Banner Portal
Materialismo dialético e educação comparada
PDF

Palavras-chave

Educação comparada
Epistemologias
Materialismo dialéctico

Como Citar

MORAES, Raquel de Almeida. Materialismo dialético e educação comparada. Filosofia e Educação, Campinas, SP, v. 12, n. 3, 2021. DOI: 10.20396/rfe.v12i3.8656677. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rfe/article/view/8656677. Acesso em: 15 jun. 2024.

Resumo

O texto desenvolve o argumento que comparar, na perspectiva do materialismo dialético, requer que o pesquisador faça o movimento do concreto ao concreto pensado segundo as leis da dialética, situando o objeto no tempo, no espaço, na particularidade e no geral, nas semelhanças, diferenças e não descartando as contradições. Pelo contrário: colocando as contradições em evidência para elucidar os interesses materiais (mundo do trabalho) e ideológicos (nível da linguagem).

https://doi.org/10.20396/rfe.v12i3.8656677
PDF

Referências

BAUER, M. W.; GASKELL, G.; ALLUM, N. C. Qualidade, Quantidade e Interesses do Conhecimento. Evitando Confusões. In: BAUER, M. W.; GASKELL, G. (Org.) Pesquisa Qualitativa com texto, imagem e som. Um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002, p. 17-360.
BAZARIAN, J. O Problema da Verdade. São Paulo: Alfa-Ômega, 1994.
BONITATIBUS, S. G. Educação Comparada. Conceito, Evolução, Métodos. São Paulo: EPU, 1989.
CARVALHO, E.J. G. de. Estudos comparados em educação: novos enfoques teórico-metodológicos. Acta Scientiarum. Education, v. 36, n. 1, p. 129, 2014.
CIAVATTA, M. Estudos Comparados: sua epistemologia e sua historicidade. Trab. Educ.Saúde, Rio de Janeiro, v. 7, suplemento, p. 129-151, 2009.
CHAUI, M. A ideologia da competência. Belo Horizonte: Autência, 2014.
FIORIN, J. L. Linguagem e Ideologia. Ed. Ática: São Paulo, 2007.
HEGEL, G.W.F. Fenomenologia do Espírito. Petrópolis:Vozes: Bragança Paulista: Editora Universidade São Francisco, 2005.
KOSIK, K. Dialética do Concreto. São Paulo: Paz e Terra, 1995.
LEFEBVRE, H. Lógica Formal/Lógica Dialética. 5a. Ed.Tradução de Carlos Nelson Coutinho.Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1991.
MARCONDES, D. Iniciação à História da Filosofia.Dos Pré-Socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 2004.
MARX, K.; ENGELS, F. Ideologia Alemã. Feurbach . Ed.São Paulo: Hucitec, 1986.
MARX, K. Contribuição para a crítica da economia política (Prefácio).Lisboa, Estampa, col.Teoria,1971.
MORAES, R. A. O método materialista dialético e a consciência. In: CUNHA,C; SOUZA, J. V.; SILVA, M. A. (Org.). O método dialético na pesquisa em educação. Campinas, SP: Autores Associados, 2014, p. 79-96.
SÁNCHEZ-GAMBOA, S. Pesquisa Educacional. Métodos e Epistemologias. Chapecó: Argos, 2007.
SANTOS FILHO, J.; SANCHES GAMBOA, S. Pesquisa Educacional: quantidade-qualidade. São Paulo: Cortez, 1998.
SAVIANI, D. História comparada da educação: algumas aproximações História da Educação,Vol. 5, Nº. 10, 2001, p. 5-16.
SEVERINO, J. Educação, Ideologia e Contra-ideologia. São Paulo: EPU, 1986.
SCHAFF, A. História e Verdade. Martins Fontes: São Paulo, 1986.
TRIVINÕS, A. N.S. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais. A Pesquisa Qualitativa em Educação. São Paulo: Atlas, 1987.
VIEIRA PINTO, Á. Ciência e Existência. Problemas Filosóficos da Pesquisa Científica. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1969.
Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.

Copyright (c) 2020 Filosofia e Educação

Downloads

Não há dados estatísticos.