v. 17 (2021): Publicação contínua

					Visualizar v. 17 (2021): Publicação contínua

Uma publicação periódica em Ciências da Terra que busca disseminar inovações e recursos de alta qualidade para difundir o conhecimento e aprimorar a Ciência e a Educação

Imagem de Capa:
Visão panorâmica do Canyon do Itaimbezinho, situado próximo às cidades de Gramado e Cambará do Sul, com quase 6 km de extensão e paredões verticalizados de até 720 m de altura, sobre o Arroio Perdizes, na borda recortada das escarpas que compõem o Parque Nacional dos Aparados da Serra, na divisa de estados SC-RS: a SE do estado de Santa Catarina e NE do estado do Rio Grande do Sul. O planalto foi edificado em unidades vulcânicas da Formação Serra Geral, Cretáceo Inferior. (Fotografia: C. D. R. Carneiro). Fonte de dados: Wildner, W., Orlandi Filho, V., & Giffoni, L. E. (2006). Itaimbezinho e Fortaleza, RS e SC. Magníficos canyons esculpidos nas escarpas Aparados da Serra do planalto vulcânico da Bacia do Paraná.  In: Winge, M., Schobbenhaus, C., Berbert-Born, M., Queiroz, E. T., Campos, D. A., Souza, C. R. G., & Fernandes, A. C. S. (Eds.) (2006). Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil. Brasília: DNPM BRASIL. Depto. Nac. Prod. Mineral (DNPM)/Serv. Geol. Brasil (CPRM). Com. Bras. Sítios Geol. e Paleobiol. (SIGEP). URL: http://sigep.cprm.gov.br/sitio050/sitio050.pdf.  

Publicado: 2021-02-09

Editorial

Artigos

Revisão

Breve Comunicação