Programas educativos desenvolvidos em Fernando de Noronha e a relação com o ensino de conteúdos geológicos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/td.v17i00.8667209

Palavras-chave:

Geoparques, Geologia, Geoeducação, Divulgação científica, Vulcanismo

Resumo

Fernando de Noronha (Brasil) é um arquipélago vulcânico situado no Oceano Atlântico Sul, que possui características geológicas únicas e patrimônio geológico de relevância internacional. O objetivo deste estudo foi avaliar se os programas educativos desenvolvidos no arquipélago estão relacionados ao ensino de conteúdos geológicos. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, documental e in loco. O estudo evidenciou a existência de várias iniciativas de educação ambiental em Fernando de Noronha, mas os programas estão voltados para aspectos da biodiversidade insular. Conclui-se que atividades similares às conduzidas por programas educativos em Geoparques podem ser realizadas em Fernando de Noronha. Propõe-se a criação de um programa educativo específico sobre Geologia, visando contribuir com o ensino das Geociências, educação ambiental e mudança de comportamento que leve em consideração os aspectos da Geodiversidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Ferrari do Vale, Grupo Universitário de Pesquisas Espeleológicas

Mestre em Gestão do Território pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Membro colaborador do Grupo Universitário de Pesquisas Espeleológicas (GUPE).

Jasmine Cardozo Moreira, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutora em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (SCFU). Professora Adjunta do Departamento de Turismo e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UEPG.

Rafael Azevedo Robles, Novamaré Serviços e Turismo Ltda

Pós-graduado em Meio Ambiente e Questões Globais pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP/SP). Proprietário da empresa Noronha Geoturismo Ltda. (Fernando de Noronha, PE).

Luiz Fernando de Souza, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professor Adjunto do curso de Turismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Referências

Albani, R. A., Mansur, K. L., Santos, W. F. S., & Pinto, A. L. R. (2020). Além do Turismo de Sol e Praia: Uma Proposta de Roteiro Geoturístico para o Município de São João da Barra, RJ. Anuário do Instituto de Geociências, 43(3), 402-414. doi: 10.11137/2020_3_402_414

Allaby, M. (2008). Oxford Dictionary of Earth Science. 3 ed. Oxford: Oxford University Press. 654p. doi: 10.1093/acref/9780199211944.001.0001

Almeida, F. F. M. de. (2007). Ilhas oceânicas brasileiras e suas relações com a tectônica atlântica. Terræ Didatica, 2(1), 3-18. doi: 10.20396/td.v2i1.8637462.

Almeida, F. F. M. de. (1958). Geologia e petrologia do Arquipélago de Fernando de Noronha. Rio de Janeiro: Departamento Nacional da Produção Mineral. 181p. (Monografia).

Borba, A. W., Melo Teixeira, K., Ferreira, P. F., & Ferreira, P. F. (2015). Concepções de professores de ciências naturais de Caçapava do Sul (RS, Brasil) sobre geologia local: subsídios à educação geopatrimonial. Terræ Didatica, 11(2), 117-124. doi: 10.20396/td.v11i2.8640730.

Campos, D. A. (1997). O ensino das ciências da Terra. In: I Simpósio a Importância da Ciência para o Dcsenvolvimento Nacional. Documentos... São Paulo: Acad. Bras. Ciências.

Carneiro, C. D. R., Toledo, M. C. M. de, Almeida, F. F. M. de. (2004). Dez motivos para a inclusão de temas de Geologia na Educação Básica. Revista Brasileira de Geociências, 34(4), 553-560. doi: 10.25249/0375-7536.2004344553560.

Carvalho, P. M., Silva, J. G. S., & Silva, B. N. (2020). O território do Projeto Geoparque Caminho dos Cânions do Sul. Tecnologia e Ambiente, 26, 48-59. doi: 10.18616/ta.v26i0.6239

Catana, M. M., & Brilha, J. B. (2020). The role of UNESCO global geoparks in promoting geosciences education for sustainability. Geoheritage, 12(1), 1-10. doi: 10.1007/s12371-020-00440-z

Condie, K. C. (2015). Earth as an evolving planetary system. Amsterdam: Academic Press. 430p.

Cordani, U. G. (1970). Idade do vulcanismo no Oceano Atlântico Sul. São Paulo, Instituto de Geociências e Astronomia, USP. Boletim IGA, 1, 9-75. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/biga/article/view/44993/48605. Acesso em: 03.10.2021.

CPRM. Serviço Geológico do Brasil. (2021). Difusão do Conhecimento em Geologia Ambiental e Aplicada. Disponível em: http://www.cprm.gov.br/publique/Gestao-Territorial/Geoparques-134. Acesso em: 23.09.2021.

Eerola, T. T. (1994). Problemas da divulgação e popularização de Geociências no Brasil. Revista Brasileira de Geociências, 24(3), 160-163. doi: 10.25249/0375-7536.1994160163

Fornaro, A., & Fernandes, A. M. (2018). Geoparks: from conception to the teaching of Geosciences. Terræ Didatica, 14(3), 330-338. doi: 10.20396/td.v14i3.8653533.

Kelley, D., & Salazar, R. (2017). Geosites in the Galápagos Islands used for geology education programs. Geoheritage, 9(3), 351-358. doi: 10.1007/s12371-016-0190-3

Gilbert, L. (2020). Teaching Geoscience Tools for Addressing Societal Grand Challenges: A Unique Study-Away Experience During COVID-19. Teaching through COVID-19, 32-33. Disponível em: http://new.seceij.net/wp-content/uploads/2020/09/TeachingthroughCovid_REV.pdf. Acesso em: 23.09.2021.

Godoy, L. H., Sardinha, D. D. S., Bertini, R. J., Conceição, F. T. D., Del Roveri, C., & Moreira, C. A. (2013). Potencial Geoparque de Uberaba (MG): geodiversidade e geoconservação. Sociedade & Natureza, 25(2), 395-410. doi: 10.1590/S1982-45132013000200014

Kundu, S. N., Muhammad, N., & Sattar, F. (2017). Using the augmented reality sandbox for advanced learning in geoscience education. In: 2017 IEEE 6th International Conference on Teaching, Assessment, and Learning for Engineering (TALE). Proc… Hong Kong. doi: http://10.1109/TALE.2017.8252296

Henriques., M. H., Castro, A. R. S. F., Félix, Y. R., & Carvalho, I. S. (2020). Promoting sustainability in a low density territory through geoheritage: Casa da Pedra case-study (Araripe Geopark, NE Brazil). Resources Policy, 67, 101684. doi: 10.1016/j.resourpol.2020.101684

ICMBio. Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. (2012). Férias ecológicas 2012: Noronha no Limite. ICMBio em foco, 5, 8. Disponível em: https://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/comunicacao/downloads/icmbioemfoco181.pdf. Acesso em: 23.09.2021.

Liccardo, A., Pimentel, C. S., Guimarães, G. B., Pidhorodecki, G., Almeida, S. A. de, Alessi, S. M., Oliveira, M., & Carneiro, R. T. (2015). Exposição de conteúdos geocientíficos como possibilidade de Educação em Patrimônio Geológico. Terræ Didatica, 11(3), 182-188. doi: 10.20396/td.v11i3.8643646

Lima, E. A., & Garcia, P. (2012). Interpretar as geopaisagens açorianas. In: Henriques, M. H., Andrade, A. I., Quintana-Ferreira, M., Lopes, F. C., Barata, M. T., Pena dos Reis, R., & Machado, M. Coords. (2012). Para aprender com a Terra: Memórias e notícias de geociências no espaço lusófono. Coimbra, Imprensa da Universidade de Coimbra. p. 153-160. doi: 10.14195/978-989-26-0533-3

Lewis, E. B., & Baker, D. R. (2010). A call for a new geoscience education research agenda. Journal of Research in Science Teaching: The Official Journal of the National Association for Research in Science Teaching, 47(2), 121-129. doi: 10.1002/tea.20320

Locke, S., Libarkin, J., & Chang, C. Y. (2012). Geoscience Education and Global Development. Journal of Geoscience Education, 60(3), 199-200. doi: 1089-9995/2012/60(3)/199/2

Lopes R.P., & Ulbrich M. N. C. (2015). Geochemistry of the alkaline volcanic subvolcanic rocks of the Fernando de Noronha Archipelago, southern Atlantic Ocean. Brazilian Journal of Geology, 45, 307-333. doi: doi.org/10.1590/23174889201500020009.

Lopez, G., Tognin, F., & Santos, A. J. B. S. (2011). Programa TAMAR na Escola. Bahia e Rio Grande do Norte. In IV Congresso Nacional de Educação Ambiental, II Congresso Nacional de Biogeografia, Anais..., João Pessoa, PB. Disponível em: https://www.tamar.org.br/publicacoes_html/pdf/2011/2011_Programa_Tamar_na_escola.pdf Acesso em: 23.09.2021.

Mansur, K. L. (2009). Projetos educacionais para a popularização das Geociências e para a Geoconservação. Geologia USP. Publicação Especial, 5, 63-74. doi: 10.11606/issn.2316-9087.v5i0p63-74

Marinho, J. Projeto Pequeno Guarda-Parque é lançado em Noronha. Disponível em: https://www.wwf.org.br/?71442/Projeto-Pequeno-Guarda-Parque-e-lancado-em-Noronha. Acesso em: 23.09.2021.

Meira, S. A., do Nascimento, M. A. L., de Medeiros, J. L., & da Silva, E. V. (2019). Aportes teóricos e práticos na valorização do geopatrimônio: estudo sobre o projeto geoparque Seridó (RN). Caminhos de Geografia, 20(71), 384-403. doi: 10.14393/RCG2071457900.

Moreira, J. C. (2008). Patrimônio geológico em unidades de conservação: atividades interpretativas, educativas e geoturísticas. Florianópolis: Programa de Pós-Graduação em Geografia, Uni. Fed. Santa Catarina. 428p. (Tese Doutorado). Disponível em: http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/91302. Acesso em: 23.09.2021.

Moreira, J. C., Vale, T. F. d., & Burns, R. C. (2021). Fernando de Noronha Archipelago (Brazil): A coastal geopark proposal to foster the local economy, tourism and sustainability. Water, 13(11), 1586. doi: 103390/w13111586

Nakamura, Y., & Yuhora, K. (2018). Muroto Geopark: understanding the moving Earth. In: Chakraborty, A., Mokudai, K., Malcolm Cooper., Watanabe, M., & Chakraborty, S. Eds. (2018). Natural Heritage of Japan: Geological, Geomorphological, and Ecological Aspects. Cham: Springer, p. 103-115.

Nascimento, M. A. L., Gomes, C. S. C. D., & de Brito, A. D. S. S. (2015). Geoparque como forma de gestão territorial interdisciplinar apoiada no geoturismo: o caso do Projeto Geoparque Seridó. Revista Brasileira de Ecoturismo (RBEcotur), 8(2), 347-364. doi: https://doi.org/10.34024/rbecotur.2015.v8.6451

Oliveira, C. N., Imbernon, R. A. L., Gonçalves, P. W., & Brilha, J. B. (2014). Contribuições para o desenvolvimento da Educação Ambiental em Unidades de Conservação no Brasil a partir de programas educativos do Geoparque Naturtejo (Portugal). Terræ, 11(1-2), 03-14. doi: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/45593/1/255.pdf. Acesso em: 23.08.2021.

Perlingeiro G., Vasconcelos P.M., Knesel K.M., Thiede D.S., Cordani U.G. (2013). 40Ar/39Ar geochronology of the Fernando de Noronha Archipelago and implications for the origin of alkaline volcanism in the NE Brazil. Journal of Volcanology and Geothermal Research, 249, 140-154. doi: https://10.1016/j.jvolgeores.2012.08.017.

Projeto Golfinho Rotador. (2018). Férias ecológicas: o que podemos fazer em Noronha. Disponível em: https://golfinhorotador.org.br/en/2018/02/06/ferias-ecologicas-2018-o-que-podemos-fazer-por-noronha/. Acesso em: 23.08.2021.

Projeto Tamar. (2021). Informações cedidas por Rafaely Nayana. 10 mar. 2021. (inédito).

Projeto Tamar. (2019). Projeto Tamarear em Fernando de Noronha. Disponível em: https://www.tamar.org.br/noticia1.php?cod=939. Acesso em: 23.09.2021.

Sá, A., Meireles, C., Pereira, D. I., Silva, E., Nunes, J. C., Matos, J. M. X., Brilha, J., Henriques, M. H. & Roxo, M. J. (2014). O Comité Nacional para o Programa Internacional de Geociências da UNESCO: as Geociências ao serviço da Sociedade. Comunicações Geológicas, 101, Especial III, 1375-1378. Disponível em: https://www.lneg.pt/wp-content/uploads/2020/03/60_2993_ART_CG14_ESPECIAL_III.pdf.

Sgarbi, G. N. C. (2001). Geologia introdutória: base para o novo conhecimento. Revista de Ciências Humanas, 1(2), 153-162. Disponível em: https://periodicos.ufv.br/RCH/article/view/3838. Acesso em: 23.09.2021.

Silva, E., & Sá, A. A. (2018). Educational challenges in the Portuguese UNESCO Global Geoparks: contributing for the implementation of the SDG 4. International Journal of Geoheritage and Parks, 6(1), 95-106. doi: 10.17149/ijg.j.issn.2210.3382.2018.01.007.

Silva, E., Sá, A. A., Rocha, D., Catana, M., Costa, M. P., Marcos, S., & Galvão, N. (2014). “GEA-Mother Earth”: international cooperation between Geoparks. Atlantic Geology, 50(1). doi: 10.4138/atlgeol.2014015.

Soares, R. C., da Silva Filho, W. F., Lopes, L. S. O., & da Silva, E. G. (2018). Geotourism in Araripe UNESCO Global Geopark, Brazil. In: Dowling, R., & Newsome, D. Orgs. (2018). Handbook of Geotourism. Cheltenham: Edward Elgar Publ. Co. p. 393-401.

Soares, L. N., Nascimento, R. L., & Moura-Fé, M. M. (2018). Proposta de geoeducação no Geopark Araripe. In: XII Simpósio Nacional de Geomorfologia, Anais... Crato: URCA. Disponível em: https://www.sinageo.org.br/2018/trabalhos/5/5-151-2015.html. Acesso em: 23.09.2021.

Teixeira, W, Cordani, U. G, Menor, E. A., Teixeira, M. G, & Linsker, R. (2003). Arquipélago Fernando de Noronha: o paraíso do vulcão. São Paulo: Terra Virgem Editora. 168p.

Ulbrich, M. N. C., Marques, L. S., & Lopes, R. P. (2004). As ilhas vulcânicas brasileiras: Fernando de Noronha e Trindade. In: Mantesso-Neto, V., Bartorelli, A., Carneiro, C. D. R., & Brito-Neves, B. B. de. Orgs. Geologia do Continente Sul-Americano: Evolução da Obra de Fernando Flavio Marques de Almeida. São Paulo: Beca, p. 555-573. Disponível em: https://geologia.ufc.br/wp-content/uploads/2016/02/geologia-do-continente.pdf. Acesso em: 03.10.2021.

UNESCO. (2021). UNESCO Global Geoparks. Disponível em: https://en.unesco.org/global-geoparks/list. Acesso em: 23.09.2021.

UNESCO. (2016). Self-Evaluation. Disponível em: http://www.unesco.org/new/en/natural-sciences/environment/earth-sciences/unesco-global-geoparks/application-process/. Acesso em: 23.09.2021.

Vale, T. F. do. (2017). A gestão do território e os benefícios de um geopark: ações visando a implantação do Projeto Geopark Fernando de Noronha (PE). Ponta Grossa: Programa de Pós-Graduação em Geografia, Uni. Est. Ponta Grossa. 189p. (Dissert. Mestrado). Disponível em: http://tede2.uepg.br/jspui/handle/prefix/595. Acesso em: 23.09.2021.

Vilela, F. T., Moreira, J. C., Costa, A. G., & Silva-Jr., J. M. (2017). Geoloday: the dissimination of geological aspects to Fernando de Noronha Community, Brasil. In: 14th Conference European Geoparks. Abstract book..., Açores. Disponível em: https://globalgeoparksnetwork.org/wp-content/uploads/2017/01/Abstracts.Book_.pdf. Acesso em: 04.10.2021.

Wildner, W., & Ferreira, R. V. (2012). Geoparque Fernando de Noronha (PE): Proposta. In: Shobbenhaus, C., & Silva, C. R. Eds. (2012). Geoparques do Brasil: Propostas. Rio de Janeiro: Serviço Geológico do Brasil, p. 318-360.

Woo, K. S., & Ju, S. O. (2018). Key Geoheritage Sites: A new program proposal in IUCN for Geoheritage Conservation. Geophysical Research Abstracts, 20, 2877. Disponível em: https://meetingorganizer.copernicus.org/EGU2018/EGU2018-2877.pdf. Acesso em: 23.09.2021.

Downloads

Publicado

2021-10-26

Como Citar

VALE, T. F. do; MOREIRA, J. C.; ROBLES, R. A.; SOUZA, L. F. de. Programas educativos desenvolvidos em Fernando de Noronha e a relação com o ensino de conteúdos geológicos. Terræ Didatica, Campinas, SP, v. 17, n. 00, p. e0210238, 2021. DOI: 10.20396/td.v17i00.8667209. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8667209. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Breve Comunicação