Informação. Conclusão: Essas serão confirmadas ou não na conclusão da pesquisa de campo em andamento por meio de entrevistas e análise documental.

https://doi.org/10.20396/rdbci.v21i00.8671645
PDF
PDF (English)
ÁUDIO
VIDEO
PARECER A
PARECER B

Referências

ANDRÉ, M.; GATTI, B. A. Métodos qualitativos de pesquisa em Educação no Brasil: origens e evolução. Universidade de Brasília, 2008. Disponível em: https://www.uffs.edu.br/pastas-ocultas/bd/pro-reitoria-de-pesquisa-e-pos-graducao/repositorio-de-arquivos/arquivos-do-programa-de-formacao/modulo-vii-pesquisa-qualitativa-parte-ii/@@download/file. Acesso em: 5 jun. 2022.

BRASIL. Constituição. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, Centro Gráfico, 1988. 169 p. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 6 mai. 2022.

BRASIL. Resolução nº 7, de 18 de dezembro de 2018. Conselho Nacional de Educação. Diretrizes para a Extensão na Educação Superior Brasileira. Ministério da Educação, Brasília, 2018. 4 p. Disponível em: https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/%20content/id/55877808.Acesso em: 29 abr. 2022.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. Extensão Universitária: organização e sistematização. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2015. 66 p.

COELHO, E. P.; DE MARI, C. L. Paulo Freire e a Educação de Jovens e Adultos: uma abordagem interdisciplinar. Revista Educação Online PUC-Rio, Rio de Janeiro, n. 14, p. 39-53, ago./dez. 2013. Disponível em: http://educacaoonline.edu.puc-rio.br/index.php/eduonline/article/view/51. Acesso em: 20 maio 2022

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. 2. ed. Porto Alegre: ARTMED, 2007. 248 p. (Tradução Luciana de Oliveira da Rocha). ISBN 9788536308920.

DEMO, P. Ambivalências da sociedade da informação. Revista Ciência da Informação. Brasília, v. 29, n. 2, p. 37-42, 2000. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/issue/view/70. Acesso em 29 maio 2022.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 53ª. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2022. 192 p. ISBN9788577534234

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 43ª. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011. 144 p. ISBN 9788577531639.

FRUTUOSO, A. M. R.; SILVA, J. L. C. Extensão universitária como prática de mediação: o projeto nas entrelinhas da arte na interação entre a universidade federal do cariri e a escola de ensino médio josé bezerra de menezes em juazeiro do norte. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 1-23, 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/161951. Acesso em: 8 ago. 2021.

HARARI, Y. N. 21 lições para o século 21. 1ª. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2018. 441 p. (Tradução Paulo Geiger). ISBN 9788535930917.

HARARI, Y. N. Homo Deus: uma breve história do amanhã. 1ª. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2016. 443 p. (Tradução Paulo Geiger). ISBN 9788535928198.

INCROCCI, L. M. M. C.; ANDRADE, T. H. N. O fortalecimento da extensão no campo científico: uma análise dos editais ProExt/MEC. Sociedade e Estado [on line], Brasília, v. 33, n. 1, p. 187-212, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.1590/s0102-699220183301008. Acesso em: 16 mar. 2022.

JESUS, I. P.; GOMES, H. F. A mediação da leitura nas práticas extensionistas: o relato da experiência do projeto lapidar. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 1-19, 2021. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/161971. Acesso em: 8 ago. 2021.

KOBASHI, N. Y.; TÁLAMO, M. F. G. M. Informação: fenômeno e objeto de estudo da sociedade contemporânea. Transinformação, Campinas, v. 15, Edição Especial, p. 7-21, set./dez. 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/tinf/v15nspe/01.pdf. Acesso em: 29 maio 2021.

LEITE, A. R. L.; BORGES, L. C.; SANTOS, L. G. S. A produção do conhecimento de grupos de pesquisa do curso de hotelaria - UFMA no âmbito da extensão universitária. Revista Bibliomar, São Luís, v. 17, n. 2, p. 15-25, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/126413. Acesso em: 18 mar. 2022.

LEMOS, A.; LÉVY P. O futuro da internet: em direção a uma ciberdemocracia planetária. 2ª. ed. São Paulo: Paulus, 2010. 258 p. (Coleção Comunicação). ISBN 9788534931816.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia em trabalhos científicos: projetos de pesquisa, pesquisa bibliográfica, teses de doutorado, dissertações de mestrado, trabalhos de conclusão de curso. 9ª. ed. São Paulo: Atlas, 2021. 244 p. ISBN 9788597026535.

MINGHELLI, M. Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia: um futuro incerto. Encontros Bibli, Florianópolis, v. 23, n. 51, p. 157-165, jan./abr. 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2018v23n51p157. Acesso em: 1 fev. 2022.

MINGHELLI, M.; PEREIRA; V. S.; VALE, M. A.; GARCIA, B. B.; MARTINS, Y. D.; FARIAS, I. G. T. Tão, tão distante: a extensão universitária e a (ir)relevância das periferias. Revista Brasileira de Extensão Universitária, Chapecó, v. 12, n.1, 113-124, 2021. Disponível em: https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/RBEU/article/view/11659. Acesso em: 1 fev. 2022.

RAMALHO, R. R. Modelo analítico da pedagogia do oprimido: sistematização do método Paulo Freire. Revista Brasileira de Educação, [online], Rio de Janeiro, v. 27, 2022. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/a/br7NczPCHrxYzQkfWCQryQH. Acesso em: 20 maio 2022.

STAMATO, M. I. C. Extensão Comunitária: o protagonismo do estudante universitário na formação interdisciplinar. In: CONGRESSO INTERNACIONAL; PBL, 2010, São Paulo. Anais do PBL, São Paulo. Disponível em: http://each.uspnet.usp.br/pbl2010/trabs/trabalhos/TC0514-1.pdf. Acesso em: 17 mar. 2022.

TOMÁS, E. D. Antigos e novos olhares sobre o Maciço do Morro da Cruz: de não território a território do Pac-Florianópolis, 2012. (Tese: Doutorado em Geografia) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Geografia. Florianópolis, 2012.

VALENTIM, M. L. P. Métodos qualitativos de pesquisa em Ciência da Informação. São Paulo: Polis, 2005. 176 p. (Organizadora). (Coleção palavra-chave 16). ISBN 8572280219.

VITORINO, E. V. A competência em informação e a vulnerabilidade: construindo sentidos à temática da “vulnerabilidade em informação”. Ciência da Informação, Brasília, v. 47, n. 2, p. 71-85, maio/ago. 2018. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/4187/0. Acesso em: 25 fev. 2022.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Edson Luiz Mendes, Marcelo Minghelli, Cezar Luiz De Mari

Downloads

Não há dados estatísticos.