Tilosina: um importante antibiótico não monitorado em leite no Brasil

Autores

  • Rafaela Pinto da Costa Fundação Oswaldo Cruz
  • Bernardete Ferraz Spisso Fundação Oswaldo Cruz
  • Mararlene Ulberg Pereira Fundação Oswaldo Cruz
  • Mychelle Alves Monteiro Fundação Oswaldo Cruz
  • Rosana Gomes Ferreira Fundação Oswaldo Cruz
  • Betânia de Souza Carlos Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Angélica Castanheira de Oliveira Fundação Oswaldo Cruz

DOI:

https://doi.org/10.20396/san.v20i2.8634601

Palavras-chave:

Leite. Monitoramento. Tilosina.

Resumo

A introdução de agentes antimicrobianos na alimentação animal revolucionou a produção de alimentos no mundo, porém o uso indiscriminado desses agentes podem provocar agravos à saúde da população. Os macrolídeos constituem a segunda classe de antimicrobianos mais usados nos animais em geral, sendo a tilosina presente em um maior número de formulações disponíveis para bovinos. A contaminação do leite por resíduos de tilosina acima dos valores considerados seguros pode constituir um risco potencial à saúde do consumidor. Com o objetivo de obter uma visão geral da atual situação da segurança de alimentos em relação a este problema, este estudo foi realizado mediante levantamento bibliográfico na base de dados SciFinder Scholar e periódicos CAPES. Foi constatado que no Brasil existem dois programas em andamento para avaliar a presença de resíduos de medicamentos veterinários em alimentos: PNCRC e PAMVet. Entretanto, a tilosina não consta no escopo analítico destes programas. Dos artigos que tratam da contaminação do leite por resíduos de tilosina publicados entre 2007 e 2013, oito abordam o monitoramento desta droga e vinte e dois o desenvolvimento/teste de performance de novas técnicas. Estes resultados alertam para que maior número de estudos de monitoramento da tilosina no leite seja realizado a fim de se estabelecer políticas de segurança alimentar e controle dessa substância, além de investigar se há uso indiscriminado desta droga.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafaela Pinto da Costa, Fundação Oswaldo Cruz

Mestre em Vigilância Sanitária, Laboratório de Resíduos de Medicamentos Veterinários, Departamento de Química, Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ. Correspondência: Avenida Brasil no 4.365, Manguinhos, CEP: 21040-900, Rio de Janeiro, RJ.

Bernardete Ferraz Spisso, Fundação Oswaldo Cruz

Doutora em Vigilância Sanitária, Laboratório de Resíduos de Medicamentos Veterinários, Departamento de Química, INCQS, FIOCRUZ.

Mararlene Ulberg Pereira, Fundação Oswaldo Cruz

Mestre em Vigilância Sanitária, Laboratório de Resíduos de Medicamentos Veterinários, Departamento de Química, INCQS, FIOCRUZ.

Mychelle Alves Monteiro, Fundação Oswaldo Cruz

Doutoranda em Ciências em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos, Laboratório de Resíduos de Medicamentos Veterinários, Departamento de Química, INCQS, FIOCRUZ.

Rosana Gomes Ferreira, Fundação Oswaldo Cruz

Mestre em Ciências em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos, Laboratório de Resíduos de Medicamentos Veterinários, Departamento de Química, INCQS, FIOCRUZ

Betânia de Souza Carlos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Engenheira de Alimentos, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Angélica Castanheira de Oliveira, Fundação Oswaldo Cruz

Mestre em Química, Laboratório de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, Departamento de Química, INCQS, FIOCRUZ.

Referências

Baptista P, Antunes C. Higiene e Segurança Alimentar na Restauração: ficha Técnica. Volume II – Avançado [internet]. Lisboa: ESAC; 2005 [acesso em 02 mar 2012]. Disponível em: http://www.esac.pt/noronha/manuais/restaura%C3%A7%C3%A3o_VOL_2.pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Guia Alimentar para População Brasileira: promovendo a alimentação saudável [internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2012 [acesso em 21 abril 2012]. Disponível em: http://dtr2001.saude.gov.br/editora/produtos/livros/pdf/05_1109_M.pdf

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa no 62, de 29 de dezembro de 2011. Aprova os Regulamentos Técnicos de Produção, Identidade e Qualidade do Leite tipo A, do Leite tipo B, do Leite tipo C, do Leite Pasteurizado e do Leite Cru Refrigerado e o Regulamento Técnico da Coleta de Leite Cru Refrigerado e seu Transporte a Granel. Diário Oficial da União. 30 dez 2011. Seção 1, p. 6 -11.

Nikkhah A. Milk products and postmodern humans: public education fundamentals. Food and Nutrition Sciences. 2011;2(3):222-4.

Beltrane MA, Machinski Junior M. Principais Riscos Químicos no Leite: um problema de Saúde Pública. Arq. Ciênc. Saúde Unipar. 2005;9(2):141-5.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Brasil Projeções do Agronegócio 2012/2013 a 2022/2023. Projeções de longo prazo. Brasília: Assessoria de Gestão Estratégica; 2014 [acesso em 09 maio 2014]. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/projecoes%20atualizada.pdf.

Pilon L, Duarte KMR. Técnicas para detectar resíduos de antibiótico em leite bovino. Pubvet. 2010;4(42).

Chagunda MGG, Friggens NC, Rasmussen MD, Larsen T. A model for detection of individual cow mastitis based on an indicator measured in milk. J. Dairy Sci. 2006;89(8):2980-98.

Peres NF, Zappa V. Mastite em vacas leiteiras: revisão de literatura. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária [periódico na internet]. 2011 [acesso em 20 abr 2013];9(16). Disponível em: http://www.revista.inf.br/veterinaria16/revisao/RV17.pdf.

Tozzetti DS, Bataier MBN, Almeida LR, Piccinin A. Prevenção, controle e tratamento das mastites bovinas: revisão de literatura. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária [periódico na internet]. 2008 [acesso em 15 abr 2013];4(10). Disponível em: http://www.revista.inf.br/veterinaria10/revisao/edic-vi-n10-RL74.pdf.

The Merck Veterinary Manual. Mastitis in cattle: an overview [acesso em 20 jan 2012]. Disponível em: http://www.merckvetmanual.com/mvm/index.jsp?cfile=htm/bc/110902.htm

Tong J, Rao Q, Zhu K, Jiang Z, Ding S. Simultaneous determination of five tetracycline and macrolide antibiotics in feeds using HPCE. J. Sep. Sci. 2009;32(23-24):4254-60.

FAO. Animal Production and Health. FAO supports measures to minimize and contain antimicrobial resistance [internet]. 2012 [acesso em 07 jul 2012]. Disponível em: http://www.fao.org/ag/againfo/home/en/news_archive/2011_04_AMR.html

União Europeia. Regulamento (CE) no 2821/98 do conselho de 17 de dezembro de 1998. Altera, no que diz respeito à retirada da autorização de certos antibióticos, a Diretiva 70/524/CEE relativa aos aditivos na alimentação para animais. Jornal Oficial das Comunidades Europeias, n. L351, p. 4-8, 1998.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Portaria no 808 de 06 de novembro de 2003. Foi instituído um grupo de trabalho (GT) pelo MAPA para analisar e reavaliar o uso das substâncias químicas: carbadox, olaquindox, bacitracina de zinco, espiramicina, viginiamicina e fosfato de tilosina como aditivos para alimentação animal. Relatório técnico final [acesso em 20 abr 2013]. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/animal/alimentacao.

Burkin M, Galvidis I. Simultaneous separate and group determination of tylosin and tilmicosin in foodstuffs using single antibody-based immunoassay. Food Chem. 2012;132(2):1080-6.

Guardabassi L, Jensen LB, Kruse H. Guia de Antimicrobianos em Veterinária. Porto Alegre: Editora Artmed; 2010.

World Organization for Animal Health [homepage]. OIE List of antimicrobials of veterinary importance [acesso em 21 nov 2011]. Disponível em: http://www.oie.int/doc/en_document.php?numrec=3533703.

Nisha AR. Antibiotic residues: a global health hazard. Veterinary World. 2008;1(12):375-7.

Martins-Júnior HA, Kussumi TA, Wang AY, Lebre DT. A rapid method to determine antibiotic residues in milk using liquid chromatography coupled to electrospray tandem mass spectrometry. J. Braz. Chem. Soc. 2007;18(2):397-405.

Martin JGP. Resíduos de antimicrobianos em leite: uma revisão. Segurança Alimentar e Nutricional. 2011;18(2):80-87.

Brasil. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Programa de Análise de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Alimentos de Origem Animal – PAMVet Relatório 2004/2005: Monitoramento de Resíduos em Leite Exposto ao Consumo. Brasília: ANVISA; 2006 [acesso em 20 jan 2012]. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/alimentos/pamvet/relat%F3rio_leite_2004-05.pdf

Silva Júnior LS. Tetraciclinas em medicamentos veterinários e produtos lácteos [tese de doutorado]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2004.

Kanfer I, Skinner MF, Walker RB. Analysis of macrolide antibiotics. J Chromatogr A. 1998;812(1-2):255-86.

FAO. Residue Evaluation of Certain Veterinary Drugs: Joint FAO/WHO Expert Committee on Food Additives. Rome: FAO; 2009.

The Merck Veterinary Manual [homepage]. Macrolides: special clinical concerns [acesso em 6 jan 2012]. Disponível em: http://www.merckvetmanual.com/mvm/index.jsp?cfile= htm/bc/191269.htm

Compêndio de Produtos Veterinários [homepage]. Compêndio de Produtos Veterinários – Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal [acesso em 5 nov 2011]. Disponível em: http://www.cpvs.com.br/cpvs/index.html.

Juan C, Moltó JC, Mañes J, Font G. Determination of macrolide and lincosamide antibiotics by pressurized liquid extraction and liquid chromatography-tamdem mass spectrometry in meat and milk. Food Control. 2010;21(12):1703-9.

García-Mayor M, Gallego-Picó A, Garcinuño P, Fernández-Hernando P, Durand-Alegría J. Matrix solid-phase dispersion method for the determination of macrolide antibiotics in sheep’s milk. Food Chem. 2012;134(1):553-8.

United States Departament of Agriculture [homepage]. Maximum Residue Limit Database [acesso em 12 out 2012]. Disponível em: http://www.mrldatabase.com

MERCOSUL. GMC/RES no 54/2000. Regulamento Técnico Mercosul. Metodologias Analíticas, Ingestão Diária Admissível e Limites Máximos de Resíduos para Medicamentos Veterinários em Produtos de Origem Animal [acesso em 12 jan 2012]. Disponível em: http://www.mercosur.int/msweb/portal%20intermediario/Normas/normas_web/Resoluciones/PT/Res_054_000_RTM%20Res%C3%ADduos%20Medic%20Veterin%C3%A1rios_Ata%203_00.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Diretoria Colegiada. Resolução RDC no 53, de 02 de outubro de 2012. Dispõe sobre o regulamento técnico Mercosul – Metodologias analíticas, ingestão diária admissível e limites máximos de resíduos para medicamentos veterinários em alimentos de origem animal. Diário Oficial da União, 03 out. 2012. Seção 1, p. 47.

Ferreira RG, Spisso BF, Hora IMC, Monteiro MA, Pereira MU, Costa RP, Carlos, BS. Panorama da Ocorrência de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Leite no Brasil. Segurança Alimentar e Nutricional. 2012;19(2):30-49.

Brasil. Presidência da República. Casa Civil. Sub-chefia para assuntos jurídicos. Lei no 11346 de 15 set. 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN, com vistas em assegurar o direito humano à alimentação e dá outras providências [acesso em 15 fev 2012]. Disponível em: http://www4.planalto.gov.br/consea/conferencia/documentos/lei-de-seguranca-alimentar-e-nutricional

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa no 10 de 14 de abril de 2008. Aprova os Programas de Controle de Resíduos e Contaminantes em Carnes (Bovina, Aves, Suína e Eqüina), Leite, Mel Ovos e Pescado do exercício de 2008. Diário Oficial da União, 17 abr. 2008. Seção 1, p.29-34.

Brasil. Ministério da Saúde. RDC no 253 de 16 de setembro de 2003. Institui o Programa de Análise de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Alimentos de Origem Animal – PAMVet. Diário Oficial da União, 18 set. 2003. Seção 1, p. 90-91.

Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa no 11 de 07 de maio de 2014. Publica o Subprograma de Monitoramento em carnes (Bovina, Aves, Suína e Equina), Leite, Mel, Ovos e Pescado para o exercício de 2014, referente ao Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes – PNCRC, na forma dos Anexos I e II à presente Instrução Normativa. Diário Oficial da União, 07 mai. 2014. Seção 1, p. 5.

Freitas A, Barbosa J, Ramos, F. Development and validation of a multi-residue and multi-class ultra-high-pressure liquid chromatography-tandem mass spectrometry screening of antibiotics in milk. Int Dairy J. 2013; 33(1):38-43.

Nagel O, Molina MP, Althaus R. Microbiological system in microtitre plates for detection and classification of antibiotics residues in milk. Int Dairy J. 2013;32(2):150-155.

Nagel O, Beltránb M, Beltránb M, Althausa R. Novel microbiological system for antibiotic detection in ovine milk. Small Rumin Res. 2012;102(1):26-31.

Peng D, Shengqiang Y, Wang Y, Chen D, Tao Y, Huang L, et al. Development and validation of a indirective competitive enzyme-linked immunosorbent assay for the screening of tylosin and tilmicosin in muscle, liver, milk, honey and eggs. J Agric Food Chem. 2012;60(1):44-51.

Bilandizic N, Kolanovic´ SB, Varenina I, Scortichini G, Annunziata L, Brstilo M, Rudan N. Veterinary drug residues determination in raw milk in Croatia. Food Control. 2011;22(12):1941-1948.

Gradinaru AC, Popescu O, Solcan G. antibiotics residues in milk from Moldavia, Romania. HVM Bioflux. 2011;3(2):133-141.

Karamibonari AR, Movassagh MH. Determination of tylosin residues by ELISA in pasteurized milk marketed in Tabriz. Global Veterinaria. 2011;6(6):527-9.

Movassagh MH. Study of antibiotics residues in cow raw milk by copan milk test in Parsabad region, Ardabil province, Iran. Annals of Biological Research.2011;2(4):355-9.

Clark BS, Storey MJ. Optimization and validation of a multiclass screening and confirmation method for drug residues in milk using high-performance liquid chromatography/tandem mass spectrometry. J AOAC Int. 2011;94(2):383-93.

Sanli S, Palabiyik IM, Sanli L, Guzel-Seydim ZB, Alsancak G. Optimization of the experimental conditions for macrolide antibiotics in high performance liquid chromatography by using response surface methodology and determination of tylosin in milk samples. Journal of Analytical Chemistry. 2011;66(9):838-47.

Nagel O, Molina P, Althaus R. Microbial system for identification of antibiotic residues in milk. J Food Drug Anal. 2011;19(3):369-75.

Su P, Liu N, Zhu M, Ning B, Liu M, Yang Z, et al. Simultaneous detection of five antibiotics in milk by high-throughput suspension array technology. Talanta. 2011;85(2):1160-5.

Sokol J, Popelka P, Najy J. Determination of tylosin in food animal origin by liquid chromatography. Folia Veterinaria. 2010;54(3):167-71.

Vidal MLJ, Frenich GA, Aguilera-Luiz MM, Romero-González RR. Development of fast screening methods for the analysis of veterinary drug residues in milk by liquid chromatography-triple quadrupole mass spectrometry. Anal Bioanal Chem. 2010;397(7):2777-90.

Bohm D, Stachel C, Gowik P. Multi-method for the determination of antibiotics of different substance groups in milk and validation in accordance with Commission Decision 2002/657/EC. J Chromatogr. A. 2009;1216(46):8217-23.

Althausa R, Berrugab IM, Monteroc A, Rocac M, Molinac PM. Evaluation of a microbiological multi-residue system on the detection of antibacterial substances in ewe milk. Anal Chim Acta. 2009;632(1):156-62.

Sierra D, Contreras A, Sanchez A, Luengo C, Corrales JC, Morales CT, et al. Short communication: detection limits of non-β-lactam antibiotics in goat’s milk by microbiological residues screening tests. J Dairy Sci. 2009;92(9):4200-6.

Stolker A, Rutgers P, Oosterink E, Rutgers J, Peters R, Rhijn J, Nielen M. Comprehensive screening and quantification of veterinary drugs in milk using UPLC–ToF-MS. Anal Bioanal Chem. 2008;391(6):2309-22.

Turnipseed BS, Andersen CW, Karbiwnyk MC, Madson RM, Miller EK. Multi-class, multi-residue liquid chromatography/tandem mass spectrometry screening and confirmation methods for drug residues in milk. Rapid Commun Mass Spectrom. 2008;22(10):1467-80.

Aguilera-Luiz M, Vidal J, Romero-González R, Frenich A. Multi-residue determination of veterinary drugs in milk by ultra-high-pressure liquid chromatography–tandem masss pectrometry. J Chromatogr. A. 2008;1205(1-2):10-6.

Mohsenzadeh M, Bahrainipour A. The detection limits of antimicrobial agents in cow`s milk by a simple yoghurt culture test. Pak J Biol Sci. 2008;11(18):2282-85.

Bang-Ce Y, Songyang L, Peng Z, Xiao-Hong L. Simultaneous detection of sulfamethazine, streptomycin, and tylosin in milk by microplate-array based SMM–FIA. Food Chem. 2008;106(2):797-803.

Wang J, Leung D. Analyses of macrolide antibiotic residues in eggs, raw milk and honey using both ultra-performance liquid chromatography/quadrupole time-of-flight mass spectrometry and high-performance liquid chromatography/tandem mass spectrometry. Rapid Commun Mass Spectrom. 2007;21(19):3213-22.

Linage B, Gonzalo C, Carriedo JA, Asensio JA, Blanco MA, De La Fuente MF, et al. Performance of blue-yellow screening test for antimicrobial detection in ovine milk. J Dairy Sci. 2007;90(12):5374-9.

Litterio N, Calvinho L, Flores M, Tarabla H, Boggio J. Microbiological screening test validation for detection of tylosin excretion in milk of cows with low and high somatic cell counts. J Vet Med A. 2007;54(1):30-5.

Mamani MCV. Desenvolvimento e validação de métodos para a determinação de antimicrobianos em leite e fármacos usando a cromatografia líquida de alta eficiência e eletroforese capilar [tese de doutorado]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2007.

Downloads

Publicado

2013-02-11

Como Citar

1.
Costa RP da, Spisso BF, Pereira MU, Monteiro MA, Ferreira RG, Carlos B de S, Oliveira AC de. Tilosina: um importante antibiótico não monitorado em leite no Brasil. Segur. Aliment. Nutr. [Internet]. 11º de fevereiro de 2013 [citado 20º de outubro de 2021];20(2):245-59. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8634601

Edição

Seção

Artigo de Segurança Alimentar e Nutricional

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)