Condições higiênico-sanitárias de unidades produtoras de refeições comerciais localizadas no entorno da Universidade Federal de Sergipe

Autores

  • Janaína Mendonça Oliveira UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Michelle Garcêz de Carvalho UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Carla Caroline de Jesus Santos Oliveira UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Carla Larissa da Silva Pimentel UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Rammyze Ferreira Lima UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

DOI:

https://doi.org/10.20396/san.v23i2.8644820

Palavras-chave:

Aspectos Higiênico-Sanitários. Unidades Produtoras de Refeições. Boas Práticas de Manipulação e Check-list.

Resumo

Este estudo teve como objetivo verificar as condições higiênico-sanitárias de unidades produtoras de refeições (UPRs) localizadas próximas à Universidade Federal de Sergipe. Para avaliação, uma lista de verificação (check-list) com 92 subitens foi utilizada como ferramenta, de acordo com a resolução RDC no 275 do Ministério da Saúde de 2002. O check-list foi aplicado a dezesseis UPRs. Os estabelecimentos foram classificados de acordo com o percentual de subitens atendidos: Grupo 1 (76 a 100% de adequações), Grupo 2 (51 a 75% de adequações) e Grupo 3 (0 a 50% de adequações). A maioria (62,5%) dos estabelecimentos foi enquadrado no Grupo 3, sendo considerados insatisfatórios para produção de alimentos seguros, podendo colocar em riscos a saúde dos consumidores. As inadequações mais frequentes foram encontradas nos itens: edificação e instalações, manipuladores e documentação. Dessa forma, as informações verificadas nas 16 UPRs com aplicação do check-list irão servir de base para melhorar as políticas públicas no que se referem ao consumo de alimentos seguros, além de orientar a vigilância sanitária municipal e consumidores quanto às condições higiênico-sanitárias das UPRs próximas a Universidade Federal de Sergipe.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaína Mendonça Oliveira, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Sergipe, Campus São Cristóvão.

Michelle Garcêz de Carvalho, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Doutora em Ciência de Alimentos, Professora do Curso de Nutrição da Universidade Federal de Sergipe, Campus São Cristóvão.

Carla Caroline de Jesus Santos Oliveira, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Sergipe, Campus São Cristóvão.

Carla Larissa da Silva Pimentel, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Sergipe, Campus São Cristóvão.

Rammyze Ferreira Lima, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Nutricionista graduada pela Universidade Federal de Sergipe, Campus São Cristóvão.

Referências

Fonseca MP, Manfridini LA, São José JFB, Tomazini APB, Martin IHSD, Ribeiro RCL. Avaliação das condições físicofuncionais de restaurantes comerciais para implantação das boas práticas. Alim. Nutr. 2010;21(2):251-7.

Santos MOB, Rangel VP, Azeredo DP. Adequação de restaurantes comerciais as boas práticas. Hig. Aliment. 2010;24(190-191):44-9.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009: despesas, rendimentos e condições de vida. Rio de Janeiro: IBGE; 2010.

Mariano CG, Moura PN. Avaliação das boas práticas de fabricação em unidade produtora de refeições (UPR) autogestão do interior do estado de São Paulo. Rev. Salus-Guarapuava. 2008;2(2):73-81.

Rocha B, Batista LS, Borges BMA, Paiva AC. Avaliação das condições higiênico-sanitárias e da temperatura das refeições servidas em restaurantes comerciais do tipo self-service. Perquirere. 2010;1(7):30-40.

Machado AD, Strapazon MA, Massing LT, Moreira DG, Possamai GA, Gabriel CM. Condições higiênico-sanitárias nos serviços de alimentação de organizações não governamentais de Toledo/PR. Nutrire. 2009;34(3):141-51.

Lopes FNO, Madokoro RY, Martins VF. Análise da conservação de alimentos à venda em lanchonetes da Unicamp. Rev. Ciências do Ambiente. 2010;6(1):34-8.

Costa APL. Implementação das boas práticas de fabricação em três panificadoras do município de Pombal. Revista Verde. 2012;7(1):196-205.

Guimarães SL, Figueiredo EL. Avaliação das condições higiênico-sanitárias de panificadoras localizadas no município de Santa Maria do Pará – PA. Rev. Bras. Tecnologia Agroindustrial. 2010;04(02):198-206.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução no 275, de 22 de outubro de 2002. Dispõe sobre o regulamento técnico de procedimentos operacionais padronizados aplicados aos estabelecimentos produtores/industrializadores de alimentos. Diário Oficial da União. 23 out 2003. p. 1-20.

Brasil. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução RDC no 216, de 15 de setembro de 2004. Dispõe sobre regulamento técnico de boas práticas para serviços de alimentação. Diário Oficial da União. 16 set 2004. p. 1-14.

Ferreira PM, Silva I, Souza TP. Qualidade físico-estrutural e aplicação de boas práticas de fabricação em lanchonetes localizadas na região central de Anápolis-GO. Anuário da Produção de Iniciação Cientifica Discente. 2012;13(21):57-70.

Universidade Federal de Sergipe (UFS). UFS em números: 2013/2014. São Cristóvão: Editora UFS; 2014.

Moura JMC, Araújo KCP. Avaliação das boas práticas em UPRS de faculdades particulares da região metropolitana do Recife. Recife: Faculdade São Miguel; 2012. Monografia do Curso de Graduação de Nutrição.

Ferreira SMR. Controle de qualidade em sistema de alimentação coletiva. Hig. Aliment. 2001;15(90/91):35-48.

Freitas IR, Mujica PVC, Bandeira EA, Pereira F, Leite V.F. Avaliação das condições higiênico-sanitária de preparo de alimentos em um restaurante comercial de Palmas – TO. Hig. Aliment. 2003;16(104/105):29-33.

Souza LHL. A manipulação inadequada dos alimentos: fator de contaminação. Hig. Aliment. 2006;20(146):32-9.

Matos CH. Condições de trabalho e estado nutricional de operadores do setor de alimentação coletiva: um estudo de caso [dissertação]. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina; 2000.

Mello JF, Schneider S, Lima MS, Frazzon J, Costa M. Avaliação das condições de higiene e da adequação às boas práticas em unidades de alimentação e nutrição no município de Porto Alegre. Alim. Nutr. 2013;24(2):175-82.

Downloads

Publicado

2016-12-20

Como Citar

OLIVEIRA, J. M.; CARVALHO, M. G. de; OLIVEIRA, C. C. de J. S.; PIMENTEL, C. L. da S.; LIMA, R. F. Condições higiênico-sanitárias de unidades produtoras de refeições comerciais localizadas no entorno da Universidade Federal de Sergipe. Segurança Alimentar e Nutricional, Campinas, SP, v. 23, n. 2, p. 897–903, 2016. DOI: 10.20396/san.v23i2.8644820. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8644820. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigo de Segurança Alimentar e Nutricional

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)