Banner Portal
Pressupostos teórico-metodológicos da genealogia: composições para um debate na educação
PDF

Palavras-chave

Genealogia. Pós-Estruturalismo. Educação.

Como Citar

MORUZZI, Andrea Braga; ABRAMOWICZ, Anete. Pressupostos teórico-metodológicos da genealogia: composições para um debate na educação. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 2, n. 2, p. 168–181, 2010. DOI: 10.20396/rfe.v2i2.8635498. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8635498. Acesso em: 29 maio. 2024.

Resumo

Este trabalho procura mapear, a partir de um estudo bibliográfico, a genealogia enquanto referencial teórico metodológico pós-estruturalista. Como resultado, observa-se que a genealogia aparece de forma contínua e com muitas similaridades em Nietzsche, Foucault e Deleuze, contudo, na educação trata-se ainda de uma perspectiva teórica metodológica pouco explorada. São elementos da genealogia: questionar o conhecimento, o saber e as verdades; questionar quem as produzem e em que condições, fazendo emergir as relações de poder que as tornam possíveis; por fim, entrar no campo da genealogia é colocar em foco saberes antes não considerados, é trazer à tona o marginal e o impensado.
https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635498
PDF

O periódico Filosofia e Educaçãoutiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.