Banner Portal
Padrões de organização textual e lexicogramatical do gênero acadêmico resumo de tese: um estudo de caso
Remoto

Palavras-chave

Gênero acadêmico. Resumo de tese. Padrão de organização textual

Como Citar

CARVALHO, Flaviane Faria. Padrões de organização textual e lexicogramatical do gênero acadêmico resumo de tese: um estudo de caso. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 49, n. 1, p. 115–128, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8645295. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Este artigo apresenta a descrição dos padrões de organização textual e lexicogramatical do gênero de escrita acadêmica “resumo de tese”. Para a descrição dos padrões de organização textual, foi utilizado o modelo proposto por Bhatia (1993). Já a análise lexicogramatical foi baseada no domínio do campo, variável de registro elaborada por Halliday (1978, 1994). Os principais resultados obtidos mostram que: 1) os pesquisadores da Linguística parecem atribuir maior importância aos objetivos da tese e ao arcabouço teórico-metodológico adotado, ao passo que os pesquisadores de Química parecem atribuir maior ênfase aos procedimentos adotados na pesquisa e aos resultados encontrados, os quais são evidenciados de modo mais claro e direto, se comparado à Linguística; 2) com relação à análise lexicogramatical, foi verificado o predomínio de processos relacionais e de vários elementos circunstanciais nos resumos da Linguística, enquanto nos resumos da área de Química prevalecem os processos materiais e a omissão da agência

ABSTRACT:

This paper presents the description of patterns of textual and lexicogrammatical organization of the genre of academic writing “thesis abstract”. For describing patterns of textual organization, a model proposed by Bhatia (1993) was used. The lexicogrammatical analysis was based on field domain, a register variable developed by Halliday (1978, 1994). The main results show that: 1) Linguistics researchers seem to attribute more importance to the goals and the theoretical-methodological approach of the thesis, while Chemistry researchers seem to give greater emphasis to procedures and results adopted in the research, which was shown more clearly and directly, compared to Linguistics; 2) with respect to the lexicogrammatical analysis, was verified the predominance of relational processes and various circumstantial elements in the Linguistics abstracts, while in the Chemistry abstracts prevail the material processes and the omission of the agency.

Keywords: academic genre; thesis abstract; pattern of textual organization

Remoto

Referências

ARAÚJO, A. D. (1996). Lexical signalling: a study of unspecific-nouns in book reviews. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

BHATIA, V. K. (1993). Analysing genre: language use in professional settings. New York: Longman Publishing.

HALLIDAY, M.A.K. (1978). Language as social semiotic: the social interpretation of language and meaning. London: Edward Arnold.

_______. (1994). An introduction to functional grammar. 2 ed. London: Arnold.

MILLER, C. R. (1994). Genre as social action: In: FREEDMAN, A., MEDWAY, P. (org.). Genre and the new rhetoric. London: Taylor & Francis.

MOTTA-ROTH, D. (1995). Rhetorical features and disciplinary cultures: a genre-based study of academic book reviews in linguistics, chemistry and economics. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

PROCTER, M. et al. (2006). Writing at the University of Toronto. Toronto: University of Toronto.

Disponível em <http://www.utoronto.ca/writing/index.html>. Acesso em 23 nov. 2006.

ROCHA, L. C. de A. (2002). Como elaborar trabalhos acadêmicos. 3.ed. Belo Horizonte: Ed. do autor.

SWALES, J. M.; FEAK, C. B. (1994). Academic writing for graduate students: essential tasks and skills.

Lansing: The University of Michigan Press.

SWALES, J. M. (2004). Research genres. Cambridge: Cambridge University Press.

_______. (1990). Genre Analysis: english in academic and research settings. United Kingdom: Cambridge University Press.

VANEEVA, V. (2006). Guide on How to Write University Essays, Courseworks, Assignments and Dissertations. Disponível em: < http://university-essays.tripod.com/index.html>. Acesso em 23 nov. 2006.

O periódico Trabalhos em Linguística Aplicada utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto, em que:

  • A publicação se reserva o direito de efetuar, nos originais, alterações de ordem normativa, ortográfica e gramatical, com vistas a manter o padrão culto da língua, respeitando, porém, o estilo dos autores;
  • Os originais não serão devolvidos aos autores;
  • Os autores mantêm os direitos totais sobre seus trabalhos publicados na Trabalhos de Linguística Aplicada, ficando sua reimpressão total ou parcial, depósito ou republicação sujeita à indicação de primeira publicação na revista, por meio da licença CC-BY;
  • Deve ser consignada a fonte de publicação original;
  • As opiniões emitidas pelos autores dos artigos são de sua exclusiva responsabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.