Banner Portal
Políticas públicas
PDF

Palavras-chave

Políticas públicas educacionais
Formação de professores de matemática
Propostas curriculares em matemática

Como Citar

OLIVEIRA, Rosana de. Políticas públicas: diferentes interfaces sobre a formação do professor de matemática. Zetetike, Campinas, SP, v. 17, 2009. DOI: 10.20396/zet.v17i0.8646792. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646792. Acesso em: 15 abr. 2024.

Resumo

O objetivo deste artigo é trazer para a área de Educação Matemática os conceitos de: políticas públicas, recontextualização e performatividade. Procuro compreender como o papel do Estado se articula e reflete nas políticas públicas de formação de professores de Matemática. Assumo como premissa que essas políticas públicas estão inseridas num bojo de ações políticas que abarcam a educação brasileira, em particular, a Educação Matemática. Relaciono as diferentes avaliações, tais como: Saeb, Prova Brasil, Provinha Brasil, Enem e Enade com a posição do Estado avaliador. Concluo o trabalho, apresentando alguns dados que suscitam a reflexão sobre o papel do GT19 (Educação Matemática - Anped) e da Sbem na recente configuração do quadro Programas de Pós-Graduação que se relacionam à área.
https://doi.org/10.20396/zet.v17i0.8646792
PDF

Referências

BAIRRAL, M. A.; KINDEL, D. S.; OLIVEIRA, R. Uma propor-ação entre Matemática e PCN. Rio de Janeiro, GEPEM, 2000.

BALL, Stephen J. Diretrizes políticas globais e relações políticas locais em educação. Currículo sem Fronteiras, v. 1, n. 2, p. 99-116, jul./dez. 2001. Disponível em: www.curriculosemfronteiras.org.

BALL, Stephen J. Reformar escolas/reformar professores e os terrores da performatividade. Revista Portuguesa de Educação — Universidade do Minho, Braga, Portugal, v. 15, n. 002, p. 3-23, 2002.

BARROSO, João. Regulação e desregulação nas políticas educativas: tendências emergentes em estudos de educação comparada. In: BARROSO, João (Org.). A escola pública: regulação, desregulação, privatização. Porto: Asa, 2003. p.19-48.

BARROSO, João. A regulação das políticas públicas de Educação: espaços, dinâmicas e actores. Lisboa: EDUCA, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Disponível em: http://www.inep.gov.br/basica/saeb/perguntas_frequentes.htm. Acesso em: 28 maio 2008, 13 h.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: nova LDB (Lei n. 9.394). Rio de Janeiro: Qualymark; DNYA, 1998a.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998b.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental: introdução aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998c.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Brasília: MEC/SEMTEC, 1999.

BRASIL. Parâmetros em Ação. Programa de desenvolvimento profissional continuado. Ministério da Educação. Secretaria de Ensino Fundamental. Terceiro e Quarto Ciclos do Ensino Fundamental (5ª a 8ª séries), 2000. v.1.

GARNICA, A. V. M. Educação Matemática e políticas públicas: currículos, avaliação, livros didáticos e formação de professores. ANPED GT19: Educação Matemática. 2006. Disponível em: http://www.anped.org.br/reunioes/30ra/trabalhos_encomendados/trabalho%20encomendado%20gt19%20-%20antonio%20vicente%20-%20res.pdf.

LOPES, Alice Casimiro. Os parâmetros curriculares nacionais para o ensino médio e a submissão ao mundo produtivo: o caso do conceito de contextualização. Educação & Sociedade, São Paulo, 2002, v. 23, n. 80, p. 389-404. Disponível em: www.scielo.br.

LOPES, Alice Casimiro. Políticas de currículo: mediação por grupos disciplinares de ciências e matemática. In: Lopes, Alice Casimiro; Macedo, Elizabeth. Currículo de ciências em debate. Campinas: Papirus, 2004. p. 45-76.

PIRES, Célia Maria Carolino. Currículos de Matemática: para onde se orientam? Revista de Educação — PUC-Campinas, Campinas, SP, n. 18, p. 25-34, 2005.

SANTOS, Luciola Licinio de C. P. Políticas públicas para o Ensino Fundamental: Parâmetros Curriculares Nacionais e Sistema Nacional de Avaliação (Saeb). Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 80, set. 2002, p. 346-367. Disponível em: www.scielo.br e http://www.cedes.unicamp.br.

TORRES, Rosa Maria. Melhorar a qualidade da educação básica? As estratégias do Banco Mundial. In: TOMMASI, Lívia de; WARDE, Mirian Jorge; HADDAD, Sérgio (Org.). O Banco Mundial e as políticas educacionais. São Paulo: Cortez, 2000.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Copyright (c) 2014 Zetetiké: Revista de Educação Matemática

Downloads

Não há dados estatísticos.