Banner Portal
Concepções de linguagem discursivizadas por licenciandos em um curso de graduação le letras na educação a distância
PDF

Palavras-chave

Concepções de linguagem. Formação inicial de professor. EaD

Como Citar

ROHLING, Nívea; RODRIGUES, Rosângela Hammes. Concepções de linguagem discursivizadas por licenciandos em um curso de graduação le letras na educação a distância. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 54, n. 2, p. 267–301, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8641531. Acesso em: 17 abr. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta análise dos discursos de licenciandos em Letras – Português de um curso de Graduação na modalidade EaD, de uma universidade pública federal do sul do Brasil, no que se refere às suas concepções de linguagem. A fundamentação teórico-metodológica baseia-se nos estudos do Círculo de Bakhtin. Os dados da pesquisa compõem-se de 106 fóruns de discussão; 59 enunciados de atividades avaliativas, postados no ambiente virtual de ensino e aprendizagem no período de 2007 a 2011; e dados gerados por meio de um questionário, respondido por 61 licenciandos nos seus respectivos polos de apoio de ensino presencial. No tocante às concepções de linguagem discursivizadas pelos sujeitos da pesquisa, os dados apontam para: a) a reenunciação de uma concepção de linguagem que concebe a língua como única/homogênea; b) a reenunciação da noção de variação linguística; e c) a ausência discursiva no que se refere à concepção de linguagem como interação. Esses resultados demonstram um descompasso entre a formação docente inicial e o que se espera em termos de formação de professores previsto pelos documentos oficiais de ensino, nos quais o trabalho com as práticas de escuta, leitura e produção textual estão assentadas em uma concepção interacionista da linguagem.
PDF

O periódico Trabalhos em Linguística Aplicada utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto, em que:

  • A publicação se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores;
  • Os originais não serão devolvidos aos autores;
  • Os autores mantêm os direitos totais sobre seus trabalhos publicados na Trabalhos de Linguística Aplicada, ficando sua reimpressão total ou parcial, depósito ou republicação sujeita à indicação de primeira publicação na revista, por meio da licença CC-BY;
  • Deve ser consignada a fonte de publicação original;
  • As opiniões emitidas pelos autores dos artigos são de sua exclusiva responsabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.