Ações do corpo humano, mente/cérebro e linguagem

Autores

  • José Roque Aguirra Roncari Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635500

Palavras-chave:

Atos. Contra-Sensos. Ambiguidades.

Resumo

Descobrimos que, se a linguagem e o corpo humano são uma realidade só, se a linguagem é física/matéria tanto quanto um órgão mental (mente/cérebro) do corpo, conforme Chomsky (1997) cuja gênese biológica nos acontece e se desenvolve a partir de nosso interior corpóreo mental. Se a linguagem também executa ações, conforme Ludwig Wittgenstein (o primeiro e o segundo), então, isto pode significar que educar o corpo humano, implica educar também a linguagem ordinária que o corpo usa para viver em ambientes sociais. Ambos, sempre agem em conjunto e aprendem a conhecer o mundo através da práxis física e social. Se educar a linguagem passa por educar o corpo, então, resulta que ambas as ações podem correlacionarem-se a epistemologias como a da Educação Física, Filosofia da Educação ou à da ciência de parte da natureza humana: a Faculdade de Linguagem universal, que permite ao Homem pensar, fazer e ser humano mediante a aquisição de qualquer língua natural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Roque Aguirra Roncari, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Letras pela Unesp e Professor da UEM.

Downloads

Publicado

2010-09-06

Como Citar

Roncari, J. R. A. (2010). Ações do corpo humano, mente/cérebro e linguagem. Filosofia E Educação, 2(2), 199–210. https://doi.org/10.20396/rfe.v2i2.8635500