Paul Erdös: o Ahasverus da matemática

Autores

  • Jacques Fux Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.20396/zet.v23i43.8646555

Palavras-chave:

Paul Erdös. Matemática. Ahasverus. Teoremas.

Resumo

Este texto tem como objetivo reconstruir ficcionalmente a vida do matemático Paul
Erdös. Partindo do personagem literário Ahasverus – O Judeu Errante – o presente ensaio deseja mostrar as nuances, descobertas e romances desse incrível matemático.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jacques Fux, Universidade Federal de Minas Gerais

Vencedor do Prêmio São Paulo de Literatura 2013 com o livro Antiterapias e Vencedor do Prêmio CAPES de Melhor Tese de Letras/Linguística do Brasil em 2011, versão do livro Literatura e Matemática: Jorge Luis Borges, Georges Perec e o OULIPO. Pesquisador Visitante na Universidade de Harvard (2012-2013), pós-doutor em Teoria Literária pela Unicamp (bolsa Fapesp) e pós-doutorando em Literatura Comparada pela UFMG. Doutor em Literatura Comparada e Doutor em Língua, Literatura e Civilização Francesa (UFMG/Lille 3). Graduado em Matemática e Mestre em Ciência da Computação pela UFMG. Seu novo romance Brochadas (Menção Honrosa no Prêmio Cidade de Belo Horizonte) foi lançado pela Editora Rocco.

Downloads

Publicado

2016-01-22

Como Citar

Fux, J. (2016). Paul Erdös: o Ahasverus da matemática. Zetetike, 23(1), 75–94. https://doi.org/10.20396/zet.v23i43.8646555

Edição

Seção

Artigo