Banner Portal
O porquê da etnomatemática na educação indígena
PDF

Palavras-chave

Índios
Educação matemática
Etnomatemática

Como Citar

COSTA, W. N. G.; BORBA, M. de C. O porquê da etnomatemática na educação indígena. Zetetike, Campinas, SP, v. 4, n. 2, p. 87–95, 1996. DOI: 10.20396/zet.v4i6.8646741. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646741. Acesso em: 25 fev. 2024.

Resumo

O cotidiano de imprensa “mostra” que os índios brasileiros estão sendo explorados comercialmente e violentados culturalmente. Nós acreditamos em uma educação matemática que não perpetue esta violência cultural mas sim que respeite a visão de mundo, os valores, linguagem, sentimentos, ações e desejos deste povo, ou seja, acreditemos que numa escola indígena deve ser implementada uma proposta pedagógica baseada em etnomatemática. Para melhor colocarmos esta questão, discutimos neste artigo 3 pontos a saber: a) a necessidade do índio estudar matemática; b) a questão da discriminação que resultaria de um ensino de matemática que se distancia do tradicional; c) o significado do termo etnomatemática.

https://doi.org/10.20396/zet.v4i6.8646741
PDF
Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2014 Zetetiké: Revista de Educação Matemática

Downloads

Não há dados estatísticos.