Segurança alimentar e nutricional e a construção de sua política: uma visão histórica

Autores

  • Marta Battaglia Custódio Universidade de São Paulo
  • Nelson Roberto Furquim Universidade de São Paulo
  • Greice Maria Mansini dos Santos Universidade de São Paulo
  • Denise Cavallini Cyrillo Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/san.v18i1.8634683

Palavras-chave:

Segurança alimentar e nutricional. Política pública. Combate à fome.

Resumo

Estudos sobre a situação nutricional ressaltam a redução da prevalência de desnutrição no Brasil. Embora ainda existam casos de comunidades sob risco de déficit nutricional, também se verifica uma elevação de níveis de sobrepeso e obesidade no país. Persistem condições negativas que impactam o estado nutricional da população, como a elevada concentração de renda, altos níveis de analfabetismo funcional e discriminação social e racial. É importante conhecer a evolução histórica das políticas públicas voltadas para a questão alimentar e nutricional para aprimorar o debate em torno do combate à fome e à desnutrição. O Programa Fome Zero, lançado em 2003, foi concebido em torno de quatro eixos, a saber: o acesso aos alimentos; o fortalecimento da agricultura familiar; a geração de renda; e a articulação, mobilização e controle social. Além dele, a Lei Orgânica, instituída em 2006, contribuiu para a construção do arcabouço legal da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Battaglia Custódio, Universidade de São Paulo

Dra. em Nutrição Humana Aplicada pelo Programa de Pós-graduação em Nutrição Humana Aplicada (PRONUT), Universidade de São Paulo, USP.

Nelson Roberto Furquim, Universidade de São Paulo

Doutorando em Nutrição Humana Aplicada pelo PRONUT, USP.

Greice Maria Mansini dos Santos, Universidade de São Paulo

Mestranda em Nutrição Humana Aplicada, pelo PRONUT, USP.

Denise Cavallini Cyrillo, Universidade de São Paulo

Profa. Associada da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA/USP) e Profa. Credenciada do PRONUT, USP. Correspondência: Av. Prof. Luciano Gualberto, 908. Cidade Universitária. Prédio FEA 1, Sala 101C, CEP 05508-900, São Paulo, SP.

Referências

Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal; 1988.

Brasil. Lei nº 11.346, de 15 de setembro de 2006. Cria o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, SISAN, com vistas a assegurar o DHAA e dá outras providências [acesso em 28 dez 2010]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/Ccivil/_Ato2004-2006/2006/Lei/L11346.htm

Burlandy L. A construção da política de segurança alimentar e nutricional no Brasil: estratégias e desafios para a promoção da intersetorialidade no âmbito federal de governo. Ciênc Saúde Colet. 2009;14(3):851-60.

Burlandy L, Magalhães R. Segurança, seguridade e direito: as diferentes faces da questão alimentar e nutricional. Rio de Janeiro: Observatório da Cidadania; 2004.

Castro J. Geografia da fome. São Paulo: Editora Brasiliense; 1946.

Haute-Comissariat pour le Droit de l'Homme. 1966. Pacte international relatif aux droits économiques, sociaux et culturels. Le Haut Commissariat des Nations Unies aux droits de l'homme. 16 de dezembro de 1966 [acesso em 20 maio 2008]. Disponível em: http://www2.ohchr.org/french/law/cescr.htm

Brasil. Decreto Legislativo nº 226, de 12 de dezembro de 1991. Aprova os textos do Pacto Internacional sobre Direitos Civis e Políticos e do Pacto Internacional sobre Direitos Econômicos, Sociais e Culturais. Diário Oficial da União, Brasília, 13 dez. 1991. Seção 1, p. 2.

III Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – Relatório Final 2007 [acesso em 15 mar 2011]. Disponível em: http://www4.planalto.gov.br/consea/publicacoes/publiu cacoes-arquivos/relatorio-final-iii-conferencia-nacionalde- seguranca-alimentar-e-nutricional

Valente FL. Direito Humano à Alimentação: desafios e conquistas. São Paulo: Cortez; 2002.

United Nations [homepage]. History of the United Nations. New York: UN; c2005 [acesso em 15 jun 2008]. Disponível em: http://www.un.org/aboutun/unhistory

Flandrin JL, Montanari M. História da Alimentação. São Paulo: Estação Liberdade; 1998.

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; Secreatria de Estado dos Direitos Humanos; Ministério das Relações Exteriores. A segurança alimentar e nutricional e o direito humano à alimentação adequada no Brasil. Brasília: IPEA; 2002.

Brasil. Comitê Nacional para a Cúpula Mundial de Alimentação. Brasília (DF): Ministério das Relações Exteriores; 1996 [acesso em 15 mar 2011]. Disponível em: http://www2.mre.gov.br/dts/relatoriobras-CMA96.doc

Food and Agriculture Organization. Declaração de Roma sobre Segurança Alimentar Mundial e Plano de Ação da Cúpula Mundial da Alimentação. Roma: Cúpula Mundial da Alimentação; 1996 [acesso em 26 fev 2011]. Disponível em: http://www.fao.org/docrep/003/w3613p/w3613p00.HTM

Silva JG, Belik W, Takagi M. Projeto Fome Zero. São Paulo: Instituto da Cidadania; 2001.

Moreira C. Soberania alimentar e alimentação adequada. Brasília (DF): Presidência da Repúlica Federativa do Brasil [acesso em 30 maio 2009]. Disponível em: http://www.fomezero.gov.br/noticias/conferencia-faorepresentantes- brasileiros-discutem-soberania-alimentar

Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional [acesso em 16 março 2011]. Disponível em: http://www4.planalto.gov.br/consea/plenarias/plenariasde- 2008/reuniao-do-dia-30-de-abril-de- 2008/apresentacao-territorios-da-cidadania-mda

Escoda MSQ. Investimento no capital humano: Uma análise da política de nutrição – RN; Projeto Rio Grande do Norte; CNPq/FUNPEC, ano II, nº 2 e 3, 05/1983.

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. Alimentação escolar: encontros nacionais [acesso em 04 fev 2009]. Disponível em: http://ftp.fnde.gov.br/web/alimentacao_escolar/encontr os_nacionais/pnae_historico_e_perspectivas_112005.pdf. 2005

Silva AC. De Vargas a Itamar: políticas e programas de alimentação e nutrição. Estud Av. 1995;23:87-107.

Arruda BKG, Arruda IKG. Marcos referencias da trajetória das políticas de alimentação e nutrição no Brasil. Rev Bras Saude Mater Infant. 2007;7(3):319-26.

Pessanha L. Segurança Alimentar como um Princípio Orientador de Políticas Públicas: implicações e conexões para o caso brasileiro [tese]. Rio de Janeiro: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; 1998.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 710, de 10 de junho de 1999. Diário Oficial da União, Brasília, 11 jun. 1999. Seção 1, p. 14.

Silva FF, Côrrea VP, Neder HD. Estudo comparativo da distribuição de recursos do PRONAF Crédito e Infraestrutura nas regiões sul e nordeste do Brasil: uma abordagem estatística. In: Ortega AC, Almeida Filho N. (orgs) Desenvolvimento Territorial, Segurança Alimentar e Economia Solidária. Campinas (SP): Editora Alínea; 2007.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política nacional de alimentação e nutrição. 2ª ed. rev. Brasília: Ministério da Saúde; 2003. 48 p. (Série B. Textos Básicos de Saúde).

Food and Agriculture Organization. Report of the 30th Session of the Committee on World Food Security (CFS). FAO Corporate Documet Repository [acesso em 21 maio 2008]. Disponível em: http://www.fao.org/docrep/meeting/008/J3345e/j3345e 01.htm

Food and Agriculture Organization. Diretrizes Voluntárias em apoio à realização progressiva do Direito Humano à Alimentação Adequada no contexto da Segurança Alimentar Nacional. Brasília (DF): ABRANDH; 2005.

Brasil. Fome Zero. Programas e Ações [acesso em 17 abril 2008]. Disponível em: http://www.fomezero.gov.br/programas-e-acoes

Custódio MB. Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil: Arranjo Institucional e Alocação de Recursos [tese]. São Paulo: Programa Interunidades em Nutrição Humana Aplicada, Universidade de São Paulo; 2009.

Downloads

Como Citar

1.
Custódio MB, Furquim NR, Santos GMM dos, Cyrillo DC. Segurança alimentar e nutricional e a construção de sua política: uma visão histórica. Segur. Aliment. Nutr. [Internet]. 9º de fevereiro de 2015 [citado 17º de outubro de 2021];18(1):1-10. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8634683

Edição

Seção

Artigo de Segurança Alimentar e Nutricional

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)