Análise quantitativa do processo de uma agroindustria

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/san.v25i1.8650649

Palavras-chave:

Qualidade. Análise estatística. Óleo de soja. Agroindústria. Capabilidade. Cartas de controle.

Resumo

O setor agropecuário é responsável por grande parcela do produto interno bruto brasileiro, sendo a soja e seus derivados relevantes para alcançar esse patamar. O objetivo deste trabalho é analisar o processo de extração de óleo de soja em uma agroindústria. Utilizaram-se dados de extração do ano de 2013 e foram analisados por meios estatísticos. Os resultados apontam para extrações fora da especificação, ocasionadas por falhas operacionais, oriundas principalmente da falta de supervisão e de treinamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Aroca, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Curso de Engenharia de Produção

Diego Rorato Fogaça, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Professor assistente da Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (FAENG/UFMS)

Alexandre Meira de Vasconcelos, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais. Engenharia de Produção.

Referências

Mendonça MMF, São José EB, Costa SRR. Estudo da Gestão da Qualidade Aplicada na Produção de Alimentos. Encontro Nacional de Engenharia de Produção. 2004(24° ENEGEP):1566-72. Epub 1572.

Eckes G. A Revolução Seis Sigma: o método que levou a GE e outras empresas a transformar processos em lucro. Rio de Janeiro: Editora Campos; 2001. 270 p.

Deming WE. Saia da Crise, as 14 lições definitivas para controle da qualidade. São Paulo: EditoraFutura; 2003. 512 p.

Spear SJ. Learning to Lead at Toyota. Harvard 2004;1(05/04):54-63.

Ballestero-Alvarez ME. Administração da qualidade e da produtividade: abordagens do processo administrativo. São Paulo: Atlas; 2001.

Efstratiadis MM, Karirti AC. Implementation of ISO 9000 to the food industry: An overview. International Journal of Food Science and Nutrition. 2000;51(6):459-73.

Wiklund H, Wiklund P. Widening the Six Sigma concept: An approach to improve organizational learning. Total Quality Management. 2002;13(6):233-52.

Tinoco SGG, Mendes JFR, Figueiredo AC, Costa APR, Leão MM, Santos LMP. Segurança alimentar e nutricional na região centro-oeste: particularidades e contrastes. Segurança Alimentar e Nutricional. 2015;18(1):15. Epub 2015-02-09.

CEPEA. PIB do Agronegócio. Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada [Internet]. 2011. Available from: http://cepea.esalq.usp.br/pib/.

ABIA. O setor em Números. Associação Brasileira das Industrias da Alimentação [Internet]. 2013. Available from: http://abia.org.br/vst/o_setor_em_numeros.html.

Amaya-Farfan J, Marcílio R, Spehar CR. Deveria o Brasil investir em novos grãos para a sua alimentação? A proposta do amaranto (Amaranthus SP). Segurança Alimentar e Nutricional. 2015;12(1):10. Epub 2015-02-03.

Council UUOCD. Cooperatives: Pathways to Economic, Democratic and Social development in the Global Economy. www.coopdevelopmentcenter.coop/OCDC/CoopPathwaysReport2007.

Breyfogle FW. Implementing Six Sigma: Smarter Solutions using Statistical Methods. New York: John Wiley; 1999.

De Mast J, Lokkerbol J. An analysis of the Six Sigma DMAIC method from the perspective of problem solving. International Journal of Production Economics. 2012;139(2):604-14.

Hung H-C, Sung M-H. Applying six sigma to manufacturing processes in the food industry to reduce quality cost. Scientific Research and Essays. 2011;6(3):580-91.

Downloads

Publicado

2018-04-26

Como Citar

1.
Aroca M, Fogaça DR, Vasconcelos AM de. Análise quantitativa do processo de uma agroindustria. Segur. Aliment. Nutr. [Internet]. 26º de abril de 2018 [citado 6º de dezembro de 2021];25(1):57-64. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/san/article/view/8650649

Edição

Seção

Artigo de Ciência e Tecnologia dos Alimentos