Educação e epistemologias

críticas à pedagogia das competências à luz da pedagogia histórico-crítica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rfe.v14i1.8668490

Palavras-chave:

Pedagogia das competências, Tendência pós-moderna, Pedagogia histórico-crítica

Resumo

O texto tem como objetivo desenvolver reflexão atualizada em relação à pedagogia das competências como tendência pós-moderna à luz da pedagogia histórico-crítica. É apresentado em três partes além da introdução e conclusão. Na primeira, pretende-se caracterizar a pedagogia histórico-crítica; segunda, algumas críticas à pedagogia das competências; terceira, revelar a relação entre a pedagogia das competências e a educação do estado de São Paulo; na conclusão, a necessidade urgente de resgatar a concepção de educação pautada na totalidade, superação da visão individualista, defesa dos interesses planetários e universais, as questões éticas, ambientais, justiça social e valorização da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoel Francisco do Amaral, Escola Estadual Professora Celeste Palandi de Mello

Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas. Diretor de Escola da EE Profª. Celeste Palandi de Mello, em Campinas- SP.

 

Referências

AMARAL, M. F. do. A concepção de educação de György Lukács trabalho, humanização, singularidade e totalidade como pressupostos ontossociais da educação como direito na política educacional brasileira 2020. 204 páginas. Tese (Doutorado em Educação)- Universidade Estadual de Campinas, SP.

AMARAL. M. F. do. Pedagogia das competências e ensino de filosofia: um estudo da proposta curricular do estado de São Paulo a partir da pedagogia histórico-crítica Campinas, SP: Autores Associados, 2016.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/leis/lein9394.pdf. Acesso em: 17 mai. 2012.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais- Ensino Médio- Disponível em: 2000. http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/blegais.pdf. Acesso em: 17 mai. 2012.

CHAVES-GAMBOA, Márcia; GAMBOA, Silvio, Sánchez Gamboa. Teorias e pesquisas em educacao: os pós-modernismos / Márcia Chaves-Gamboa, Silvio Sánchez Gamboa, organizadores. – Maceió : EDUFAL, 2011.

DUARTE. N. Limites e contradições da cidadania na sociedade capitalista. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pp/a/JyK4J5kHBKffPpQX8YWkhzj/?format=pdf&lang=pt#:~:text=A%20realidade%20social%20%C3%A9%20contradit%C3%B3ria,social%20e%20da%20vida%20humana. Acesso em: 21.fev.2022.

FALLEIROS. I. Parâmetros Curriculares Nacionais para a educação básica e a construção de uma nova cidadania. In NEVES, in NEVES, L.M.W (Org.). A nova pedagogia da hegemonia: estratégias do capital para educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005, p209-235.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paul: Paz e Terra, 2004. (Coleção Leitura).

GRAMSCI, A. Cadernos do Cárcere, v.2, edição e tradução, Carlos Nelson Coutinho, coedição, Luíz Sérgio Henriques e Marco Aurélio Nogueira. Rio de Janeiro; Civilização Brasileira, 2000.

NEVES. L.M.W (Org.). A nova pedagogia da hegemonia: estratégias do capital para educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005.

PERRENOUD, P. Dez novas competências para ensinar; trad. Patrícia Chittoni Ramos. - Porto alegre: Artmed Editora, 2000.

RAMOS, M. N. É possível uma pedagogia das competências contra-hegemônica? Relações entre pedagogia das competências, construtivismo e neopragmatismo. Trabalho, Educação e saúde, Rio de Janeiro, v. 1, n.1, p. 93- 114, mar.2003, in DUARTE, N. Limites e contradições da cidadania na sociedade capitalista. Pro-Posições, v. 21 n. 1 Campinas, jan/abr. 2010. Disponível em: http:WWW.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010373072010000100006&ing. Acesso em 24 out. 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S1981-77462003000100008

RAMOS, M. N. A pedagogia das competências: autonomia ou adaptação?- 3ª ed. São Paulo: Cortez, 2006.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. Currículo do Estado de São Paulo: Ciências Humanas e suas tecnologias; coordenação geral, Fini, M. I; coordenação de área, Miceli, P.: SEE, 2010.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria da Educação. SP Faz escola. Caderno do aluno, 3ª Série. Ensino Médio. Coordenador da Coordenadoria Pedagógica, Caetano Pansani Siqueira. SEE, 2021.

SAVIANI, D. Escola e democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre a educação política. 41. ed. Revista. Campinas, SP: Autores Associados, 2009.- (Coleção Polêmicas do Nosso Tempo; 5). DOI: https://doi.org/10.9771/gmed.v5i2.9713

SAVIANI, D. História das ideias pedagógicas no Brasil. 3ª.ed. rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2010. (Coleção memória da educação).

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações, 10ª ed. rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2008. (Coleção Educação Contemporânea).

SILVEIRA. B. Minidicionário da Língua Portuguesa. 2 ed. São Paulo: FTD, 2007.

TEDESCO. J.C. Elementos para um diagnóstico del sistema educativo tradicional em America Latina. In UNESCO/ CEPAL/PNUD, El cambio educativo: situación y condiciones, Informes Finales 2, 1981.

YANAGUITA. Adriana Inácio O financiamento da educação no Brasil – a emergência da temática no campo educacional e no mercado editorial (1991-2005). Disponível em: https://www.anpae.org.br/simposio2009/04.pdf. Acesso em: 19.fev.2022

Downloads

Publicado

2022-06-21

Como Citar

Amaral, M. F. do. (2022). Educação e epistemologias: críticas à pedagogia das competências à luz da pedagogia histórico-crítica. Filosofia E Educação, 14(1), 65–91. https://doi.org/10.20396/rfe.v14i1.8668490