Construindo o conhecimento pedológico no ensino fundamental a partir de práticas didático-pedagógicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/td.v18i00.8668364

Palavras-chave:

Sustentabilidade, Educação básica, Educação em solos

Resumo

A aplicação de diferentes atividades didático-pedagógicas em solos, ainda nas fases iniciais de ensino, pode contribuir à construção do conhecimento do educando, culminando no desenvolvimento de uma consciência pedológica de valorização deste recurso e também pode contribuir na construção de práticas efetivas de ensino que instiguem a reflexão crítica quanto a complexidade do solo. Este estudo objetivou propor diferentes atividades práticas sobre o tema solos, em dez turmas de segundo e terceiro anos do ensino fundamental pertencentes a cinco escolas públicas da cidade de Lages (SC), totalizando 176 discentes do componente curricular Educação para a Sustentabilidade. A utilização de diferentes práticas de ensino e experiências concretas de colaboração despertou a curiosidade dos educandos, aumentando a capacidade de interação e construção de novos conhecimentos em solos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josie Moraes Mota, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutorado em andamento em Ciência do Solo pela Universidade do Estado de Santa Catarina.

Schayanne Matos Henrique, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutorado em andamento em Ciência do Solo pela Universidade do Estado de Santa Catarina.

Aline Lima de Sena, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutorado em andamento em Ciência do Solo Universidade do Estado de Santa Catarina.

Kelly Tamires Urbano Daboit, Universidade do Estado de Santa Catarina

Bacharelado em Agronomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina CAV-UDESC.

Letícia Sequinatto, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutora em Ciência do Solo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Professora Associada 5 no Departamento de Solos e Recursos Naturais, Centro de Ciências Agroveterinárias pela Universidade do Estado de Santa Catarina.

Referências

Brune, A. (2011). A contribuição do programa semeando educação e saúde na agricultura familiar para a permanência do jovem rural no distrito da floresta. Faculdade de Ciências Econômicas da UFRGS. Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Disponível em: https://lume.ufrgs.br/handle/10183/52452. Acesso em: 22.11.2021.

Canepelle, E., Kerkhoff, J. T., Writzl, T. C., Stein, J. E. S., Silva, D. M. & Redin, M. (2018). Ciência do solo nas escolas de ensino fundamental e médio. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável, 8 (3), 41-50. DOI: https://periodicos.ufv.br/rbas/article/view/3059/pdf. Acesso em: 15.11.2021. DOI: https://doi.org/10.21206/rbas.v8i3.3059

Dantas, E. L.A . (2019). A contação de história na Educação Infantil e a formação de leitores. Revista Caparaó, 1(2), 1-12. Disponívl em: https://revistacaparao.org/caparao/article/view/12/16. Acesso em: 27.10.2021.

Franco, M. A. R. S. (2016). Prática pedagógica e docência: um olhar a partir da epistemologia do conceito. Rev. Bras. Estud. Pedagog., 97(247), 534-551. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2176-66812016000300534&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 30.10.2021. DOI: https://doi.org/10.1590/s2176-6681/288236353

Gervázio, S. N. (2017). Materiais concretos e manipulativos: uma alternativa para simplificar o processo de ensino/aprendizagem da matemática e incentivar à pesquisa. Revista Eletrônica Paulista de Matemática, 9. Disponível em: https://www.fc.unesp.br/Home/Departamentos/Matematica/revistacqd2228/v09a04-materiais-concretos-e-manipulativos.pdf. Acesso em: 29.09.2021. DOI: https://doi.org/10.21167/cqdvol9201723169664sng4255

Kamii, C. (1991). A criança e o número: implicações da teoria de Piaget para atuação junto a escolares de 4 a 6 anos. Campinas, São Paulo: Papirus, 69p.

Lima, V. C., Lima, M. R., & Melo, V. F. (2007). O solo no meio ambiente: abordagem para professores do ensino fundamental e médio e alunos do ensino médio. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, Departamento de Solos e Engenharia Agrícola. 130p.

Lima, L. C. M., Santos, T. E. M., Souza, E. R., & Oliveira, E. L. (2016). Práticas de manejo e conservação do solo: percepção de agricultores da região semiárida pernambucana. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 11(4), 148-153. Disponível em: https://www.gvaa.com.br/revista/index.php/RVADS/article/view/4164/4042. Acesso em: 15.10.2021. DOI: https://doi.org/10.18378/rvads.v11i4.4164

Oliveira, K. B. A., & Silva, A. C. (2015). Construção do conceito de número: uma análise de atividades matemáticas desenvolvidas pelo Subprojeto PIBID/UFMT/CUR nas escolas do Ensino Fundamental de Rondonópolis. Eventos Pedagógicos, 6(2), 311-327. Disponível em: https://www.sumarios.org/artigo/constru%C3%A7%C3%A3o-do-conceito-de-n%C3%BAmero-uma-an%C3%A1lise-de-atividades-matem%C3%A1ticas-desenvolvidas-pelo. Acesso em: 28.11.2021.

Downloads

Publicado

2022-06-07

Como Citar

MOTA, J. M.; HENRIQUE, S. M.; SENA, A. L. de; DABOIT, K. T. U.; SEQUINATTO, L. Construindo o conhecimento pedológico no ensino fundamental a partir de práticas didático-pedagógicas. Terrae Didatica, Campinas, SP, v. 18, n. 00, p. e022013, 2022. DOI: 10.20396/td.v18i00.8668364. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/td/article/view/8668364. Acesso em: 1 out. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)