Uso do programa cristalográfico Mercury® para o ensino de Química Mineral e Mineralogia

  • Carlos Jorge da Cunha Universidade Federal do Paraná
  • João Batista Marques Novo Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Cristalografia. Minerais. Programa. Ensino. Mercury.

Resumo

O programa cristalográfico Mercury®, distribuído gratuitamente na internetpelo Cambridge Crystallographic Data Centre (CCDC) permite a visualização tridimensional de estruturas de minerais a partir de arquivos CIF (Crystallographic Information File) e permite também: medição de distâncias e ângulos de ligação e ângulos de torção; seleção ou exclusão de átomos; geração do difratograma de raios X de pó e a visualização de planos hkl do cristal; da cela unitária e de porções selecionadas do cristal. Ele tem sido usado como recurso didático, há três anos, na disciplina CQ-029, ofertada pelo Departamento de Química aos alunos do Curso de Geologia da UFPR (Universidade Federal do Paraná). Os efeitos desta metodologia têm sido significativos na compreensão, por parte dos alunos, das diferentes estruturas de silicatos, dos diferentes tipos de coordenação de íons, da origem (e atribuição) dos picos em difratogramas de raios X e na compreensão dos vários tipos de substituição sólida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Jorge da Cunha, Universidade Federal do Paraná
Departamento de Química Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná 
João Batista Marques Novo, Universidade Federal do Paraná
Departamento de Química Centro Politécnico da Universidade Federal do Paraná

Referências

AMCSD American Mineralogist Crystal Structure Database. URL: http://rruff.geo.arizona.edu/AMS/amcsd.php.

Atoms. URL: http://www.shapesoftware.com/.

Brady J.B., Mogk C.W., Perkins III D. eds. 2006. Teaching Mineralogy. The Mineralogical Society of America. (Monograph 3).

Carine, URL: http://www.esm-software.com/carine/.

Carlos Cunha. Arquivos CIF de minerais. URL: http://www.quimica.ufpr.br/cjcunha.

Carneiro C.D.R., Henrique A. 2005. Análise de sites em geociências e difusão de materiais didáticos na internet. Geologia USP - Série Didática, Publ. Espec., v. 3, p. 57-70, setembro 2005.

CCDC, Cambridge Crystallographic Data Centre, URL: http://www.ccdc.cam.ac.uk/.

Clark, C. M., Downs, R. T. 2004. Using the American Mineralogist Crystal Structure

Database in the Classroom. J. Geosc. Educ., 51(1):76-80. [URL: http://serc.carleton.edu/files/nagt/jge/abstracts/Clark_v52n1p76.pdf].

COD, Crystallographic Open Database, URL: http://sdpd.univ-lemans.fr/cod/.

Crystal Maker. URL: http://www.crystalmaker.com/.

Deer W.A., Howie R.A., Zussman J. 1969. An Introduction to the Rock Forming Minerals. Longmans Ed., 528p.

Diamond Crystal and Molecular Structure Visualization. URL: http://www.crystalimpact.com/diamond/.

DLESE Integrating research and education. Teaching Mineralogy with Crystal Structure Databases and Visualization Software. URL: http://serc.carleton.edu/research_education/

crystallography/index.html.

Dolomanov O.V., Blake A.J., Champness N. R., Schröder M. 2003. OLEX: New software for visualization and analysis of extended crystal structures. J. Appl. Cryst. 36:1283-1284.

ICSD, Inorganic Crystal Structure Database on the web, URL: http://icsd.ill.fr/icsd/.

Klein C., Hurlbut A.S.Jr., after J.D. Dana. 1999.

Manual of Mineralogy. New York: Wiley, 21st edition.

Mincryst, URL: http://database.iem.ac.ru/mincryst/index.php.

Nascimento F.B., Ribeiro A.C.C., Ellena J., Queiroz S.L. 2005. Estudo das Qualidades Pedagógicas dos Programas Conquest e Mercury Visando Benefícios para o Ensino de Química no Nível Superior. In: ENCONTRO Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 5, Bauru, 2005. Atas..., Bauru, ENPEC. p. 100. Univ. Cambridge. Dept. Materials Science and Metallurgy. Organisation of atoms in crystals. URL: http://www.msm.cam.ac.uk/Teaching/matmin1a/courseA/index.html

Webmineral. URL: ttp://www.webmineral.com.

Xrayview. URL: http://phillips-lab.biochem.wisc.edu/xrayviewuse.html.

Publicado
2015-06-30
Como Citar
Cunha, C. J. da, & Novo, J. B. M. (2015). Uso do programa cristalográfico Mercury® para o ensino de Química Mineral e Mineralogia. Terrae Didatica, 2(1), 67-74. https://doi.org/10.20396/td.v2i1.8637466
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)