Banner Portal
Plataforma open-web Geo-Escola
Camadas rítmicas da Formação Irati, Permiano da Bacia do Paraná
PDF

Palavras-chave

Geologia
Relevo
Rochas
Processos naturais
Escola básica
Ensino-aprendizagem
Divulgação científica

Como Citar

CARNEIRO, Celso Dal Ré; BARBOSA, Isabella Nogueira Bittar de Castilho; AMENDOLA, Danilo; MIGUEL, Gisele Francelino; MALAQUIAS JÚNIOR, José Roberto. Plataforma open-web Geo-Escola: critérios para inclusão de novos materiais didáticos. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 15, p. e019040, 2019. DOI: 10.20396/td.v15i0.8657521. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8657521. Acesso em: 13 jun. 2024.

Resumo

Os resultados obtidos nos módulos do Projeto Geo-Escola, acessíveis no portal http://www.geo-escola.pro.br/, indicam benefícios da transposição didática do raciocínio geológico para o ensino fundamental e médio. Apesar do fascínio das crianças e jovens por vulcões, terremotos, dinossauros, enchentes e desastres naturais, a disseminação do conhecimento geológico esbarra na insuficiente divulgação de noções básicas sobre processos naturais e sobre o conceito de Tempo Geológico. A expressão “conhecer para proteger” pode partir do conhecimento regional e local de Geologia, mas raramente os professores da escola básica dispõem de dados específicos sobre o relevo, rochas e recursos naturais das regiões onde seus alunos vivem. Para tornar o Portal Geo-Escola uma plataforma aberta à produção de pesquisadores de todo o País, são necessárias regras e critérios de filtragem e validação do conhecimento. Este trabalho descreve as linhas mestras de abertura da plataforma, esperando torna-la uma ferramenta efetiva de ensino-aprendizagem.

https://doi.org/10.20396/td.v15i0.8657521
PDF

Referências

Bacci, D. C., & Boggiani, P. C. (2015). O currículo do curso de Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental – LiGEA-USP: formação de professores com visão sistêmica do Planeta Terra. In: Bacci, D. C. (Org.). (2015). Geociências e Educação Ambiental. Curitiba: Ponto Vital. ISBN: 978-85-67996-53-0.

Barbosa, R. (2003). Projeto Geo-Escola: recursos computacionais de apoio ao ensino de geociências nos níveis fundamental e médio. Campinas: Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas. 105p. (Mestrado, dissertação em Geociências, CD-ROM incluso). URL: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287234.

Barbosa, R. (2013). Projeto Geo-Escola: Geociências para uma escola inovadora. Campinas: Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas. 105p. (Doutorado). URL: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287192.

Barbosa, R.; Carneiro, C. D. R.; & Signoretti, V.V. (2007). Oficina: Website Projeto Geo-Escola. In: Simpósio de Pesquisa em Ensino e História de Ciências da Terra, 1, e Simpósio Nacional sobre Ensino de Geologia no Brasil, 3, Campinas, 4-8.09.2007. Oficinas... Campinas, DGAE/IG/Unicamp. p. 23-24. (CD-ROM, 058.pdf).

Carneiro, C. D. R. & Barbosa, R. (2003). A simple didactic tool for stimulating the use of computers in Geology Education. In: International Conference on Geoscience Education, 4, Calgary, Alberta, Canada, 2003. Conf. Proc... Calgary: GeoSciEd IV Org. Committee/IGEO. p. 25-26.

Carneiro, C. D. R. & Barbosa, R. (2005). Geo-Escola: disseminação de conteúdos de Geociências por meio do computador para docentes de Ciências e Geografia no Nível Fundamental em Jundiaí-Atibaia, SP. Geologia USP - Série Didática, Publ. Espec., 3, 71-82.

Carneiro, C. D. R.; & Trombini, A. (2011). Projeto Geo-Escola em Cajamar, SP: o conhecimento sócio-ambiental local como estratégia de valorização do lugar. In: Simpósio Nacional de Ensino e História de Ciências da Terra, 5, Simpósio de Geologia do Sudeste, 12, Nova Friburgo, 8-12.11.2011. Anais... Nova Friburgo, SBGeo. p. 99-103. (CD-ROM).

Carneiro, C. D. R.; Barbosa, R.; Malaquias Jr.; J. R., & Lima, A. T. F. (2014). Projeto Geo-Escola em Cajamar e Monte Mor (SP): ambientes para ensino-aprendizagem e revalorização do lugar. In: Congresso Brasileiro de Geologia, 47, Salvador, 2014. Anais... Salvador, SBGeo. CD-ROM 47CBG, PAP015320. (Sessão Técnica STC01 “Ensino e Educação em Geociências”).

Carneiro, C. D. R.; Barbosa, R.; & Piranha, J. M. (2005). Professores, computadores e ensino de Geociências: o Projeto Geo-Escola. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 5, Bauru, 2005. Caderno Resumos..., Bauru, ENPEC. p. 239.

Carneiro, C. D. R.; Barbosa, R.; & Piranha, J. M. (2007a). Bases teóricas do Projeto Geo-Escola: uso de computador para ensino de geociências. Rev. Bras. Geoc., 37(1), 90-100. doi: 2010.25249/0375-7536.200737190100.

Carneiro, C. D. R.; Barbosa, R.; Piranha, J. M.; & Malaquias Jr., J. R. (2016). The Geo-School Project: local knowledge on Geosciences for Brazilian Teachers of Basic Education. Athens: ATINER'S Conference Paper Series, No: EDU2016-2055. UTL: http://www.atiner.gr/papers/EDU2016-2055.pdf. Acesso 22.11.2016.

Carneiro, C. D. R.; Barbosa, R.; Piranha, J. M.; & Signoretti, V. V. (2007b). Portal web Geo-Escola: uma ponte entre conceitos de Geociências e os professores de ensino fundamental e médio. In: Simpósio de Pesquisa em Ensino e História de Ciências da Terra, 1, e Simpósio Nacional sobre Ensino de Geologia no Brasil, 3, Campinas, 4-8.09.2007. Anais... Campinas, DGAE/IG/Unicamp. p. 146-151. (CD-ROM, 015.pdf).

Carneiro, C. D. R.; Lima, A. T. F.; & Barbosa, R. (2018). Projeto Geo-Escola em Cajamar (SP): geoconhecimento e educação com foco no lugar. In: Carneiro, C. D. R.; Gonçalves, P. W.; Imbernon, R. A. L.; Machado, F. B.; Cerri, C. A. D. eds. (2018). Ensino e História de Ciências da Terra. Campinas: Soc. Bras. Geol. p. 473-480. URL: http://www.ige.unicamp.br/geoscied2018/pt/trabalhos/. (Anais VIII Simp. Nac. Ens. Hist. Ciências da Terra / EnsinoGEO-2018 – Geociências para todos. Campinas, SBGeo, 2018). (ISBN 978-85-99198-21-6).

Carneiro, C. D. R.; Malaquias Jr., J. R.; & Barbosa, R. (2011). Glaciações e climas do passado da terra em sala de aula: o Módulo Monte Mor do Projeto Geo-Escola. In: Simpósio Nacional de Ensino e História de Ciências da Terra, 5, Simpósio de Geologia do Sudeste, 12, Nova Friburgo, 8-12.11.2011. Anais... Nova Friburgo, SBGeo. p. 45-54. (CD-ROM).

Carneiro, C. D. R.; Toledo, M. C. M.; & Almeida, F. F. M. de. (2004). Dez motivos para a inclusão de temas de Geologia na educação básica. Rev. Bras. Geoc., 34(4), 553-560. doi: 10.25249/0375-7536.2004344553560.

Fracalanza, H.; Amaral, I. A. do; & Gouveia, M. S. F. (1986). O ensino de Ciências no primeiro grau. São Paulo: Atual.

Lima, A. T. F. (2013). O conhecimento socioambiental local como estratégia de valorização do lugar: Projeto Geo-Escola em Cajamar, SP. Campinas: Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas. 105p. (Mestrado, dissertação em Ensino e História de Ciências da Terra). URL: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287184.

Malaquias Jr., J. R. (2013). O ensino de Geociências como ponte entre o local e o global: Projeto Geo-Escola em Monte Mor, SP. Campinas: Instituto de Geociências, Universidade Estadual de Campinas. 105p. (Mestrado, dissertação em Ensino e História de Ciências da Terra). URL: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287206.

Malaquias Jr., J. R.; Barbosa, R.; Carneiro, C. D. R. (2012). Projeto Geo-Escola, Módulo Monte Mor. URL: http://www.ige.unicamp.br/lrdg/geo-escola/. (página WEB).

Malaquias Jr., J. R.; Carneiro, C. D. R.; & Barbosa, R. (2012). Herança geológica, mapas e ambiente natural em sala-de-aula: o módulo Monte Mor do Projeto Geo-Escola, SP. In: Congresso Brasileiro de Geologia, 46, Santos, 2012. Resumos... Santos, SBGeo. CD-ROM 46CBG, PAP010611. (Simpósio Temático “Ensino e educação em Geociências”).

Morin, E. (2003). A cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento. Trad. Eloá Jacobina. 8 ed. Rio de Janeiro, Ed. Bertrand Brasil.

Piranha, J. M.; Pacheco, A.; Carneiro, C. D. R.; Rebouças, A. C.; & Antonello, S. L. (2004). Recursos hídricos e desenvolvimento. Diagnóstico básico preliminar do município de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto: UNESP, USP e Unicamp. (1 CD-ROM: Windows XP).

Piranha, J. M.; & Pacheco, A. (2004). Recursos hídricos e desenvolvimento. Diagnóstico básico preliminar do município de São José do Rio Preto. In: Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, 13, 2004, Cuiabá. Anais..., Cuiabá: Associação Brasileira de Águas Subterrâneas, (CD-ROM).

Piranha, J. M. (2006). O ensino de geologia como instrumento formador de uma cultura de sustentabilidade: o Projeto Geo-Escola em São José do Rio Preto, SP. Campinas: Inst. Geoc. Unicamp. 105p. (Tese Dout. Geoc.). URL: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287233.

Piranha, J. M.; & Carneiro, C. D. R. (2006). Contributos da educação em Geociências para o exercício da interdisciplinaridade. In: Simpósio Ibérico de Ensino da Geologia, 1, Aveiro, 2006, e Simposio sobre Enseñanza de la Geología, 14, Aveiro, 2006. Livro de Actas..., Aveiro, AEPECT. p. 389-393.

Piranha, J. M.; & Carneiro, C. D. R. (2009). O módulo São José do Rio Preto do Projeto Geo-Escola, uma experiência educacional diferenciada. Rev. Bras. Geoc., 39(3):533-543. doi: 10.25249/0375-7536.2009391129137.

Potapova, M. S. (1968). Geology as an historical science of nature. In: Interaction of sciences in the study of the Earth. Progress, Moscow. p. 117-126.

Potapova, M. S. (2008). [Trad.] Geologia como uma ciência histórica da Natureza. Trad. Conrado Paschoale. Terræ Didatica, 3(1), 86-90. URL: http://www.ige.unicamp.br/terraedidatica/v3/v3_a7.html.

Siqueira, L. M. P. (2018). Geologia humana. Recife, PE: Ed. Coqueiro. 77p.

Toledo, M. C. M. (2005). Geociências no Ensino Médio Brasileiro. Análise dos Parâmetros Curriculares Nacionais Geologia USP- Publ. Espec., 3, 31-44. doi: 10.11606/issn.2316-9087.v3i0p31-44.

Terrae Didatica utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto, em que:

  • A publicação se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores;
  • Os originais não serão devolvidos aos autores;
  • Os autores mantêm os direitos totais sobre seus trabalhos publicados na Terrae Didatica, ficando sua reimpressão total ou parcial, depósito ou republicação sujeita à indicação de primeira publicação na revista, por meio da licença CC-BY;
  • Deve ser consignada a fonte de publicação original;
  • As opiniões emitidas pelos autores dos artigos são de sua exclusiva responsabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.