Relação de insegurança alimentar com condições de saúde materno-infantil

Autores

  • Élida Mara Braga Rocha Universidade de São Paulo (USP).
  • Roberto Teixeira de Lima Universidade Federal da Paraíba (UFPB).
  • Sophia Cornbluth Szarfarc Universidade de São Paulo (USP).

DOI:

https://doi.org/10.20396/san.v21i1.1663

Palavras-chave:

Brasil. Educação alimentar e nutricional. Pré-escolar. Saúde materno-infantil. Segurança alimentar e nutricional

Resumo

O objetivo desse artigo foi associar a insegurança alimentar e nutricional (IA) com as condições de saúde materno-infantil. Trata-se de pesquisa transversal com crianças menores de cinco anos de idade, no Crato (CE), Brasil. A amostra foi probabilística com duas fases de seleção. No Dia Nacional da Multivacinação de 2010 foram coletados dados de 370 famílias com auxílio de um questionário semi-estruturado, abordando condições socioeconômicas e de saúde materno-infantil, além de utilizar a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar. Entre as famílias atendidas pela Estratégia Saúde da Família 67,7% estavam com algum grau de insegurança alimentar (IA). A falta de informações sobre alimentação infantil foi mais alta em famílias com IA (69%). Quanto as morbidades, famílias em IA apresentaram maiores índices de crianças com diarreia (OR=2,12; IC95%:1,03-4,38) e com febre e tosse (OR=2,54; IC95%:1,28-5,04). Dessa forma, famílias em IA são atendidas pela ESF por serem mais vulneráveis socialmente, mas não recebem ações educativas sobre saúde infantil, podendo levar a doenças agudas e crônicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Élida Mara Braga Rocha, Universidade de São Paulo (USP).

Doutoranda, Pós-Graduação em Nutrição em Saúde Pública, Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. Faculdade de Saúde Pública/USP. Correspondência: Av. Dr. Arnaldo no 715, CEP 01246-904 – Cerqueira César, São Paulo, SP.

Roberto Teixeira de Lima, Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Professor, Pós-Graduação em Nutrição, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Brasil.

Sophia Cornbluth Szarfarc, Universidade de São Paulo (USP).

Professora Associada do Departamento de Nutrição, Pós-Graduação em Nutrição em Saúde Pública, Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Referências

Valente FLS. Fome, desnutrição e cidadania: inclusão social e direitos humanos. Saúde Soc. 2003;12(1):51-60.

Freitas MCS, Pena PGL. Segurança alimentar e nutricional: a produção do conhecimento com ênfase nos aspectos da cultura. Rev Nutr. 2007;20(1):69-81.

Habicht JP, Pelto G, Frongillo E, Rose D. Conceptualization and instrumentation of food insecurity. In: National Academy of Sciences Workshop – Cornell University – Tulane University. Tulane; 2004.

Malta DC, Medeiros NS, Accioly MC, Bonollo P, Aranha A, Goulart EMA et al. Inquérito nutricional em crianças menores de cinco anos de Belo Horizonte em 1993. Rev Med Minas Gerais. 1998;8(4):141-144.

Batista-Filho M, Ferreira LOC. Um modelo para avaliação rápida da situação nutricional e de saúde de crianças e mães no dia nacional de vacinação. Rev. Bras. Saúde Mater. Infant. 2001;1(2):145-154.

Brasil. Ministério da Saúde. Prevalência de aleitamento materno nas capitais brasileiras e no Distrito Federal: relatório final. Brasília; 2000.

Brasil. Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações. DATASUS. Campanha Nacional de vacinação contra polio 2009, Ceará[internet].[acesso em 10 maio 2010]. Disponível em http://pni.datasus.gov.br

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – PNAD: suplemento sobre segurança alimentar 2004. Rio de Janeiro; 2006.

Brasil. Ministério da Saúde. Centro Brasileiro de Análise e Planejamento. Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da

Criança e da Mulher – PNDS 2006: dimensões do processo reprodutivo e da saúde da criança. Brasília; 2009.

Segall-Corrêa AM, Pérez-Escamilla R, Maranha LK, Sampaio MFA, Yuyama L, Alencar F, et al. Projeto: acompanhamento e avaliação da segurança alimentar de famílias brasileiras: validação de metodologia e de instrumento de coleta de informação – Relatório Técnico. Campinas; 2004.

Oliveira JS, Lira PIC, Andrade SLLS, Sales AC, Maia SR, Batista-Filho MB. Insegurança Alimentar e estado nutricional de crianças de São João do Tigre, no semi-árido do Nordeste. Rev Bras Epidemiol. 2009;12(3):413-423.

Oliveira JS, Lira PIC, Maia SR, Siqueira LAS, Amorim RCA, Batista-Filho MB. Insegurança alimentar e estado nutricional de crianças de Gameleira, zona da mata do Nordeste brasileiro. Rev Bras Saúde Mater Infant. 2010;10(2):237-245.

Parada CMGL, Carvalhaes MABL, Winckler CC, Winckler LA, Winckler VC. Situação do aleitamento materno em população assistida pelo programa de saúde da família – PSF. Rev. Latino-Am Enfermagem. 2005;13(3):407-414.

Mulholland K. Childhood pneumonia mortality – a permanent global emergency. Lancet. 2007;370(9583):285-289.

Rudan I, Boschi-Pinto C, Biloglav Z, Mulholland K, Campbell H. Epidemiology and etiology of childhood pneumonia. Bull World Health Organ. 2008;86(5):408-416.

Cook JT, Frank DA, Berkowitz C, Black MM, Casey PH, Cutts DB, et al. Food Insecurity is Associated with Adverse Health Outcomes among Human Infants and Toddlers. J Nutr. 2004;134(6):1432-38.

Hackett M, Melgar-Quiñonez H, Álvarez MC. Household food insecurity associated with stunting and underweight among preschool children in Antioquia, Colombia. Rev Panam Salud Publica. 2009;25(6):506-510.

Monteiro CA, Conde WL, Konno SC. Análise do inquérito chamada nutricional 2005. Cad Estud Desenv Soc Debate. 2006;4:29-36.

Diniz DB, Fernandes DLA, Mamede ALES. Estado nutricional de crianças menores de cinco anos do semi-árido do Ceará. Cad Estud Desenv Soc Debate. 2006;4:51-56.

Almeida ER, Carvalho AT, Nilson EAF, Coutinho JG, Ubarana JA. Avaliação participativa do Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A em um município da Região Nordeste do Brasil. Cad Saúde Pública 2010;26(5):949-960.

Rocha EMB, Lima RT, Diniz DB, Almeida PC. Situação nutricional de crianças em município de privilegiado Índice de Desenvolvimento Humano do semiárido brasileiro e sua relação com Insegurança Alimentar. Segurança Alimentar e Nutricional. 2012;19(2):17-29.

Souza LR. Avaliação de Políticas e Programas de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil: uma análise a partir do Plano Plurianual (PAA 2012-2015). Segurança Alimentar e Nutricional. 2013;20(Suppl):182-193.

Brasil. Plano Plurianual 2012-2015 (PPA 2012-2015). Relatório de comunicação mista de planos, orçamentos públicos e fiscalização do Congresso Nacional (CMO) – alterações do Plano Plurianual 2012-2015[internet].[acesso em 20 jul 2013]. Disponível em http://www.planejamento.gov.br/secretarias/upload/Arquivos/spi/PPA/2012/Atualizacao_do_PPA_2012_2015.pdf

Barroso GS, Sichieri R, Salles-Costa R. Fatores associados ao déficit nutricional em crianças residentes em uma área de prevalência elevada de insegurança alimentar. Rev Bras Epidemiol. 2008;11(3):484-494.

Pereira JA, Paiva AA, Bergamaschi DP, Rondó PHC, Oliveira GC, Lopes IBM, et al. Concentrações de retinol e de beta-caroteno séricos e perfil nutricional de crianças em Teresina, Piauí, Brasil. Rev Bras Epidemiol. 2008;11(2):287-296.

Amparo-Santos L, Soares MD, Magalhães LM, Reis ABC, Porcino DC, Santos MO, et al. Segurança Alimentar e Nutricional e Tecnologias Sociais em Educação Alimentar e Nutricional: notas sobre um projeto de pesquisa e extensão. Segurança Alimentar e Nutricional. 2013;20(Suppl):156-168.

Belik W. A Política Brasileira de Segurança Alimentar e Nutricional: concepção e resultados. Segurança Alimentar e Nutricional. 2012;19(2):94-110.

Downloads

Publicado

2015-03-02

Como Citar

1.
Rocha Élida MB, Lima RT de, Szarfarc SC. Relação de insegurança alimentar com condições de saúde materno-infantil. Segur. Aliment. Nutr. [Internet]. 2º de março de 2015 [citado 30º de novembro de 2021];21(1):330-6. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/1663

Edição

Seção

Artigo de Segurança Alimentar e Nutricional

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)