Dos materiais didáticos produzidos nas Faculdades de Tecnologia do estado de São Paulo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/zet.v27i0.8654047

Palavras-chave:

Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo. História da educação matemática. Apostilas. Cultura matemática escolar.

Resumo

Este artigo é parte de um estudo de doutorado que tem como foco o ensino de Matemática nas Faculdades de Tecnologia do estado de São Paulo (Fatec), particularmente, o da Fatec São Paulo, criada nos limiares da década de 1970, em pleno regime militar. A História Oral foi mobilizada como princípio teórico-metodológico, o que possibilitou a criação de narrativas sobre o surgimento dessas faculdades no cenário educacional e sua demanda por professores de Matemática, o lugar ocupado pela Matemática nas Fatec e a força do discurso sobre a necessidade de uma “Matemática para tecnólogos”. Este artigo discute mais especificamente a criação de materiais didáticos (apostilas), relativos ao ensino de Matemática, visando a compreender se (e, se for o caso, como) o discurso em defesa de uma Matemática específica para tecnólogos se efetiva na instituição.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosemeiry Castro Prado, Faculdade de Tecnologia do estado de São Paulo

Mestre em Educação Matemática - PUC/; Doutora em Educação para a Ciência - Unesp Bauru/SP; Professora da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo - Fatec Ourinhos.

 

Antonio Vicente Marafioti Garnica, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Bacharel em Matemática pela UNESP, Mestre e Doutor em Educação Matemática da UNESP. Livre-docente pelo Departamento de Matemática da UNESP.

Referências

Broti, M. P. (2012). O Ensino Superior no Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza: sujeitos, experiências e currículo (1969-1976). Dissertação de Mestrado em Educação. São Paulo: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

Chervel, F. G. (1990). História das disciplinas escolares: reflexões sobre um campo de pesquisa. Teoria & Educação, Porto Alegre, 2(1) 177-229.

Chixaro, Paulo Henriques. Entrevistadora: Rosemeiry de Castro Prado. Ourinhos, 16 mar. 2016. Disponível em Prado (2018).

Cury, F. G. (2011). Uma história da formação de professores de Matemática e das instituições formadoras de estado de Tocantins. Tese de Doutorado em Educação Matemática. Rio Claro: Universidade Estadual Paulista.

Faria Filho, L. M.; & Vidal, D. G. (2004). A cultura escolar como categoria de análise e como campo de investigação na história da educação brasileira. Revista Educação e Pesquisa, 30(1), 139-159.

Fiorentini, D. (1995). Alguns modos de ver e conceber o ensino da matemática no Brasil. Zetetike, 3(4), 1-37.

Fonseca, A. G., & Vilela, D. S. (2014). Livros Didáticos e Apostilas: o currículo de matemática e a dualidade do ensino médio. Bolema, 28(49), 557-579.

Maranhão, M. C. S. (1999). A Dialética Ferramenta Objeto. In Machado, S. A. D. (Org.). Educação Matemática: uma introdução. (pp. 115-134). São Paulo: EDUC.

Melillo, K.M.F.A.L. (2018). História de práticas de ensinar-aprender Matemática no Colégio Técnico da UFMG-COLTEC (1969-1997). Tese de Doutorado em Educação. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais.

Paullete, Walter. Entrevistadora: Rosemeiry de Castro Prado. São Paulo, 23 nov.2016. Disponível em Prado (2018).

Prado, R. C. (2018). As Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo: um histórico da instituição e aspectos relativos ao ensino de Matemática nela praticado. Tese de Doutorado em Educação para Ciência. Bauru: Universidade Estadual Paulista.

Souza, Suzana Abreu Oliveira de. Entrevistadora: Rosemeiry de Castro Prado. São Paulo, 07 dez. 2016. Disponível em Prado (2018).

Souza, R. F. de. (2007). Vestígios da cultura material escolar. Revista Brasileira da História de Educação, 7(2), 11-14. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php /rbhe/issue/view/1378. Acesso em: 20 de jun. 2018.

Valente, W. R. (2008). Quem somos nós professores de matemática? Caderno Cedes, 28(74), 11-23.

Downloads

Publicado

2019-04-15

Como Citar

PRADO, R. C.; GARNICA, A. V. M. Dos materiais didáticos produzidos nas Faculdades de Tecnologia do estado de São Paulo. Zetetike, Campinas, SP, v. 27, p. e019009, 2019. DOI: 10.20396/zet.v27i0.8654047. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/zetetike/article/view/8654047. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê - Impressos para o ensino ou textos de referência e História da Educação Matemática: leituras e interpretações

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)