Banner Portal
A Mina-Escola de Santa Luzia-PB: um laboratório didático para estudantes de Mineração/Geologia
Reconstituição artística de uma paisagem do Pleistoceno sul-americano, com o notoungulado Toxodon, herbívoro de tamanho avantajado. (Desenho de Jorge Blanco). Ref. Braunn & Ribeiro 2017, Terræ Didatica, 13(2):131. DOI: https://doi.org/10.20396/td.v13i2.8650100
PDF

Palavras-chave

Trabalho de campo. Mina subterrânea. Estado da Paraíba.

Como Citar

SANTOS, Lauro Cézar Montefalco de Lira; AQUINO, Iure Borges de Moura; NUNES, Barthira Almeida. A Mina-Escola de Santa Luzia-PB: um laboratório didático para estudantes de Mineração/Geologia. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 13, n. 3, p. 212–218, 2018. DOI: 10.20396/td.v13i3.8650960. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8650960. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

A Mina Escola representa um recurso didático localizada nas adjacências da cidade de Santa Luzia, Paraíba. Corresponde a um laboratório para estudos relacionados a mineração, em função dos seus componentes, tais como: mina subterrânea, escritório, alojamentos, maquinário para desenvolvimento de lavra e usina de beneficiamento. Adicionalmente, apresenta um forte potencial para a realização de atividades didáticas relacionadas a geologia, que não tem sido aproveitado até agora. Sua galeria de acesso compreende a 200m de mina subterrânea, que foi recentemente mapeada em detalhe. A galeria é caracterizada por amplo conteúdo litológico e mineralógico, abrangendo pegmatitos, migmatitos, milonitos e skarns, além de estruturas relacionadas aos regimes dúctil e rúptil. As lentes de skarn hospedam mineralizações de scheelita, que são facilmente identificadas com a utilização do mineral light e reação com HCL. A distribuição estéril-minério e a variedade de litotipos e estruturas observadas, fazem da Mina Escola um ambiente ideal para atividades didáticas de disciplinas como Geologia Econômica, Prospecção Mineral e Geologia Estrutural no NE do Brasil.

https://doi.org/10.20396/td.v13i3.8650960
PDF

Referências

Barreto S.B. 1999. Caracterização química, óptica e estrutural de turmalinas gemologicas dos pegmatitos Capoeiras, Quintos, Bulandeira e Batalha, Província Pegmatítica da Borborema. Espanha, Barcelona: Univ. Barcelona. 189p. (Tese de Doutorado).

Bermanec V., Horvat M., Zigovecki G.Z., Zebec V., Scholz R., Skoda R., Wegner R., Brito B.S.D., Dodony I. 2012. Pseudomorphs of low microcline after adularia fourlings from the Alto do Cabeça (Boqueirão) and Morro Redondo Pegmatites, Brazil. Can. Mineral., 50:975-987.

Beurlen H., Muller A., Silva D., Silva M.R.R.da. 2011. Petrogenetic significance of LA-ICP-MS trace-element data on quartz from the Borborema Pegmatite Province, northeast Brazil. Miner. Mag., 75:2703-2719.

Beurlen H., Thomas R., Silva M.R.R.da, Muller A., Rhede D., Soares D.R. 2014. Perspectives Li- and Ta-Mineralizations in the Borborema Pegmatite Province, NE Brazil: A review. J. South Am. Earth Sci., 56:110-127.

Brito-Neves B.B., Santos E.J., Van Schmus W.R. 2000. Tectonic history of the Borborema Province. In: Cordani U.G., Milani E.J., Thomaz Filho A., Campos D.A. eds. 2000. Tectonic evolution of South America. Intern. Geol. Congr., p.151-182.

Ferreira J.A., 2011. Trilhas da Mineração no Seridó. Campina Grande, Sebrae. 236p.

Santos E.J., Medeiros V.C. 1999. Constraints from granitic plutonism on proterozoic crustal growh of the Transverse Zone, Borborema Province, NE-Brazil. Rev. Bras. Geoc., 29:73-84.

Santos E.J., Brito-Neves B.B., Van Schmus W.R., Oliveira R.G., Medeiros V.C. 2000. An overall view on the displaced terrane arrangement of the Borborema Province, NE Brazil. In: Intern. Geol. Congr., 31th, Rio de Janeiro, Brazil. Proc. General Symposia. Tectonic Evolution of South American Platform, p.5-9.

Santos E.J., Ferreira C.A., Silva Junior J.M.F. 2002. Geologia e recursos minerais do Estado da Paraíba: Texto explicativo. Recife, CPRM: Serviço Geológico do Brasil.

Santos E.J., Souza Neto J.A., Silva M.R.R., Beurlen H., Cavalcanti J.A.D., Silva M.G., Costa A.F., Santos L.C.M.L., Santos R.B. 2014. Metalogênese das porções norte e central da Provícia Borborema. In: Silva M.G., Neto M.B.R., Jost H., Kuyumjian R.M. eds. 2014. Metalogênese das Províncias Tectônicas. CPRM, Belo Horizonte. p. 343-388.

Terrae Didatica utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto, em que:

  • A publicação se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores;
  • Os originais não serão devolvidos aos autores;
  • Os autores mantêm os direitos totais sobre seus trabalhos publicados na Terrae Didatica, ficando sua reimpressão total ou parcial, depósito ou republicação sujeita à indicação de primeira publicação na revista, por meio da licença CC-BY;
  • Deve ser consignada a fonte de publicação original;
  • As opiniões emitidas pelos autores dos artigos são de sua exclusiva responsabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.