<b>Ficando estacas: uma tentativa de demarcar a educação matemática como campo profissional científico</b><br><i>p.99-120

Autores

  • Jeremy Kilpatrick Faculdade de Educação da Georgia

DOI:

https://doi.org/10.20396/zet.v4i5.8646867

Palavras-chave:

Pesquisa em Educação Matemática, Avaliação de pesquisas, História da pesquisa, Tendências em educação matemática

Resumo

O campo da Educação Matemática tem aspectos profissionais e acadêmicos. Do lado acadêmico, a questão do que é considerado pesquisa está ainda sendo debatida. Um exame de dois conjuntos de critérios propostos para avaliar a qualidade da pesquisa em Educação Matemática revela que, apropriadamente interpretados, os critérios emprestados das ciências naturais e sociais são relevantes para um campo que está tentando ser científico. Do lado profissional, a Educação Matemática deve inevitavelmente preocupar-se com a aplicação do conhecimento especializado para auxiliar os estudantes e os professores que são seus clientes. A formação de professores continua sendo a função maior da Educação Matemática, paralelamente à busca do conhecimento sólido para ser aplicado. Os educadores matemáticos universitários precisam trabalhar junto com matemáticos e professores em sala de aula no desenvolvimento da teoria e da prática. A Educação Matemática tem se desenvolvido bem em países nos quais as estruturas institucionais a apóiam como um campo acadêmico identificável.

Palavras-chave
Pesquisa em Educação Matemática; Avaliação de pesquisas; História da pesquisa; Tendências em educação matemática


Abstract

The field of mathematics education has both scholarly and professional aspects. On the scholarly side, question of what counts as research is still being debated. An examination of two proposed sets of criteria for evaluating the quality of research in mathematics education reveals that, interpreted appropriately, criteria borrowed from the natural and social sciences are relevant to a field that is attempting to be scientific. On the professional side, mathematics education must inevitably be concerned with the application of specialized knowledge to assist the students and teachers who are its clients. Teacher education remains a major function of mathematics education, parallel to the search for reliable knowledge to be applied. University mathematics educators need to work closely with mathematicians and with classroom teachers in developing both theory and practice. Mathematics education has flourished in countries in which institutional structure have supported it is as an identifiable academic field.

Keywords
Research in mathematics education; Evaluation of research; History of research; Trends in mathematics education

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeremy Kilpatrick, Faculdade de Educação da Georgia

Profº Regente da Educação Matemática, Faculdade de Educação da Georgia, Athens, USA.

Downloads

Publicado

2009-10-19

Como Citar

KILPATRICK, J. <b>Ficando estacas: uma tentativa de demarcar a educação matemática como campo profissional científico</b><br><i>p.99-120. Zetetike, Campinas, SP, v. 4, n. 1, 2009. DOI: 10.20396/zet.v4i5.8646867. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8646867. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigo