Banner Portal
Ensino de Ciências da Terra a partir da cidade
Camadas rítmicas da Formação Irati, Permiano da Bacia do Paraná
PDF

Palavras-chave

Ensino de geociências
História do ensino de ciências
Didática das ciências.

Como Citar

GONÇALVES, Pedro Wagner; SICCA, Natalina Aparecida Laguna; ALVES, Maurílio Antonio Ribeiro; CARNEIRO, Celso Dal Ré; CUNHA, Carlos Alberto Lobão da Silveira; NEGRÃO, Oscar Braz Mendonza. Ensino de Ciências da Terra a partir da cidade. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 15, p. e019049, 2019. DOI: 10.20396/td.v15i0.8657609. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8657609. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

Estudos anteriores examinaram os currículos e programas renovadores do Ensino de Ciências da Terra das décadas de 1960 e 70: pelo seu caráter ideológico e político vinculado à corrida armamentista; aos acordos de subordinação cultural, econômica e política dos países latino-americanos; por seu caráter teórico, abstrato e cientificista etc. Nos limites deste artigo, analisamos um elemento que precisa ser valorizado: a ideia de processo no binômio processo e produto. A construção de objetivos educacionais marcados por certo conjunto de verbos: observar, inferir, descrever, definir, aplicar, classificar, prever, interpretar (como, por exemplo, diferenciar evidência e prova) está indissoluvelmente ligada à valorização do processo. Avanços práticos e teóricos mostram que a contextualização educacional é aspecto crucial para promover a aprendizagem. Elaborar objetos de ensino a partir da cidade facilita a contextualização de conceitos e explicações, bem como contribui sobremaneira para se realizar atividades de campo.

https://doi.org/10.20396/td.v15i0.8657609
PDF

Referências

Andrade, W. S.; Graminha, C. A.; Aquino, T. D. V. S.; Cerri, C. A. D.; & Carneiro, C. D. R. (2016). Avaliação quantitativa de um trabalho de campo na disciplina Ciência do Sistema Terra I. In: Congresso Brasileiro de Geologia, 48, 2016, Porto Alegre, RS. Anais...São Paulo, SP: Soc. Bras. Geol. p. 1924. (ST24 “Educação e Ensino de Geociências”). URL: http://cbg2017anais.siteoficial.ws/. Acesso 07.03.2018.

Carneiro, C. D. R., Cunha, C. A. L. S.; & Campanha, G. A. C. (1993). A teoria e a prática em geologia e o eterno retorno. Rev. Bras. Geoc., 23(4), 339-346. URL: http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/rbg/article/view/11661/11122. Acesso 13.08.2019.

Carneiro, C. D. R. (2015). Cursos de graduação em Geologia sem aulas de campo são inviáveis. In: Simpósio Nacional de Ensino e História de Ciências da Terra, 6, Simpósio de Geologia do Sudeste, 14, Campos do Jordão, 26-29.10.2015. Anais... Campos do Jordão, SBGeo. p.654-658. URL: www.sp.sbgeo.org.br/SBG-SP/Eventos_files/ANAIS-GEOSUDESTE-2015-completo.pdf. Acesso 08.08.2017.

Carneiro, C. D. R.; Gonçalves, P. W.; Cunha, C. A. L. S.; & Negrão, O. B. M. (2008). Docência e trabalhos de campo nas disciplinas Ciência do Sistema Terra I e II da Unicamp. Rev. Bras. Geoc., 38(1), 130-142. doi: 10.25249/0375-7536.2008381130142. Acesso 14.11.2018.

Compiani, M. & Carneiro, C. D. R. (1993). Os papéis didáticos das excursões geológicas. Rev. de la Enseñanza de las Ciencias de la Tierra, 1(2), 90-98. URL: http://www.raco.cat/index.php/ECT/article/view/88098/140821. Acesso 13.08.2019.

Compiani, M. & Carneiro, C. D. R. (1996). The didactic roles played by geologic excursions. In: Stow, D.A.V.; McCall, G.J.H. eds. (1996). Geoscience education and training. In schools and universities, for industry and public awareness. Rotterdam: Balkema. p. 232-240. (Joint Special publ. COGEOED and AGID, AGID Special Publ. Series, n. 19).

Fantinel, L. M. (2000). Práticas de campo em Geologia Introdutória: papel das atividades de campo no ensino de fundamentos de Geologia do curso de Geografia, UFMG. Dissertação de Mestrado, Campinas, IG-Unicamp. (Área de Educação Aplicada às Geociências). Acesso à dissertação: http://repositorio.unicamp.br/jspui/bitstream/REPOSIP/287216/1/Fantinel_LuciaMaria_M.pdf.

Fantinel, L. M. (2005). O ensino de mapeamento geológico no Centro de Geologia Eschwege, Diamantina, MG: Análise de três décadas de práticas de campo (1970-2000). Tese de Doutorado, Campinas, IG-Unicamp. Acesso à tese: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287213.

Fernandes, A. J.; Carneiro, C. D. R.; Riccomini, C.; & Campanha, G. A. C. 1981. A Introdução do aluno nas Atividades de Campo. In: Simp. Nac. sobre Ensino Geol. no Brasil, Belo Horizonte, 1981. Teses... Belo Horizonte: SBG. v. 2, p. 215-228

Justen, R. (2010). Trabalhos de Campo na disciplina de Geografia: um olhar sobre a educação básica em Ponta Grossa/PR. Dissertação de Mestrado, Campinas, IG-Unicamp. Acesso à dissertação: http://repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/287232.

Munhoz, E. (2013). As práticas de campo como metodologia de ensino em Geociências e Educação Ambiental e a mediação docente no município de Pinhalzinho/SP. Dissertação de Mestrado, Campinas, IG-Unicamp. Acesso à dissertação: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/287695.

Scortegagna, A.; & Negrão, O. B. M. (2005). Trabalhos de campo na disciplina de Geologia Introdutória: a saída de campo autônoma e seu papel didático. Terrae Didatica, 1(1), 36-43. Disponível em: http://ocs.ige.unicamp.br/ojs/terraedidatica/article/download/995/418. Acesso 09/10/2019.

Sheppard, P. R.; Donaldson, B. A. & Huckleberry, G. (2010). Quantitative assessment of a fieldbased course on integrative geology, ecology and cultural history. International Research in Geographical and Environmental Education Publication. Disponível em: http://www.tandfonline.com/loi/rgee20. Acesso 10/07/2016.

Terrae Didatica utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto, em que:

  • A publicação se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores;
  • Os originais não serão devolvidos aos autores;
  • Os autores mantêm os direitos totais sobre seus trabalhos publicados na Terrae Didatica, ficando sua reimpressão total ou parcial, depósito ou republicação sujeita à indicação de primeira publicação na revista, por meio da licença CC-BY;
  • Deve ser consignada a fonte de publicação original;
  • As opiniões emitidas pelos autores dos artigos são de sua exclusiva responsabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.