Resíduos de antimicrobianos em leite – uma revisão

  • José Guilherme Prado Martin Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Resíduos. Antimicrobianos. Leite. Segurança alimentar.

Resumo

Uma das maiores preocupações nos dias atuais quanto à segurança alimentar consiste na produção de alimentos livres de contaminantes. Desse ponto de vista, é imprescindível que seja garantida a produção de alimentos que não representem riscos à saúde dos consumidores. O leite é um produto de origem animal bastante susceptível à contaminação por resíduos de antimicrobianos em decorrência da utilização indiscriminada de drogas veterinárias para tratamento do rebanho leiteiro. O respeito às recomendações dos organismos internacionais e à legislação brasileira deve ocorrer em toda a cadeia de produção. A presente revisão aborda a problemática da ocorrência de antimicrobianos em leite, com enfoque na segurança alimentar, relacionando o tema à legislação vigente no país e discutindo alternativas para seu controle.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Guilherme Prado Martin, Universidade de São Paulo

Doutorando do Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), Universidade de São Paulo (USP), Depto. de Agroindústria, Alimentos e Nutrição, Piracicaba, SP. Correspondência: Av. Pádua Dias, 11, CEP 13418-900,
Piracicaba, SP.

Referências

. Lerayer ALS, Miguel AMRO, Guedes ALA, Carvalho AF, Itajdenwurcel JR, Fonseca LM et al. Nova legislação de produtos lácteos: Revisada, Ampliada e Comentada. São Paulo: Editora Revista Indústria de Laticínios; 2002.

. Brasil. Lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – SISAN, com vistas a assegurar o direito humano à alimentação adequada e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 18 set. 2006. Seção 1, p. 1.

. Monardes H. Reflexões sobre a qualidade do leite. In: Dürr J, Carvalho M, Santos M (org.) O compromisso com a qualidade do leite no Brasil. Passo Fundo: UPF Editora; 2004. p. 11-37.

. Frazier WC, Westhoff DC (org.) Microbiología de los alimentos. Zaragoza: Acribia; 1978.

. Organización de las Naciones Unidas para la Agricultura y la Alimentación. Producción de alimentos de origen animal: código de prácticas de higiene para la leche y los productos lácteos – CAC/RCP 57-2004. 2ª ed. Roma: FAO/OMS; 2009.

. World Health Organization. The Medical Impact of Antimicrobial Use in Food Animals. Report of a WHO Meeting. Berlin, Germany, 13-17 October 1997 [cited 2009 jun 23]. Available from: http://whqlibdoc.who.int/ hq/1997/WHO_EMC_ZOO_97.4.pdf

. Gobbo SP. Padronização e desenvolvimento de reagentes imunoenzimáticos para pesquisa de ciprofloxacina em produtos de origem animal [tese]. Piracicaba: Universidade de São Paulo; 2006. 103 p.

. Milkpoint [homepage]. Produção de leite – países selecionados [acesso em 2 nov 2011]. Disponível em: http://www.milkpoint.com.br/estatisticas/producao_ mundial.htm

. Oliveira RPS. Condições microbiológicas e avaliação da pasteurização em amostras de leite comercializados no município de Piracicaba - SP [dissertação]. Piracicaba: Universidade de São Paulo; 2005. 81 p.

. Brito MAVP, Brito JRF. Qualidade do leite. In: Madalena FH, Matos LL, Holanda Jr. EJ (Org.). Produção de leite e sociedade: uma análise crítica da cadeia do leite no Brasil. Belo Horizonte: FEPMVZ; 2001. p. 61-74.

. Netto DP, Lopes MO, Oliveira MCS, Nunes MP, Machinski Junior M, Bosquiroli SL et al. Levantamento dos principais fármacos utilizados no rebanho leiteiro do Estado do Paraná. Acta Scientiarum. Animal Sciences. 2005;27(1):145-151.

. Bruno F, Curini R, di Corcia AD, Nazzari M, Samperi R. Solid-phase extraction followed by liquid chromatographymass spectrometry for trace determination of b-lactam antibiotics in bovine milk. J Agric Food Chem. 2001;49(7):3463-70.

. Schenck FJ, Callery PS. Chromatographic methods of analysis of antibiotics in milk. J Chromatogr A. 1998;812(1-2):99-109.

. Tronco VM (org.). Manual para inspeção da qualidade do leite. 2ª ed. Santa Maria: Ed. da UFSM; 2003.

. Andrew SM, Moyes KM, Borm AA, Fox LK, Leslie KE, Hogan JS, Oliver YH, Schukken WE, Owens WE, Norman C. Factors associated with the risk of antibiotic residues and intramammary pathogen presence in milk from heifers administered prepartum intramammary antibiotic therapy. Vet Microbiol. 2009;134(1-2):150-6.

. Costa EO. Uso de antimicrobianos na mastite. In: Spinosa HS (Org.). Farmacologia aplicada à medicina veterinária. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2002. p. 501-515.

. Biacchi NC, Jorge AOC, Ueno M. Detecção de resíduos antibióticos em leite bovino na região do Vale do Paraíba, São Paulo. Revista Biociências. 2004;10(1-2):47-9.

. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária [homepage]. Resistência antimicrobiana x produção animal: uma discussão internacional; 2004 [acesso em 23 jun 2009]. Disponível em: http://www.embrapa.br/imprensa/ artigos/2000/artigo.2004-12-07.2546062632

. Nascimento GGF, Maestro V, Campos MSP. Ocorrência de resíduos de antibióticos no leite comercializado em Piracicaba, SP. Rev Nutr. 2001;14(2):119-24.

. Dewdney JM, Maes L, Raynaud JP, Blanc F, Scheid JP, Jackson T, Lens S, Verschueren C. Risk assessment of antibiotic residues of beta-lactams and macrolides in food products with regard to their immuno-allergic potential. Food Chem Toxicol. 1991;29(7):477-83.

. Lederer J (Org.). Enciclopédia moderna de higiene alimentar: intoxicações alimentares. São Paulo: Manole; 1991.

. Virginia Cooperative Extension [homepage]. Virginia: Publication and Resources [cited 2009 jun 23]. Available from: http://pubs.ext.vt.edu/404/404-401/404-401.html

. Costa EO. Resíduos de antibióticos no leite: um risco à saúde do consumidor. Hig aliment. 1996;10(44):15-7.

. Bando E, Oliveira RC, Ferreira GM, Machinski M. Occurrence of antimicrobial residues in pasteurized milk commercialized in the state of Paraná, Brazil. J Food Prot. 2009;72(4):911-4.

. Hsieh SH, Huang HY, Lee S. Determination of eight penicillin antibiotics in pharmaceuticals, milk and porcine tissues by nano-liquid chromatography. J Chromatogr A.

. Chung H-H, Lee J-B, Chung Y-H, Lee K-G. Analysis of sulfonamide and quinolone antibiotic residues in Korean milk using microbial assays and high performance liquid chromatography. Food Chem. 2009;113(1):297-301.

. Yamaki M, Berruga MI, Althaus RL, Molina MP, Molina A. Occurrence of antibiotic residues in milk from Manchega ewe dairy farms. J Dairy Sci. 2004;87(10):3132-7.

. Mohamadi Sani A, Nikpooyan H, Moshiri R. Aflatoxin M1 contamination and antibiotic residue in milk in Khorasan province, Iran. Food Chem Toxicol. 2010;48(8-9):2130-2.

. Nero LA, Mattos MR, Beloti V, Barros MAF, Franco BDGM. Resíduos de antibióticos em leite cru de quatro regiões leiteiras no Brasil. Ciênc Tecnol Aliment. 2007;27(2):391-3.

. Borges GT, Santana AP, Mesquita AJ, Mesquita SQP, Silva LAF, Nunes VQ. Ocorrência de resíduos de antibióticos em leite pasteurizado integral e padronizado produzido e comercializado no estado de Goiás. Ci Anim Bras. 2000;1(1):59-63.

. Tetzner TAD, Benedetti E, Guimarães EC, Peres RFG. Prevalência de resíduos de antibióticos em amostras de leite cru na região do Triângulo Mineiro, MG. Hig aliment. 2005;19(130):69-72.

. Mendes CG, Sakamoto SM, Silva JBA, Leite AI. Pesquisa de resíduos de beta-lactâmicos no leite cru comercializado clandestinamente no município de Mossoró, RN, utilizando o Delvotest SP. Arq Inst Biol. 2008;75(1):95-8.

. Mercosul. Resolução GMC (Grupo Mercado Comum) nº 54, de 29 setembro de 2000. Regulamento Técnico Metodologias Analíticas, Ingestão Diária Admissível e Limites Máximos de Resíduos Para Medicamentos Veterinários em Alimentos de Origem Animal. Disponível em: http://www.mercosur.int/msweb/Normas/ normas_web/Resoluciones/PT/Res_054_000_ RTM%20Res%C3%ADduos%20Med i c%20 Veterin%C3%A1rios_Ata%203_00.PDF

. Brasil. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº 42, de 20 de dezembro de 1999. Altera o Plano Nacional de Controle de Resíduos em Produtos de Origem Animal - PNCR e os Programas de Controle de Resíduos em Carne - PCRC, Mel – PCRM, Leite – PCRL e Pescado – PCRP. Diário Oficial da União, Brasília, 22 dez. 1999. Seção 1, p. 253.

. Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios Laticínios [homepage]. Legislação sobre a fiscalização de produtos lácteos. Série Lácteos Seguros, artigo nº 6 [cacesso em 20 maio 2009]. Disponível em: http://www.g100.org.br/ download/ Lacteos_SegurosVI.pdf

. Brasil. Ministério da Saúde. Programa de Análise de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Alimentos Expostos ao Consumo – PAMVet [acesso em 2 maio 2009]. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/ alimentos/pamvet/pamvet.pdf

. Planeta Orgânico [homepage]. O Papel do consumidor no mercado de produtos orgânicos. [acesso em 23 jun 2009]. Disponível em: http://www.planetaorganico.com.br/ trabdarolt1.htm

. Fanti MGN, Almeida KE, Rodrigues AM, Silva RC, Florence ACR, Gioielli LA et al. Contribuição ao estudo das características físico-químicas e da fração lipídica do leite orgânico. Ciênc Tecnol Aliment. 2008;28(Supl.):259-65.

. Brasil. Lei nº 10.831, de 23 de dezembro de 2003. Dispõe sobre a agricultura orgânica e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 24 dez. 2003. Seção 1, p. 8.

. Aroeira LJM, Paciullo DSC, Fernandes EN. Produção orgânica: enfoque leite, suas implicações e consequências. In: Stringheta PC, Muniz JN (Org.). Alimentos orgânicos: produção, tecnologia e certificação. Viçosa: Editora UFV; 2003. p. 155-194.

. Brandão IF. Condicionantes do consumo de leite orgânico em Minas Gerais [tese]. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa; 2005. 74 p.

Como Citar
Martin, J. G. P. (1). Resíduos de antimicrobianos em leite – uma revisão. Segurança Alimentar E Nutricional, 18(2), 80-87. https://doi.org/10.20396/san.v18i2.8634680
Seção
Artigo de Segurança Alimentar e Nutricional

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)