Banner Portal
Oficina de maquete de relevo: um recurso didático
PDF

Palavras-chave

Oficina. Maquete. Relevo. Ensino-aprendizagem.

Como Citar

SOUSA, Romário Rosa de. Oficina de maquete de relevo: um recurso didático. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 10, n. 1, p. 22–28, 2015. DOI: 10.20396/td.v10i1.8637385. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8637385. Acesso em: 25 jul. 2024.

Resumo

Este trabalho teve como objetivo principal auxiliar os professores no ensino e aprendizagem de alunos do ensino fundamental, médio, técnico e de graduação, com aulas práticas de elaboração de uma maquete de relevo. Os procedimentos metodológicos pautaram-se em sete etapas distribuídas em aulas teórica e prática, na forma de oficina didática. A análise dos questionários de avaliação respondidos após a oficina revela que todos os 19 participantes responderam que foi bom ter participado. Do total de dezenove participantes, quatro deram nota 10 (dez); cinco atribuíram nota 9 (nove); seis, a nota 8 (oito); três deram 7 (sete) e um deu nota 6 (seis). A formação de alunos, como leitores críticos de mapas, é importante para romper com a manipulação ou dominação que pode ser realizada por meio dos documentos cartográficos, fazendo com que os educandos se transformem em agentes pensadores do espaço.

https://doi.org/10.20396/td.v10i1.8637385
PDF

Referências

ALMEIDA, R. D. 2008. Cartografia escolar. São Paulo: Contexto.

BOTELHO, L.A.I., SILVEIRA, J.S., ANDRADE, S.N. 2005. Belo Horizonte, Cadernos de geografia, 25(15):60-76. 2o semestre 2005.

CALLAI, H.C. 2003. O ensino de geografia: recortes espaciais para análise. In: CASTROGIOVANNI, A.C., CALLAI, H.C., SCHAFFER, N.O., KAERCHER, N.A. orgs. 2003. Geografia em sala de aula, práticas e reflexões. 4a ed. Porto Alegre: Mediação p. 57-63.

CASTROGIOVANNI, A.C. org. 2000. Ensino de geografia: práticas e textualizações no cotidiano. Porto Alegre: Mediação.

CASTROGIOVANNI, A.C., GOULART, L.B. 2003. A questão do livro didático em Geografia: elementos para uma análise. In: CASTROGIOVANNI, A.C., CALLAI, H.C., SCHAFFER, N.O., KAERCHER, N.A. orgs. 2003. Geografia em sala de aula, práticas e reflexões. 4a ed. Porto Alegre: Mediação. p. 133-171.

CAVALCANTE, L.S.de. 2008. A geografia escolar e a cidade: ensaios sobre o ensino de geografia para a vida urbana cotidiana. Campinas: Papirus.

CHRISTOFOLETTI, A. 1980. Geomorfologia. São Paulo: Blücher.

FLORENZANO, T.G. org. 2008. Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Ofic. Textos.

LIBÂNEO, J.C. 1994. Didática. São Paulo: Cortez. (Col. Magistério 2° grau, série Formação do Professor).

LIMA, G.R.C.P. 2012. O tesouro dos mapas. A cartografia dos livros didáticos de geografia do ensino fundamental. Campinas: Inst. Geoc. Unicamp. 179p. (Dissert. Mestr.). URL: http://libdigi.unicamp.br. Acesso junho 2012.

MARTINELLI, M. 2009. Relevo do Estado de São Paulo. França: Confins, 7(7). 2009. URL: http://confins.revues.org/6168#tocto2n3. Acesso em junho 2012.

MARTINELLI, M. 2009. Mapas da Geografia e cartografia temática. São Paulo: Contexto.

PASSINI, E. Y. 1989. Espaço: percepção e representação: o tratamento de representações do espaço no livro didático. São Paulo: USP. (Dissert. Mestr.).

PONTUSCHKA, N.N, PAGANELLI, T.I., CACETE, N.H. Para ensinar e aprender geografia. São Paulo: Cortez, 2007.

SILVA, C.M., FERREIRA, G.C. 2008. Produção de material didático: jogo das curvas de nível. Goiânia: Bol. Goiano de Geogr., 28(2):157-170.

SIMIELI, M.E.R. O uso de plantas e mapas na escola de 1o grau: ênfase para as séries iniciais. In: Projeto Ensino da cidade de São Paulo. São Paulo: Assoc. Geógr. Bras., 1991, p. 24-40

Terrae Didatica utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto, em que:

  • A publicação se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores;
  • Os originais não serão devolvidos aos autores;
  • Os autores mantêm os direitos totais sobre seus trabalhos publicados na Terrae Didatica, ficando sua reimpressão total ou parcial, depósito ou republicação sujeita à indicação de primeira publicação na revista, por meio da licença CC-BY;
  • Deve ser consignada a fonte de publicação original;
  • As opiniões emitidas pelos autores dos artigos são de sua exclusiva responsabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.