Repertório linguístico reconfigurado para lucro no caso Joel Santana

Autores

Palavras-chave:

Mercantilização de linguagem, Performances midiáticas cômicas, Repertórios linguísticos

Resumo

Estudos sobre performances midiáticas cômicas (JAFFE, 2000; DA SILVA, 2015; KOVEN; SIMÕES; MARQUES, 2015) têm apontado que, na nova economia globalizada, os repertórios e as identidades linguísticas antes apagados são agora objetos de celebração e mercantilização. Este trabalho evidencia como até mesmo contradições na atribuição de valor a itens de repertório linguístico para a mercantilização de linguagem na contemporaneidade podem ser mobilizados para impelir a venda de serviços mediante recurso a performances midiáticas cômicas. Para tanto, examino desenvolvimentos decorrentes de entrevista concedida por Joel Santana, em 2009, como técnico de futebol da seleção sul-africana, que repercutiu por seu inglês alegadamente desprestigioso. Analiso em particular as peças de campanhas publicitárias cômicas em que o técnico teve participação como garoto propaganda. Essas peças exploraram formas marcadas para efeito cômico em encenações protagonizadas pelo próprio Joel. As noções de repertórios linguísticos (BLOMMAERT, 2016) e de ideologias de linguagem (IRVINE; GAL, 2000), bem como a discussão sobre linguagem no capitalismo tardio (HELLER, 2010; HELLER; DUCHÊNE, 2012, 2016), compõem o aporte teórico deste trabalho. O conjunto de dados analisados inclui a entrevista de 2009, as peças publicitárias, os comentários do treinador sobre seu ganho financeiro e declarações do gerente da marca de xampu sobre o aumento do ciclo de vendas de seu produto, publicados em websites esportivos. Tendo feito o levantamento desse material, organizei trechos das matérias que, cotejados com o conteúdo dos vídeos, revelassem evidências de mercantilização de linguagem. Argumento que o caso ressalta ideologias de linguagem de normatização ao evidenciar como mesmo repertórios linguísticos marcados podem ganhar valor de mercado na contemporaneidade, ainda que em contraste com repertório mais valorizado, o que expõe um exemplo de mercantilização das contradições na atribuição de valor a itens de repertório linguístico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natália Barroncas da Fonseca, Universidade Federal de Roraima

Professora EBTT do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Roraima e doutoranda do Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Referências

ASSIS-PETERSON, A. A.; COX, M. I. P. (2013). Standard English & World English: entre o siso e o riso. Calidoscópio. v. 11, n. 2, p. 153-166. (DOI: 10.4013/cld.2013.112.05)

BLOMMAERT, J.; RAMPTON, B. (2011). Language and superdiversity. Diversities, v. 13, n. 2, p. 1-21.

BLOMMAERT, J. (2013). Language and the study of diversity. Working Papers in Urban Language & Literacies, n. 113.

BLOMMAERT, J.; BACKUS, A. (2013). Superdiverse repertoires and the individual. In: de Saint-Georges, I & J-J. Weber, J. J. (orgs.), Multilingualism and multimodality: Current challenges for educational studies. Rotterdam: Sense Publishers, p. 11-32.

BOURDIEU, P. (2017). A Distinção crítica do julgamento. Trad. Daniela Kern; Guilherme J. F. Teixeira. – 2. ed. Porto Alegre, RS: Zouk.

CANAGARAJAH, A. S. (2007). The ecology of Global English. International Multilingual Research Journal, v. 1, n. 2, p. 89-100.

DA SILVA, E. (2015). Humor, (re)positioning ethnolinguistic ideologies: “You tink is funny?”. Language in Society, v. 44, n. 2, p. 187-212.

DUCHÊNE, A.; HELLER, M. (Orgs.) (2012). Language in late capitalism: Pride and profit. New York: Routledge.

GARCEZ, P. de M. (2018). Quem é estudante falante de português em famílias de origem brasileira em Toronto, Canadá? questões de classe. Linguagem em (Dis)curso, v. 18, n. 3, p. 729-749.

(DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1982-4017-180304-DO0418)

GARCEZ, P. de M.; BULLA, G. da S.; LODER, L. L. (2014). Práticas de pesquisa microetnográfica: geração, segmentação e transcrição de dados audiovisuais como procedimentos analíticos plenos. D.E.L.T.A., v. 30, n. 2, p. 257-288. (DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0102-44507830736490814)

HARVEY, D. (2014). Seventeen contradictions and the end of capitalism. Oxford; New York: Oxford University Press.

HELLER, M. (2010). The commodification of language. Annual Review of Anthropology, v. 39, p. 101-114.

HELLER, M.; DUCHÊNE, A. (2016). Treating language as an economic resource: Discourse, data and debate. In: COUPLAND, N. (org.), Sociolinguistics: Theoretical debates. Cambridge: Cambridge University Press, p. 139-156.

IRVINE, J. T.; GAL, S. (2000). Language ideology and linguistic differentiation. In: P. V. Kroskrity, (org.), Regimes of language: Ideologies, polities, and identities. Santa Fe: School of American Research Press, p. 35-84.

JAFFE, A. (2000). Comic performance and the articulation of hybrid identity. Pragmatics, v. 10, n. 1, p. 39-59.

JAFFE, A.; KOVEN, M.; PERRINO, S.; VIGOUROUX, C. B. (2015). Introduction: heteroglossia, performance, power, and participation. Language in Society, v. 44, n. 2, p. 135-139.

MOITA LOPES, L. P. (2015). Introduction: Linguistic ideology: How Portuguese is being discursively constructed in late modernity. In L. P. Moita Lopes (org.) Global Portuguese: Linguistic ideologies in late modernity. Londres: Routledge, p. 1-26.

PARK, J. S. (2012). Markets of English: Linguistic capital and language policy in a globalizing world. Routledge, p. 3-8.

URCIUOLI, B (2016). The compromised pragmatics of diversity. Language & Communication, v. 51, p. 30-39.

Referências do corpus

ADANS, D.; MACHADO, M. (2013). "Será que eu só fiz coisa ruim aí?", diz Joel Santana. UOL Esportes. Disponível em: https://atarde.uol.com.br/esportes/noticias/1544267-sera-que-eu-so-fiz-coisa-ruim-ai-diz-joel-santana Acesso: 21 ago. 2020.

À la Joel: técnico Fabio Capello responde críticas a seu inglês. (2011). Globo Esporte. Disponível em: http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-ingles/noticia/2011/03/la-joel-tecnico-fabio-capello-responde-criticas-seu-ingles.html Acesso: 21 ago. 2020.

DESAFIO na Taverna: Treinando Hearthstone com Joel Santana, Parte 1 - Minissérie Especial. (2018a). Hearthstone Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Fu-KeLLda48 Acesso: 13 ago. 2019.

DESAFIO na Taverna: Treinando Hearthstone com Joel Santana, Parte 2 - Minissérie Especial. (2018b). Hearthstone Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=tU7ZydKmenE&t=14s Acesso: 13 ago. 2019.

DESAFIO na Taverna: Treinando Hearthstone com Joel Santana, Parte 3 - Minissérie Especial. (2018c). Hearthstone Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=qoL6QiCdOBM Acesso: 13 ago. 2019.

DEVIDO ao sucesso na publicidade, Joel Santana cogita encerrar carreira de técnico: 'Ninguém mais me chama de burro' (2014). Netvasco. Disponível em: http://www.netvasco.com.br/n/148336/devido-a-sucesso-na-publicidade-joel-santana-cogita-encerrar-carreira-de-tecnico-ninguem-mais-me-chama-de-burro Acesso: 13 ago. 2019.

DIAS, T.; LAVINAS, T. (2009). Joel Santana defende o 'inglês boleiro. Globo Esporte. Disponível em: http://globoesporte.globo.com/Esportes/Futebol/Copa_Confederacoes/Noticias/0,,MUL1203707-9829,00-JOEL+SANTANA+DEFENDE+O+INGLES+BOLEIRO.html Acesso: 13 ago. 2019.

ENTREVISTA do Joel Santana. (2009a). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=BoxA9ghHkOM Acesso: 13 ago. 2019.

ENTREVISTA do Joel Santana. (2009b). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=OxPMBPj279Q Acesso: 13 ago. 2019.

ENTREVISTA do Joel Santana. (2018) Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=IKzeiMmIUZg Acesso: 13 ago. 2019.

GUIMARÃES, K. (2014) Head & Shoulders evolui com Joel Santana. PROPMARK. Disponível em: https://propmark.com.br/anunciantes/head-a-shoulders-evolui-com-joel-santana/ Acesso: 13 ago. 2019.

HEAD & Shoulders - Joel Santana em Donti Révi Caspa. (2013a) Head & Shoulders Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Ew1bwAezxY8&feature=youtu.be Acesso: 13 ago. 2019.

HEAD & Shoulders - Joel Santana em Singing in the Chuveration. (2013b) Head & Shoulders Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=TWYVeLipIlw Acesso: 13 ago. 2019.

HEAD & Shoulders - Joel, Pelé e Marcos em "Camisa 10". (2013c) Head & Shoulders Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=kU-brojmB2w Acesso: 13 ago. 2019.

HEAD & Shoulders - Joel's Tálqui Show - O Programa do Joel Santana. (2014a) Head & Shoulders Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=EVFgjLn16w0&feature=youtu.be Acesso: 13 ago. 2019.

HEAD & Shoulders apresenta "Maria sem Caspa". (2014b) Head & Shoulders Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=i-Gu7WvgWDU Acesso: 13 ago. 2019.

HEAD & Shoulders apresenta “The Lovi Istóry”. (2014c) Head & Shoulders Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Umrx1UDupRc Acesso: 13 ago. 2019.

“INGLÊS Joel Santana”? Presidente da Embratur viraliza ao convidar turistas para o Brasil. (2020) Jornal de Brasília. Disponível em: https://jornaldebrasilia.com.br/politica-e-poder/ingles-joel-santana-presidente-da-embratur-viraliza-ao-convidar-turistas-para-o-brasil/ Acesso: 21 ago. 2020.

JOEL relembra entrevista épica em inglês e vibra com sucesso de comercial. (2013) UOL Esporte. Disponível em: https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/09/18/joel-relembra-entrevista-epica-em-ingles-e-vibra-com-sucesso-de-comercial.htm Acesso: 13 ago. 2019.

JOEL Santana e Tatá Werneck na Coletiva de Imprensa. (2018a) EF English Live Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=al0wMBdeee0&feature=youtu.be Acesso: 13 ago. 2019.

JOEL Santana em: Vai Sea Food. (2018) Nissin Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=NBia-a93Od0 Acesso: 13 ago. 2019.

MAIA, A. (2013a) Joel Santana se compara a Tom Cruise e diz que é artista. Blog do Arivaldo Maia. Disponível em: http://arivaldomaia.blogsdagazetaweb.com/2013/08/19/joel-santana-se-compara-a-tom-cruise-e-diz-que-e-artista/ Acesso: 21 ago. 2020.

MAIA, A. (2013b) Artista e ainda técnico, Joel critica nível do inglês ensinado no Brasil. Blog do Arivaldo Maia. Disponível em: http://arivaldomaia.blogsdagazetaweb.com/2013/09/20/artista-e-ainda-tecnico-joel-critica-nivel-do-ingles-ensinado-no-brasil/ Acesso: 21 ago. 2020.

PASSOS, P. (2014) Inglês de Joel Santana ainda é motivo de piada na África do Sul. UOL Esporte. Disponível em: https://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2014/03/11/ingles-de-joel-santana-ainda-e-motivo-de-piada-na-africa-do-sul.htm Acesso: 13 ago. 2019.

PEPSI - Joel Santana e a aula de inglês - Pode Ser? (2012) Pepsi. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=FjmxkHZjIHM Acesso: 13 ago. 2019.

TROQUE sua TV para torcer :) | Dá um Americanas.com. (2018) Americanas. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=_IeiudYFmOE Acesso: 13 ago. 2019.

VESTIÁRIO, com Joel Santana e Tatá Werneck. (2018b) EF English Live Brasil. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=2XCunxFqP8w&feature=youtu.be Acesso: 13 ago. 2019.

Downloads

Publicado

2021-09-14

Como Citar

FONSECA, N. B. da. Repertório linguístico reconfigurado para lucro no caso Joel Santana. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 60, n. 2, p. 379–394, 2021. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/tla/article/view/8664055. Acesso em: 25 maio. 2022.