Livros didáticos de Matemática da EJA

uma análise com hermenêutica de profundidade

Palavras-chave: Educação de jovens e adultos, EJA , Educação matemática.

Resumo

Neste artigo, apresenta-se uma análise dos livros de Matemática que compõem a coleção “EJA – Mundo do Trabalho”. Tal coleção, composta por 12 volumes, destinada ao segundo segmento do Ensino Fundamental, foi adotada pela Secretaria do Estado da Educação de São Paulo em 2013. Esta análise é um recorte de pesquisa de mestrado, cujo objetivo foi analisar como a coleção mobiliza a Matemática para abordar a concepção de trabalho, quando este surge como tema. Para tanto, se valeu da Hermenêutica de Profundidade e do conceito de Paratextos Editoriais, para efetivar três diferentes análises, dentre elas a formal ou discursiva, apresentada neste artigo. Nessa perspectiva, focaram-se a estruturação e o conteúdo dos livros, os quais foram descritos detalhada e criteriosamente. Foi possível constatar que a estruturação dos livros se baseia em um currículo mínimo de Matemática, e que os conteúdos matemáticos se relacionam a atividades específicas de algumas profissões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danilo Pires de Azevedo, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho"

Doutorando no Programa de Pós-Graduaççao em Educação para a Ciência da Faculdade de Ciencias da Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho".

Maria Ednéia Martins-Salandim, Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho"

Professora do depto de Matemática e do Programa de Educação para a Ciência da Faculdade de Ciências da Unesp Bauru.

Referências

Andrade, M. M. (2012). Ensaios sobre o Ensino em geral e o de Matemática em particular, de Lacroix: análise de uma forma simbólica à luz do Referencial

Metodológico da Hermenêutica de Profundidade. 281f. Tese de Doutorado em Educação Matemática. Universidade Estadual Paulista, Rio Claro. Retirado em 20 de novembro, 2018 de: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/102111/andrade_mm_dr_rcla.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Azevedo, D. P. de. (2017). Uma análise de livros didáticos de Matemática da coleção “EJA- Mundo do Trabalho”. 112f. Dissertação de Mestrado em Educação. Universidade Estadual Paulista, Bauru. Retirado em 24 de novembro, 2018 de: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/151966/azevedo_dp_me_bauru.pdf?sequence=3&isAllowed=y.

Garnica, A. V. M.; Gomes, M. L. M & Andrade, M. M. (2012). As memórias de Lacroix: a instrução pública na França revolucionária, em geral, e o ensino de Matemática, em particular. Bolema, 26, 1227-1240.

Genette, G. (2009). Paratextos editoriais (Álvaro Faleiros, Trad.). São Paulo: Ateliê Editorial.

Oliveira, F. D. (2008). Análise de textos didáticos: três estudos. 224f. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática. Rio Claro: Universidade Estadual Paulista. Retirado em 20 de novembro, 2018 de: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/91113/oliveira_fd_me_rcla.pdf?sequence=1&isAllowed=y

São Paulo. (2013). Educação de Jovens e Adultos (EJA) – Mundo do Trabalho: Ciências e Matemática: 9º ano/3º termo do Ensino Fundamental. São Paulo: Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECTI).

Souza, L. J. A. (2017). Aritmética Elementar de Charles Sanders Peirce: tradução e notas para uma hermenêutica. 276 f. Dissertação de Mestrado em Educação para Ciência. Bauru: Universidade Estadual Paulista. Retirado em 26 de novembro, 2018 de: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/150552/souza_lj_me_bauru.pdf?sequence=3&isAllowed=y.

Thompson, J. B. (2011). Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis: Vozes.

Publicado
2019-05-18
Como Citar
Azevedo, D. P. de, & Martins-Salandim, M. E. (2019). Livros didáticos de Matemática da EJA. Zetetike, 27, e019019. https://doi.org/10.20396/zet.v27i0.8654289
Seção
Dossiê - Impressos para o ensino ou textos de referência e História da Educação Matemática: leituras e interpretações