Banner Portal
Dinâmica tecnológica da cadeia industrial da avicultura alternativa: multifuncionalidade, desenvolvimento territorial e sustentabilidade
PDF

Palavras-chave

Avicultura alternativa. Avicultura orgânica. Multifuncionalidade da agricultura. Desenvolvimento territorial. Sustentabilidade. Sistema agroalimentar localizado.

Como Citar

DEMATTÊ FILHO, Luiz Carlos; MARQUES, Paulo Eduardo Moruzzi. Dinâmica tecnológica da cadeia industrial da avicultura alternativa: multifuncionalidade, desenvolvimento territorial e sustentabilidade. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, SP, v. 18, n. 2, p. 1–11, 2015. DOI: 10.20396/san.v18i2.8634674. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8634674. Acesso em: 22 maio. 2024.

Resumo

Trata o presente artigo de uma proposta de metodologia de pesquisa que busca discutir os referenciais teóricos da multifuncionalidade da agricultura a fim de analisar notadamente um sistema agroalimentar fundado em princípios e métodos da Agricultura Natural. Este sistema se organiza em torno de uma agroindústria integrando produtores locais para oferecer principalmente frangos e ovos. A Agricultura Natural é um modelo produtivo preconizado por Mokiti Okada (Japão, 1882-1955), o qual enfatiza a necessidade de um perfeito equilíbrio entre as atividades humanas e as forças da natureza, para se alcançar bons resultados na produção, privilegiando a segurança dos alimentos, práticas conservacionistas da natureza, a saúde, e o bem-estar socioeconômico de produtores e consumidores. A partir da década de 1990, podemos perceber um incremento das discussões sobre a multifuncionalidade da agricultura devido aos inúmeros problemas sociais e ambientais advindos do modelo agrícola produtivista. Neste mesmo período intensificaram-se os problemas concernentes à segurança alimentar, com os casos da Encefalopatia Espongiforme Bovina (doença da vaca louca), alimentos contaminados com dioxinas e com resíduos de agrotóxicos, emergência de doença zoonóticas como a Influenza Aviária, etc. A ideia então é de discutir em que medida a Agricultura Natural, representando uma inovação tecnológica na produção de alimentos no Brasil e no mundo, oferece bases pertinentes na busca de um modelo agrícola sustentável, em respeito à humanidade e sua diversidade sociocultural e ao meio ambiente. Finalmente, analisamos a pertinência de posicionar o processo produtivo da avicultura alternativa com os referenciais teóricos do Sistema Agroalimentar Localizado (SIAL).

https://doi.org/10.20396/san.v18i2.8634674
PDF

Referências

. Anuário de Pecuária Brasileira (ANUALPEC), São Paulo, p. 260, 263, 271, 2011.

. Delgado C, Rosegrant M, Steinfeld H, Ehui S, Courbois C. Livestock to 2020: The next food revolution. 2020 Vision Discussion Paper nº 28. Washington, D.C.: International Food Policy Research Institute; 1999.

. Menten JFM. Aditivos alternativos na nutrição de aves: probióticos e prebióticos. In: Mattos WRS et al. A produção animal na visão dos brasileiros. Piracicaba: FEALQ; 2001. p. 141-57.

. Rezende CLA. A coordenação do sistema agroindustrial do tomate orgânico no Estado de São Paulo e o comportamento do consumidor [dissertação]. São Paulo: Faculdade de Ciências Farmacêuticas; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade e Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo; 2003. 94 p.

. Demattê Filho LC. Aditivos em dietas para frangos de corte criados em sistema alternativo [dissertação]. Botucatu: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Estadual Paulista; 2004. 95 p.

. Carneiro MJ, Maluf RS. Para além da produção: multifuncionalidade e agricultura familiar. Rio de Janeiro: Mauad; 2003.

. Alles JM, Marques PEM. Debate sobre Funções Sócioambientais da Propriedade Fundiária e a Noção de Multifuncionalidade da Agricultura. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, Rio Branco, 2008. Anais... Rio Branco: SOBER, 2008. p. 1-18.

. Valor Econômico (2009) [acesso em 24 ago 2011]. Disponível em: http://www.valor.com.br/ arquivo/608861/uniao-europeia-quer-bem-estar-animalnas- regras-da-omc

. Brasil. Presidência da República. Lei nº 10.831, de 23 de dezembro de 2003. Dispõe sobre a agricultura orgânica e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 24 dez. 2003. Seção 1, p. 8.

. Buainain AM, Batalha MO, Alcantara RLC, Chaves GLD. Cadeia produtiva de produtos orgânicos. 1ª ed. Brasília: IICA: MAPA/SPA; 2007. v. 1, p. 19.

. Bastianelli D. A produção de Frangos Diferenciados na França. Mercado, aspectos organizacionais e regulamentares. CONFERÊNCIA APINCO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AVÍCOLAS, 2001. 2001, Campinas. Anais... Campinas: FACTA, 2001. p. 235-54.

. Pimenta VP, Sena JOA, Moura LPP, Cunha FAD, Rupp LM, Hisano LK et al. Percepção dos Consumidores quanto aos Produtos Orgânicos na Região de Maringá- PR, Brasil. Rev Bras de Agroecologia. 2009;4(2):2903-07.

. Brasil. Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Legislação para os sistemas orgânicos de produção animal e vegetal. 1ª ed. Brasília: MAPA/ACS; 2009.

. Fundação Mokiti Okada. Microrganismos eficazes na agricultura. 2ª ed. Ipeúna: FUNDAÇÃO MOKITI OKADA; 2002. 29 p.

. Okada M. A outra face da doença: a saúde revelada por Deus. 6ª ed. Atami, Japão: MOA SHOJI; 1992.

. Demattê Filho LC, Mendes CMI. Viabilidade técnica e econômica na criação alternativa de frangos. In: CONFERÊNCIA APINCO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA AVÍCOLAS, 2001, Campinas. Anais... Campinas: FACTA, 2001. p. 255-66.

. Moruzzi Marques PE, Silveira MA. Impactos das novas representações de qualidade alimentar sobre as dinâmicas territoriais e a cafeicultura familiar do Sul de Minas Gerais. In: Agricultura Familiar: pesquisa, formação e desenvolvimento. Belém: UFPA. 2009;9:105-20.

. Farina TMQ, Almeida SF. Consumer Perception on Alternative Poultry. International Food and Agribusiness Management Review. 2003 [acesso em 23 maio 2011]. Disponível em: http://ageconsearch.umn.edu/ bitstream/34533/1/0502fa02.pdf

. Farina TMQ, Almeida SF. A Percepção dos Consumidores de Frangos “Alternativos”. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, Passo Fundo, 2002. Anais... Passo Fundo: SOBER, 2002. CD-ROM.

. Farina EMMQ. Competitividade e Coordenação de Sistemas Agroindustriais: Um Ensaio Conceitual. Revista de Gestão e Produção. 1999;6(3):147-61.

. Kennedy PL, Harrison RW, Piedra MA. Analyzing Agribusiness Competitiveness: Case of the United States Sugar Industry. International Food and Agribusiness Management Review. 1998;1(2):245-57.

. Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. Análise da Competitividade da Cadeia Agroindustrial de Carne de Frango no Estado do Paraná. Curitiba: IPARDES; 2002. 230 p.

. Porter ME. The competitive advantage of nations . Harv Bus Rev., New York: Free Press; 1990.

. Batalha MO. (Coord.). Gestão Agroindustrial: GEPAI – Grupo de Estudos e pesquisas agroindustriais. 3ª ed. São Paulo: Atlas; 2008.

. Silva CAB, Batalha MO. Competitividade em Sistemas Agroindustriais: Metodologia e Estudo de Caso. In: II Workshop Brasileiro sobre Gestão de Sistemas Agroalimentares – PENSA/ FEA/USP, 1999, Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: PENSA/FEA/USP, 1999, p. 9-20.

. Valor Econômico (2011) [acesso em 23 ago 2011. Disponível em: http://www.valor.com.br/ arquivo/866171/apos-dioxina-alemanha-tenta-acalmarpopulacao

. Pecqueuer B. O desenvolvimento territorial: uma nova abordagem dos processos de desenvolvimento para as economias do Sul. Raízes. 2005; 24(1-2):10-22.

. Muchnik J, Cañada JS, Salcido TG. Systèmes agroalimentaires localisés: état des recherches et perspectives. Cahiers Agricultures. 2008;17(6):513-19.

A revista Segurança Alimentar e Nutricional utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.