Descoleções e remixes na aprendizagem de língua inglesa: um estudo de caso em uma escola pública

Autores

  • Lesliê Vieira Mulico Universidade Estadual de Campinas
  • Junot de Oliveira Maia Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

TDIC. Ensino de língua inglesa. Letramentos digitais.

Resumo

Ao concordarmos que a tecnologia pressupõe uma mentalidade caracterizada por uma lógica mais horizontal entre linguagens (GNERRE, 1991 [1986]; OLSON, 1997 [1994]), que todo letramento é metamidiático (LEMKE, 2010) e que as apropriações culturais constituem-se por meio de hibridizações (GARCIA-CANCLINI, 2011[1997]), devemos, como professores de línguas, investigar como tais conceitos podem nos ajudar a melhor compreender o processo de aprendizagem da língua inglesa quando as TDICs entram em cena. Assim, este artigo apresenta uma reflexão acerca do uso de ferramentas de produção e edição de vídeos para o ensino-aprendizagem da língua em uma escola pública federal. Fizemos isso por meio de um estudo de caso baseado em um trailer de filme produzido por um aprendiz como tarefa proposta nas aulas de inglês. Após a avaliação, o professor realizou uma entrevista gravada em vídeo com o aprendiz para que este comentasse seu próprio trabalho. A partir do trailer e da transcrição da entrevista, operacionalizamos algumas reflexões sobre o uso das tecnologias de produção do vídeo por meio dos conceitos de descoleção e remix (GARCIA-CANCLINI, 2011[1997]), que foram associados aos conceitos de tipologia e topologia (LEMKE, 2010) para analisarmos os efeitos do uso da tecnologia para a aprendizagem da língua inglesa. Esses conceitos possibilitaram um retorno crítico à sequência didática utilizada durante as aulas, e, assim, foi possível observar que o aprendiz dedicou maior esforço às questões topológicas do gênero, o que pode ter sido reflexo da proposta didática realizada na sequência. Se assim o é, sugerimos, então, que devemos buscar práticas de ensino-aprendizagem que promovam uma relação mais horizontal entre os aspectos topológicos e tipológicos da linguagem em uso, especialmente quando nos propomos a lançar mão de práticas em sala de aula que envolvam as TDICs

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lesliê Vieira Mulico, Universidade Estadual de Campinas

Lesliê Mulico é professor de inglês do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, e Doutorando no Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da UFRJ. Mestre em Linguística (2013), Especialista em Linguística Aplicada (2009), bacharel e licenciado em Letras Inglês-Literaturas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). 

Junot de Oliveira Maia, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-11-18

Como Citar

MULICO, L. V.; MAIA, J. de O. Descoleções e remixes na aprendizagem de língua inglesa: um estudo de caso em uma escola pública. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 55, n. 2, p. 319–351, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8647398. Acesso em: 28 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)