Segurança alimentar e desenvolvimento rural: limites e possibilidades do Programa de Aquisição de Alimentos da agricultura familiar, em municípios do sul gaúcho.

Autores

  • Cláudio Becker Universidade Federal de Pelotas
  • Flávio Sacco dos Anjos Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.20396/san.v17i1.8634800

Palavras-chave:

Segurança alimentar. Desenvolvimento rural. Agricultura familiar. Políticas públicas.

Resumo

Este artigo aborda o processo de implementação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e suas implicações no contexto do desenvolvimento rural e da segurança alimentar e nutricional das famílias beneficiadas. O estudo que originou o presente trabalho foi realizado junto a sessenta agricultores familiares distribuídos em três municípios do extremo sul gaúcho. As informações coletadas junto às comunidades rurais compuseram um banco de dados, que serviram de base para a nossa análise. Os autores objetivam demonstrar que a intervenção estatal pode ser capaz de interferir positivamente na dinâmica produtiva das famílias rurais, auxiliando na geração de renda, manutenção das práticas e cultivos tradicionais, na produção agroecológica, possibilitando, desta forma, novas perspectivas para a sua reprodução social. Através do fornecimento de alimentos ao PAA, grupos sociais marginalizados puderam ser incluídos no processo produtivo e a organização social da produção se viu favorecida nestas localidades. A valorização dos produtos locais/regionais pelo programa, atuou na retomada e manutenção das práticas de autoconsumo entre os beneficiados. Não menos importante, diagnosticamos diversos novos processos sociais provocados junto aos organismos que operam com o PAA nos municípios analisados, tornando-se esta política pública e as instituições a ela implicadas, como precursoras de uma nova dinâmica de desenvolvimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio Becker, Universidade Federal de Pelotas

Doutorando em Sistemas de Produção Agrícola Familiar (Universidade Federal de Pelotas), Departamento de Ciências Sociais Agrárias, Campus Universitário s/n, Pelotas-RS, Caixa Postal 354, CEP 96010-900. Tel/fax: (53) 3275-7256.

Flávio Sacco dos Anjos, Universidade Federal de Pelotas

Doutor em Sociologia pelo Instituto de Sociología y Estudios Campesinos (Universidad de Córdoba). Professor do Departamento de Ciências Sociais Agrárias e dos Programas de Pós-Graduação em Sistemas de Produção Agrícola Familiar e do Mestrado em Ciências Sociais (Universidade Federal de Pelotas). Bolsista de Produtividade 2 do CNPq.

Referências

. ABRAMOVAY, R. Paradigmas do capitalismo agrário em questão. São Paulo: Hucitec / ANPOCS / UNICAMP, 275 p.,1992.

. BRASIL, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. Censo Agropecuário 2006. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/economia/agropecuaria/censoagro/2006/default.shtm. Acesso em 10/11/2009.

. SEN, A. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.

. BELIK, W. Perspectivas para segurança alimentar e nutricional no Brasil. Saúde e Sociedade, São Paulo, v. 12, n. 1, p. 12-20, jan.-jun. 2003.

. MALUF, RSJ. O novo contexto internacional do abastecimento e da segurança alimentar. In: In: BELIK, W.; MALUF, R. S. (Org.). Abastecimento e Segurança Alimentar: os limites da liberalização. Campinas (SP): IE/UNICAMP, p. 37-63. 2000.

. SACCO DOS ANJOS, F.; GODOY, WI.; CALDAS, NV. As feiras-livres de Pelotas sob o império da globalização: perspectivas e tendências. 1ª ed., Pelotas, Editora e Gráfica da UFPel, 2005.

. VALENTE, FLS. O direito humano à alimentação: desafios e conquistas (Org.), São Paulo: Cortez, 2002.

. SACCO DOS ANJOS, F.; CALDAS, NV.; HIRAI, WG. Mercantilização da agricultura e insegurança alimentar no sul do Brasil. In: XLV CONGRESSO DA SOBER. Anais (cd room)... Rio Branco, 2008.

. TAKAGI, M.; DEL GROSSI, ME.; GRAZIANO DA SILVA, J. O Programa Fome Zero dois anos depois. Disponível em: http://www.rlc.fao.org/es/prioridades/seguridad/ingreso/pdf/zero-por.pdf. Acesso em 02/03/2009.

. MATTEI, L. Estudo do impacto e da sustentabilidade do Programa de Aquisição de Alimentos-PAA, nas regiões sul e nordeste do país. S.l.: s.n., 2006.

. BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. SIDRA (Sistema IBGE de Recuperação Automática). Disponível em: http://www.sidra.ibge.gov.br. Acesso em 21/07/2009.

. HIRAI, WG. Agricultura familiar e segurança alimentar: a importância da produção para o autoconsumo em três municípios do RS. Pelotas. SPAF/UFPel. Dissertação de Mestrado. 2008.

. IPARDES - Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social. O mercado de orgânicos no Paraná: caracterização e tendências. Curitiba, 2007.

. MULLER, AL. A construção das políticas públicas para a agricultura familiar no Brasil: o caso do Programa de Aquisição de Alimentos. Porto Alegre. PGDR/UFRGS. Dissertação de Mestrado. 2007.

. YIN, RK. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. 3º Edição. Porto Alegre: Bookman, 2005, 212p.

. GRANDO, MZ. Pequena agricultura em crise: o caso da “Colônia Francesa” no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Teses FEE, n.14. 1989.

. GLIESSMAN, SR. Agroecologia: Processos ecológicos em agricultura sustentável. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS. 2001.

. SILVA, FN. da. Agricultura familiar e políticas públicas: estudo sobre o Banco da Terra no município de Canguçu, RS. Pelotas. SPAF/UFPEL. Dissertação de Mestrado. 2009.

Downloads

Como Citar

1.
Becker C, Anjos FS dos. Segurança alimentar e desenvolvimento rural: limites e possibilidades do Programa de Aquisição de Alimentos da agricultura familiar, em municípios do sul gaúcho. Segur. Aliment. Nutr. [Internet]. 9º de fevereiro de 2015 [citado 25º de outubro de 2021];17(1):61-72. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8634800

Edição

Seção

Artigo de Segurança Alimentar e Nutricional