Devir-Selvática: linhas de ruptura e adaptalidade

  • Dina Maria Machado Andréa Martins Ferreira Universidade Estadual do Ceará
  • Jony Kellson Castro da Silva Universidade Estadual do Ceará
Palavras-chave: reprodutibilidade, ressignificação, agenciamento, subjetivação.

Resumo

Pretendemos mapear linhas de ruptura e adaptabilidade de um devir-selvática. A articulação teórica versa sobre: a consideração da arte e sua reprodutibilidade técnica, segundo Walter Benjamin; o aspecto iterável da linguagem, operacionalizado por Derrida; e a relação entre agenciamento, subjetivação e devir, de acordo com Deleuze e Guattari. Considerando a prática discursiva de um devir-selvática, vemos processos de ruptura e adaptabilidade para com uma metafísica da unidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dina Maria Machado Andréa Martins Ferreira, Universidade Estadual do Ceará

2º PÓS-DOUTORADO, UNICAMP E SORBONNE V (2010) 1º PÓS-DOUTORADO, UNICAMP;IEL (2003-2003) DOUTORADO, UFRJ, 1995 MESTRADO, PUCRJ, 1988 DUAS GRADUAÇÕES Professora Visitante do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, Centro de Humanidades, Universidade Estadual do Ceará

Jony Kellson Castro da Silva, Universidade Estadual do Ceará

Mestre em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual do Ceará, Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Liguística Aplicada

Referências

ALENCAR, C. N. Pragmática cultural: uma visada antropológica sobre os jogos de linguagem. In: SILVA, D. N.; ALENCAR, C. N.; AUTORA (Orgs.). Nova pragmática: modos de fazer. São Paulo: Cortez, 2014, p.78-100.

AUSTIN, John L. How to do things with words. Oxford, UK: Oxford University Press, 1975.

BAKHTIN, M./VOLOCHÍNOV. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. Tradução de Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira, com a colaboração de Lúcia Teixeira Wisnik e Carlos Henrique D. Chagas Cruz. 16. ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

BENJAMIN, W. A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica. In: BENJAMIN, W. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Tradução de Sérgio Paulo Rouanet, com a revisão técnica de Márcio Seligmann-Silva. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 2012, p.179-212.

BUHR, K. A selvática Karina Buhr contra o Faceburca [Entrevista à Cynara Menezes]. Socialista Morena, 22 set. 2015. Disponível em: <http://www.socialistamorena.com.br/a-selvatica-karina-buhr-contra-o-faceburca/>. Acesso em: 25 abr. 2016.

BUTLER, J. Gender trouble: feminism and the subversion of identity. New York, NY: Routledge, 1999.

DELEUZE, G. Diferença e repetição. Tradução de Luiz Orlandi e Roberto Machado. 2. ed. Rio do Janeiro: Graal, 2006.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mille plateaux. Paris, FR: Les Éditions de Minuit, 1980.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 1. Tradução de Ana Lúcia de Oliveira, Aurélio Guerra Neto e Célia Pinto Costa. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2011a.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 2. Tradução de Ana Lúcia de Oliveira e Lúcia Cláudia Leão. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2011b.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 3. Tradução de Aurélio Guerra Neto, Ana Lúcia de Oliveira, Lúcia Cláudia Leão e Suely Rolnik. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2012a.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 4. Tradução de Suely Rolnik. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2012b.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia 2, vol. 5. Tradução de Peter Pál Pelbart e Janice Caiafa. 2. ed. São Paulo: Editora 34, 2012c.

DERRIDA, J. Gramatologia. Tradução de Miriam Schnaiderman e Renato Janini Ribeiro. São Paulo: Perspectiva, 1973.

DERRIDA, J. Assinatura Acontecimento Contexto. In: DERRIDA, J. Limited Inc. Tradução de Constança Marcondes Cesar. Campinas: Papirus, 1991a, p.11-37.

DERRIDA, J. A diferença. In: DERRIDA, J. Margens da filosofia. Tradução de Joaquim Torres Costa e António M. Magalhães, com revisão técnica de Constança Marcondes Cesar. Campinas: Papirus, 1991b, p.33-63.

FAIRCLOUGH, N. Discurso e mudança social. Tradução de Izabel Magalhães e outros. Brasília: Editora da UnB, 2001.

FEITOSA, A. Selváticas [Ação-arte-manifesto]. Beto Figueiroa, 21 set. 2015. Disponível em: <http://www.betofigueiroa.com.br/ensaios/ver/5/selvaticas>. Acesso em: 20 abr. 2016.

GUATTARI, F.; ROLNIK, S. Micropolítica: cartografias do desejo. Petrópolis: Vozes, 1996.

MEY, J. L. As vozes da sociedade: seminários de pragmática. Tradução de Ana Cristina de Aguiar e revisão de Viviane Veras. Campinas: Mercado de Letras, 2001.

MEY, J. L. Adaptability in Human-Computer Interaction. In: MEY, J. L. (Ed.). Concise Encyclopedia of Pragmatics. Oxford, UK: Elsevier, 2006, p.07-13.

NASCIMENTO, E Texto, textualidade, contexto. In: SIGNORINI, I (Org.). [Re]discutir texto, gênero e discurso. São Paulo: Parábola Editorial, 2008, p. 109-131.

PINTO, J. P. O corpo de uma teoria: marcos contemporâneos sobre os atos de fala. Cadernos Pagu, Campinas, n.33, p.117-138, jul./dez. 2009.

RAJAGOPALAN, K. A pesquisa política e socialmente compromissada em pragmática. In: SILVA, D. N.; ALENCAR, C. N.; AUTORA (Orgs.). Nova pragmática: modos de fazer. São Paulo: Cortez, 2014, p.101-126.

SANTAELLA, L Intersubjetividade nas redes digitais: repercussões na educação. In: PRIMO, A. (Org.). Interações em rede. Porto Alegre: Sulina, 2013, p.33-47.

TIBURI, M. Transfeitiçaria musical – ouvindo o novo disco de Karina Buhr. Revista Cult, 04 out. 2015. Disponível em: <https://revistacult.uol.com.br/home/transfeiticaria-musical-ouvindo-o-novo-disco-de-karina-buhr/>. Acesso em: 20 maio 2017.

WITTGENSTEIN, L. Investigações filosóficas. Tradução de José Carlos Bruni. São Paulo: Nova Cultural, 1999.

Publicado
2019-08-01
Como Citar
Ferreira, D. M. M. A. M., & Silva, J. K. C. da. (2019). Devir-Selvática: linhas de ruptura e adaptalidade. Trabalhos Em Linguística Aplicada, 58(2), 918-938. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8654446

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)