Segurança alimentar e nutricional e qualidade de vida em assentamentos rurais

Autores

  • Vanilde Ferreira de Souza-Esquerdo Universidade Estadual de Campinas
  • Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco Universidade Estadual de Campinas
  • Julieta Teresa Aier de Oliveira Universidade Estadual de Campinas
  • Érika de Souza Oliveira Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/san.v20i1.8634619

Palavras-chave:

Assentamento rural. Pobreza rural. Segurança alimentar e nutricional.

Resumo

Os assentamentos rurais referem-se a um novo espaço em formação, onde muitos assentados optam inicialmente pelo plantio de gêneros alimentícios para a sua subsistência e depois para o mercado. Assim, a conquista da terra possui significados que vão desde o resgate à cidadania até a melhoria da condição de vida pela aquisição de bens, produtos e serviços. Nesse sentido, este trabalho objetivou analisar a reforma agrária enquanto uma política capaz de contribuir para a melhoria da qualidade de vida e promoção da Segurança Alimentar e Nutricional das famílias assentadas. Para tanto, foi realizada uma revisão bibliográfica sobre o tema. São apresentados também os resultados preliminares da pesquisa em andamento “Segurança Alimentar no Campo”. Percebeu-se que a pobreza no meio rural tem uma ligação direta com a concentração fundiária. Apesar da precariedade dos assentamentos rurais, a vida dos assentados, quando comparada a de seus pais, está melhor. Além disso, a vida no assentamento possibilita condições de produção para o sustento da família, podendo assim garantir sua Segurança Alimentar e Nutricional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanilde Ferreira de Souza-Esquerdo, Universidade Estadual de Campinas

Pós-doutoranda (Bolsista FAPESP) na Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).

Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco, Universidade Estadual de Campinas

Professora Titular na FEAGRI, UNICAMP, Campinas, SP.

Julieta Teresa Aier de Oliveira, Universidade Estadual de Campinas

Profissional de Pesquisa na FEAGRI, UNICAMP, Campinas, SP.

Érika de Souza Oliveira, Universidade Estadual de Campinas

Mestranda na FEAGRI, UNICAMP, Campinas, SP.

Referências

Bergamasco SMPP, Blanc-Pamard C, Chonchol M-E. Por um atlas dos assentamentos brasileiros: espaços de pesquisa. Rio de Janeiro: DL/Brasil; 1997.

Bergamasco SMPP, Norder LAC. Os impactos regionais dos assentamentos rurais em São Paulo (1960-1997). In: Medeiros LS de, Leite SP. (Org.). A formação dos assentamentos rurais no Brasil: processos sociais e políticas públicas. Porto Alegre/Rio de Janeiro: UFRGS/CPDA; 1999. p. 75-92.

Leite SP, Heredia B, Medeiros L, Palmeira M, Cintrão R. (Org.). Impactos dos assentamentos: um estudo sobre o meio rural brasileiro. São Paulo: UNESP; 2004.

Bergamasco SMPP, Norder LAC. O que são assentamentos rurais? São Paulo: Brasiliense; 1996.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. Pesquisa confirma que reforma agrária é um instrumento de combate à pobreza. Publicação Especial do INCRA, ano 1, nº 2. Dezembro, 2010. p. 2.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCA). Pesquisa sobre qualidade de vida, produção e renda nos assentamentos de Reforma Agrária do Brasil. MDA/INCRA. Dezembro; 2010.

Hoffmann R, Ney MG. Desigualdade, escolaridade e rendimentos na agricultura, indústria e serviços, de 1992 a 2002. In: XLII CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 2004, Cuiabá. Anais... Cuiabá, MT: UFMT, Embrapa Florestas, 2004. p. 1- 28.

Molina MC. O Pronera como construção prática e teórica da educação do campo. In: A educação na reforma agrária em perspectiva: uma avaliação do Pronera. In: Andrade MR de O, Di Pierro MC, Molina MC, Jesus SMSA de (Org.). São Paulo: Pronera; 2004. p. 61-88.

Bergamasco SMPP, Souza VF, Chaves TAB. A formação escolar em assentamentos rurais: desafios para as novas gerações. In: Ferrante VLSB, Aly Jr O. (Org.). Assentamentos rurais: impasses e dilemas (uma trajetória de 20 anos). Brasília: INCRA, Araraquara/UNIARA; 2005. p. 389-404.

Castro EG de. A escolarização nos assentamentos rurais: uma caracterização comparada. Est Soc Agric. 1999;12:80- 103.

Di Pierro MC. Situação educacional dos jovens e adultos assentados no Brasil: uma análise de dados da Pesquisa Nacional de Educação na Reforma Agrária. In: XXIX REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 2006, Caxambu. Anais... Rio de Janeiro: ANPEd, 2006. p. 1-14.

Oliveira JTA, Andrade MR de O. Juventude e projetos de vida: desafios e perspectivas para a agricultura familiar de assentamentos paulistas. In: Bergamasco SMPP, Oliveira JTA, Esquerdo VF de S. Assentamentos rurais no século XXI: temas recorrentes. Campinas, SP: INCRA; 2011. p. 341-64.

Souza VF de, Bergamasco SMPP, CAMBRI, TABC. Trajetórias e redes sociais em assentamentos rurais do Estado de São Paulo: o impacto dos assentamentos na vida dos assentados. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOCIOLOGIA, 2007, Recife. Anais... Recife: Sociedade Brasileira de Sociologia; 2007. p. 1-17.

Ferrante VLSB, Bergamasco SMPP. Censo de assentamentos rurais do Estado de São Paulo: análise e avaliação dos projetos de reforma agrária e assentamentos do Estado de São Paulo. Araraquara: Multicamp/Unesp; 1995.

Norder LAC. Assentamentos rurais: casa, comida e trabalho [dissertação]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 1997. 143 p.

Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA). Lei de Segurança Alimentar e Nutricional. Brasília, 2006. [acesso em 13 ago 2012]. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/Consea/3Conferencia/St atic/Documentos/Cartilha_CONSEA- 2007_NOVO.pdf

Maluf RS, Menezes F, Valente FL. Contribuição ao tema da Segurança Alimentar no Brasil. Cadernos de Debate. 1996;6:66-88.

Brasil. Lei nº 11.346, de 18 de setembro de 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN com vistas em assegurar o direito humano à alimentação adequada e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 18 set. 2006. Seção 1, p. 1.

Segall-Corrêa AM, Marin-Leon L. A Segurança Alimentar no Brasil: proposição e usos da Escala Brasileira de Medida da Insegurança Alimentar (EBIA) de 2003 a 2009. Seg Alim Nutr. 2009;16(2):1-19.

Segall-Corrêa AM, Escamilla RP, Maranha LK, Sampaio MFA. (In)Segurança alimentar no Brasil: validação de metodologia para acompanhamento e avaliação. Relatório Técnico. 2004 [acesso em 25 out 2010]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/validacao_brasi l1.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Segurança Alimentar 2004. Rio de Janeiro: IBGE; 2006.

Wanderley MN. Alcances e limites das políticas de desenvolvimento rural para o combate à pobreza. In: Miranda C, Tiburcio B. (Org.). Pobreza Rural: concepções, determinantes e proposições para a construção de uma agenda de políticas públicas. IICA; 2011. (Série Desenvolvimento Rural Sustentável: Edição Especial). p. 105-107.

Martins VS, Menasche R. Trajetórias do lugar de viver em terras de reforma agrária. Retratos de Assentamentos. 2011;14(1):69-92.

Bergamasco SMPP. Assentamentos Rurais: reorganização do espaço produtivo e processos de socialização. In: Medeiros L, Barbosa MV, Franco MP, Esterci N, Leite SP. (Org.) Assentamentos rurais: uma visão multidisciplinar. São Paulo: EDUNESP; 1994. p. 225-35.

Dombek LA. Autoconsumo e Segurança Alimentar em assentamentos rurais do Pontal do Paranapanema

[dissertação]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2006. 94 p.

Oliveira JTA. (Coord.). Segurança Alimentar no campo: redesenhos agroecológicos da produção em áreas de assentamentos e remanescentes de quilombos. [Projeto de pesquisa, Edital CNPq/MCT 19/2010, Processo 559493/2010-0] Campinas: Feagri/Unicamp; 2010.

Oliveira JTA. (Coord.). Segurança Alimentar no campo: redesenhos agroecológicos da produção em áreas de assentamentos e remanescentes de quilombos. [Resultados Preliminares] Campinas: Feagri/Unicamp; 2012.

Santos IP, Ferrante LSB. Da terra nua ao prato cheio: produção para o consumo familiar nos assentamentos rurais do Estado de São Paulo. Araraquara: Fundação Itesp/Uniara; 2003. 128 p.

Maluf RS, Menezes F, Marques SB. Caderno de Segurança Alimentar [acesso em 15 ago 2012]. Disponível em: http://ag20.cnptia.embrapa.br/Repositorio/seguranca+alim entar_000gvxlxe0q02wx7ha0g934vgwlj72d2.pdf

Guerrero ICO. (In)segurança alimentar no Assentamento Horto Vergel – Mogi Mirim, SP [dissertação]. Campinas: Universidade Estadual de Campinas; 2009. 104 p.

Guanzirolli CH. Principais indicadores socioeconômicos dos assentamentos de reforma agrária. In: Romeiro A, Guanzirolli CH, Palmeira M, Leite SP. (Org.). Reforma agrária: produção, emprego e renda, o relatório da FAO em debate. Rio de Janeiro: VOZES/IBASE/FAO; 1994. p. 13- 68.

Downloads

Como Citar

1.
Souza-Esquerdo VF de, Bergamasco SMPP, Oliveira JTA de, Oliveira Érika de S. Segurança alimentar e nutricional e qualidade de vida em assentamentos rurais. Segur. Aliment. Nutr. [Internet]. 3º de fevereiro de 2015 [citado 24º de outubro de 2021];20(1):13-2. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8634619

Edição

Seção

Artigo de Segurança Alimentar e Nutricional

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)