Um estudo da mudança das ações docentes de um supervisor do PIBID-Matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/zet.v26i2.8649577

Palavras-chave:

PIBID-Matemática. Relação com o saber. Matriz 3x3. Formação em serviço.

Resumo

Neste artigo analisamos a ação docente de um supervisor do PIBID-Matemática, por meio de um instrumento de análise denominado Matriz 3x3. O instrumento permite categorizar as relações estabelecidas pelos professores com o saber, o ensinar e o aprender para qualquer conteúdo escolar. Os dados foram obtidos pela observação das aulas do supervisor para três turmas do sexto ano do ensino fundamental. Com base em comparações realizadas sobre a ação desse professor, antes e após uma intervenção feita pelo pesquisador no campo, observamos que essas ações mudaram: antes, suas aulas focavam mais o ensino, demonstrando maior interesse com sua conduta e a maneira como a exposição do conteúdo e manutenção da ordem eram realizadas; após a intervenção, elas passaram a focar mais a aprendizagem, possibilitando que os alunos fossem mais ativos durante esse processo, considerando suas percepções e soluções apresentadas sobre o conteúdo abordado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Fogaça Carvalho, Universidade Estadual de Londrina

Pós-doutorando em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Londrina E-mail: diegofocarva@gmail.com.

Sergio de Mello Arruda, Professor Sênior da Universidade Estadual de Londrina

SERGIO DE MELLO ARRUDA é Bacharel em Física (USP, 1976), Mestre em Ensino de Ciências (USP, 1994) e Doutor em Educação (USP, 2001). Professor da Universidade Estadual de Londrina desde 1978.

Marinez Meneghello Passos, Universidade Estadual de Londrina

Atualmente é professora senior da Universidade Estadual de Londrina.

Referências

Alves, M. R., Barbosa, M. S., Maia, F. A., Almeida, M. T. C., França, S. D., & Franco, J. F. (2010). O Ensino integrado da matemática: um estudo em escola participante do PIBID-UNIMONTES. Educação Matemática em Revista, 15(31), 14-23.

Alves, M. R., Souza, G. V., Gomes, G. P., Maia, F. A., Almeida, M. T. C., & França, S. D. (2012). Atividade envolvendo quadriláteros: um relato de experiência. Educação Matemática em Revista, 17(37), 24-31.

Arruda, S. de M., & Lima, J. P. C. de; Passos, M. M. (2011). Um novo instrumento para a análise da ação do professor em sala de aula. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 11(2), 139-160.

Arruda, S. de M., & Passos, M. M. (2015). A relação com o saber na sala de aula. Anais do 9º Colóquio Internacional “Educação e Contemporaneidade” (pp.1-14). Aracaju: Grupo de Pesquisa CNPq/UFS Educação e Contemporaneidade. Retirado em 21 de abril, 2017, de: http://educonse.com.br/ixcoloquio/arruda_passos2.pdf.

Bampi, L. R., & Moellwald, F. E.; Camargo, G. D.; Kettermann, F. M. (2013). Em meio ao PIBID e aos estágios de docência – da escrita na leitura. Zetetiké, 21(40), 105-125.

Bardin, L. (2016). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Bovo, A. A., Barbosa, L. A. L., Doná, E. G., & Moreira, L. A. (2012). Descomplicando o teorema de Pitágoras. Educação Matemática em Revista, 17(36), 22-30.

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). (2013). Diretoria de Formação de Professores da Educação Básica – DEB. Relatório de Gestão – 2009/2013. Brasília: MEC/CAPES. Retirado em 16 de abril, 2014, de: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/bolsas/2562014-relatrorio-DEB-2013-web.pdf.

Carvalho, A. M. P. (2012). Os estágios nos cursos de licenciatura. São Paulo: Cengage Learning.

Carvalho, D. F. (2016). O PIBID e as relações com o saber, aprendizagem da docência e pesquisa: caracterização de uma intervenção na formação inicial de professores de matemática. Tese de Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática. Londrina: Universidade Estadual de Londrina.

Charlot, B. (2000). Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed.

Chevallard, Y. (2005). La transposición didática: del saber sábio al saber enseñado. Buenos Aires: Aique Grupo Editor.

Figueroa, T. P., Fávero, E. M. B., Almeida, L. C. A., & Santos, J. R. (2011). Tecnologias concretas e digitais aplicadas ao processo de ensino aprendizagem de matemática inclusiva. Educação Matemática em Revista, 16(32), 52-60.

Gauthier, C., & Martineau, S.; Desbiens, J. F.; Malo, A.; Simard, D. (2013). Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Unijuí.

Largo, V. (2013). O PIBID e as relações de saber na formação inicial de professores de matemática. Tese de doutorado em ensino de Ciências e Educação Matemática. Londrina: Universidade Estadual de Londrina.

Maistro, V. I. A. (2012). Formação inicial: o estágio supervisionado segundo a visão de acadêmicos do curso de Ciências Biológicas. Tese de Doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática. Londrina. Universidade Estadual de Londrina.

Marchetto, R. (2016). Utilização do software MATLAB como recurso tecnológico de aprendizagem na transformação de matrizes em imagens. Revista Eletrônica de Educação Matemática, 11(1), 118-130.

Moraes, R., & Galiazzi, M. do C. (2011). Análise textual discursiva. Ijuí: Unijuí.

Pimenta, S. G., &Lima, M. S. L. (2011). Estágio e docência. São Paulo: Cortez Editora.

Pranke, A., & Frison, L. M. B. (2015). Potencialização da aprendizagem autorregulada de bolsistas do PIBID/UFPel do curso de Licenciatura em Matemática através de oficinas pedagógicas. Bolema, 29(51), 223-240.

Rodrigues, M. U., Miskulin, R. G. S., Silva, L. D., & Ferreira, N. C. (2016). PIBID como “Terceiro Espaço” na formação de professores de matemática no Brasil. Perspectivas da Educação Matemática, 9(19), 162-183.

Tardif, M. (2002). Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes.

Xavier, A. C. M. Z., & Silva, H. (2015). Produção e análise de narrativas escritas ou orais: possibilidades na investigação sobre formação de professores de matemática. Perspectivas da Educação Matemática, 8(18), 709-726.

Downloads

Publicado

2018-06-13

Como Citar

Carvalho, D. F., Arruda, S. de M., & Passos, M. M. (2018). Um estudo da mudança das ações docentes de um supervisor do PIBID-Matemática. Zetetike, 26(2), 318–336. https://doi.org/10.20396/zet.v26i2.8649577

Edição

Seção

Artigo

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)