Banner Portal
Segurança alimentar e nutricional e qualidade de vida em assentamentos rurais
PDF

Palavras-chave

Assentamento rural. Pobreza rural. Segurança alimentar e nutricional.

Como Citar

SOUZA-ESQUERDO, Vanilde Ferreira de; BERGAMASCO, Sonia Maria Pessoa Pereira; OLIVEIRA, Julieta Teresa Aier de; OLIVEIRA, Érika de Souza. Segurança alimentar e nutricional e qualidade de vida em assentamentos rurais. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, SP, v. 20, n. 1, p. 13–23, 2015. DOI: 10.20396/san.v20i1.8634619. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8634619. Acesso em: 12 jul. 2024.

Resumo

Os assentamentos rurais referem-se a um novo espaço em formação, onde muitos assentados optam inicialmente pelo plantio de gêneros alimentícios para a sua subsistência e depois para o mercado. Assim, a conquista da terra possui significados que vão desde o resgate à cidadania até a melhoria da condição de vida pela aquisição de bens, produtos e serviços. Nesse sentido, este trabalho objetivou analisar a reforma agrária enquanto uma política capaz de contribuir para a melhoria da qualidade de vida e promoção da Segurança Alimentar e Nutricional das famílias assentadas. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica sobre o tema. São apresentados também os resultados preliminares da pesquisa em andamento “Segurança Alimentar no Campo”. Percebeu-se que a pobreza no meio rural tem uma ligação direta com a concentração fundiária. Apesar da precariedade dos assentamentos rurais, a vida dos assentados, quando comparada a de seus pais, está melhor. Além disso, a vida no assentamento possibilita condições de produção para o sustento da família, podendo assim garantir sua Segurança Alimentar e Nutricional.

https://doi.org/10.20396/san.v20i1.8634619
PDF

Referências

Bergamasco SMPP, Blanc-Pamard C, Chonchol M-E. Por um atlas dos assentamentos brasileiros: espaços de pesquisa. Rio de Janeiro: DL/Brasil; 1997.

Bergamasco SMPP, Norder LAC. Os impactos regionais dos assentamentos rurais em São Paulo (1960-1997). In: Medeiros LS de, Leite SP. (Org.). A formação dos assentamentos rurais no Brasil: processos sociais e políticas públicas. Porto Alegre/Rio de Janeiro: UFRGS/CPDA; 1999. p. 75-92.

Leite SP, Heredia B, Medeiros L, Palmeira M, Cintrão R. (Org.). Impactos dos assentamentos: um estudo sobre o meio rural brasileiro. São Paulo: UNESP; 2004.

Bergamasco SMPP, Norder LAC. O que são assentamentos rurais? São Paulo: Brasiliense; 1996.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Pesquisa confirma que reforma agrária é um instrumento de combate à pobreza. Publicação Especial do INCRA, ano 1, nº 2. Dezembro, 2010. p. 2.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCA). Pesquisa sobre qualidade de vida, produção e renda nos assentamentos de Reforma Agrária do Brasil. MDA/INCRA. Dezembro; 2010.

Hoffmann R, Ney MG. Desigualdade, escolaridade e rendimentos na agricultura, indústria e serviços, de 1992 a 2002. In: XLII CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 2004, Cuiabá. Anais... Cuiabá, MT: UFMT, Embrapa Florestas, 2004. p. 1- 28.

Molina MC. O Pronera como construção prática e teórica da educação do campo. In: A educação na reforma agrária em perspectiva: uma avaliação do Pronera. In: Andrade MR de O, Di Pierro MC, Molina MC, Jesus SMSA de (Org.). São Paulo: Pronera; 2004. p. 61-88.

Bergamasco SMPP, Souza VF, Chaves TAB. A formação escolar em assentamentos rurais: desafios para as novas gerações. In: Ferrante VLSB, Aly Jr O. (Org.). Assentamentos rurais: impasses e dilemas (uma trajetória de 20 anos). Brasília: INCRA, Araraquara/UNIARA; 2005. p. 389-404.

Castro EG de. A escolarização nos assentamentos rurais: uma caracterização comparada. Est Soc Agric. 1999;12:80- 103.

Di Pierro MC. Situação educacional dos jovens e adultos assentados no Brasil: uma análise de dados da Pesquisa Nacional de Educação na Reforma Agrária. In: XXIX REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 2006, Caxambu. Anais... Rio de Janeiro: ANPEd, 2006. p. 1-14.

Oliveira JTA, Andrade MR de O. Juventude e projetos de vida: desafios e perspectivas para a agricultura familiar de assentamentos paulistas. In: Bergamasco SMPP, Oliveira JTA, Esquerdo VF de S. Assentamentos rurais no século XXI: temas recorrentes. Campinas, SP: INCRA; 2011. p. 341-64.

Souza VF de, Bergamasco SMPP, CAMBRI, TABC. Trajetórias e redes sociais em assentamentos rurais do Estado de São Paulo: o impacto dos assentamentos na vida dos assentados. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 2007, Recife. Anais... Recife: Sociedade Brasileira de Sociologia; 2007. p. 1-17.

Ferrante VLSB, Bergamasco SMPP. Censo de assentamentos rurais do Estado de São Paulo: análise e avaliação dos projetos de reforma agrária e assentamentos do Estado de São Paulo. Araraquara: Multicamp/Unesp; 1995.

Norder LAC. Assentamentos rurais: casa, comida e trabalho [dissertação]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 1997. 143 p.

Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA). Lei de Segurança Alimentar e Nutricional. Brasília, 2006. [acesso em 13 ago 2012]. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/Consea/3Conferencia/St atic/Documentos/Cartilha_CONSEA- 2007_NOVO.pdf

Maluf RS, Menezes F, Valente FL. Contribuição ao tema da Segurança Alimentar no Brasil. Cadernos de Debate. 1996;6:66-88.

Brasil. Lei nº 11.346, de 18 de setembro de 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN com vistas em assegurar o direito humano à alimentação adequada e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 18 set. 2006. Seção 1, p. 1.

Segall-Corrêa AM, Marin-Leon L. A Segurança Alimentar no Brasil: proposição e usos da Escala Brasileira de Medida da Insegurança Alimentar (EBIA) de 2003 a 2009. Seg Alim Nutr. 2009;16(2):1-19.

Segall-Corrêa AM, Escamilla RP, Maranha LK, Sampaio MFA. (In)Segurança alimentar no Brasil: validação de metodologia para acompanhamento e avaliação. Relatório Técnico. 2004 [acesso em 25 out 2010]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/validacao_brasi l1.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Segurança Alimentar 2004. Rio de Janeiro: IBGE; 2006.

Wanderley MN. Alcances e limites das políticas de desenvolvimento rural para o combate à pobreza. In: Miranda C, Tiburcio B. (Org.). Pobreza Rural: concepções, determinantes e proposições para a construção de uma agenda de políticas públicas. IICA; 2011. (Série Desenvolvimento Rural Sustentável: Edição Especial). p. 105-107.

Martins VS, Menasche R. Trajetórias do lugar de viver em terras de reforma agrária. Retratos de Assentamentos. 2011;14(1):69-92.

Bergamasco SMPP. Assentamentos Rurais: reorganização do espaço produtivo e processos de socialização. In: Medeiros L, Barbosa MV, Franco MP, Esterci N, Leite SP. (Org.) Assentamentos rurais: uma visão multidisciplinar. São Paulo: EDUNESP; 1994. p. 225-35.

Dombek LA. Autoconsumo e Segurança Alimentar em assentamentos rurais do Pontal do Paranapanema

[dissertação]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2006. 94 p.

Oliveira JTA. (Coord.). Segurança Alimentar no campo: redesenhos agroecológicos da produção em áreas de assentamentos e remanescentes de quilombos. [Projeto de pesquisa, Edital CNPq/MCT 19/2010, Processo 559493/2010-0] Campinas: Feagri/Unicamp; 2010.

Oliveira JTA. (Coord.). Segurança Alimentar no campo: redesenhos agroecológicos da produção em áreas de assentamentos e remanescentes de quilombos. [Resultados Preliminares] Campinas: Feagri/Unicamp; 2012.

Santos IP, Ferrante LSB. Da terra nua ao prato cheio: produção para o consumo familiar nos assentamentos rurais do Estado de São Paulo. Araraquara: Fundação Itesp/Uniara; 2003. 128 p.

Maluf RS, Menezes F, Marques SB. Caderno de Segurança Alimentar [acesso em 15 ago 2012]. Disponível em: http://ag20.cnptia.embrapa.br/Repositorio/seguranca+alim entar_000gvxlxe0q02wx7ha0g934vgwlj72d2.pdf

Guerrero ICO. (In)segurança alimentar no Assentamento Horto Vergel – Mogi Mirim, SP [dissertação]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2009. 104 p.

Guanzirolli CH. Principais indicadores socioeconômicos dos assentamentos de reforma agrária. In: Romeiro A, Guanzirolli CH, Palmeira M, Leite SP. (Org.). Reforma agrária: produção, emprego e renda, o relatório da FAO em debate. Rio de Janeiro: VOZES/IBASE/FAO; 1994. p. 13- 68.

A revista Segurança Alimentar e Nutricional utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.