O Saresp e questões de estatística para o nono ano do ensino fundamental

Palavras-chave: Resolução de problemas, Estatística, Ensinofundamental, Saresp

Resumo

A pesquisa tem por objetivo verificar se questões orientadas para o nono ano do Ensino Fundamental do Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo – Saresp, abordam conteúdos estatísticos utilizando a resolução de problemas segundo o documento americano “Diretrizes para Avaliação e Instrução em Educação Estatística – GAISE”. Para a seleção das questões, houve um recorte temporal definido, pois estão disponibilizadas online nos relatórios pedagógicos de 2008 a 2018. Para a apresentação e análise das questões: descrevemos o tipo do raciocínio utilizado; analisamos segundo a resolução de problemas e a variabilidade partindo do documento GAISE; e finalmente sugerimos novas questões. Os resultados indicam que apesar de ser expresso nos relatórios pedagógicos anuais do Saresp que há a utilização da resolução de problemas na elaboração das questões não foram elaboradas considerando os princípios teóricos do documento GAISE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edmeire Aparecida Fontana, Escola Municipal de Ensino Fundamental Alfredo Cesário de Oliveira

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM. Professora da EMEF Alfredo Cesário de Oliveira, Igarapava, São Paulo, Brasil.

Ailton Paulo de Oliveira Júnior, Universidade Federal do ABC

Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo – USP. Professor Associado II da Universidade Federal do ABC - UFABC.

Referências

Chamorro, M. & Vecino, F. (2003). El tratamiento y la resolución de problemas. En Chamorro, M. (Ed.), Didáctica de las Matemáticas para Primaria (pp. 273-299). Madrid: Pearson Educación.

Díaz, V. & Poblete, A. (2001). Contextualizando tipos de problemas matemáticos en el aula. Números: Revista de Didáctica de las Matemáticas, 45, 33-41.

Díaz-Levicoy, D. & Mayorga, A. (2014). La resolución de problemas como herramienta para la integración de contenidos matemáticos. Revista Investigaciones em Educación, 14(1), 25-42.

Fini, M. E. (2018). Leitura crítica: matemática na proposta da BNCC. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/relatorios-analiticos/Parecer_7_MA_Maria_Eliza_Fini.pdf

Franklin, C. A. & Newborn, D. S. (2006). The Statistical Education of Grades Pre-k-12 Teachers. A shared responsibility. Thinking and Reasoning with Data and Chance, 68th yearbook of the National Council of Teachers of Mathematics.

Franklin, C. A., Kader, G., Mewborn, D., Moreno, J., Peck, R., Perry, M. & Schaeffer, R. (2007). Guidelines for assessment and instruction in statistics education (GAISE) Report: A Pre-K-12 Curriculum Framework. Alexandria, VA. Disponível em: https://www.amstat.org/education/gaise/GAISEPreK-12.htm

Gal, I. (2002). Adult ́s statistical literacy: Meaning, components, responsibilities. International Statistical Review, 70(1), 1-25.

Garfield, J. & Ben-Zvi, D. (2007). How Students Learn Statistics Revisited: A Current Review of Research on Teaching and Learning Statistics, International Statistical Review, 75(3), 372-396.

Groth, R. E. (2006). Engaging Students in Authentic Data Analysis. In G. F. Burril, & P. C. Elliott (Eds.). National Council of Teachers of Mathematics Yearbook.

Herrera, A. (2013). Ambientes de aprendizajes para favorecer el desarrollo del pensamiento y lenguaje matemático: la aventura de pensar en clase de matemática. Revista Ibero-Americana de Estudos Em Educação, 8(4), 1019-1029.

Lammoglia, B. (2013). O Saresp: visão da matemática escolar por atores da rede estadual de ensino. Anais do 11 Encontro Nacional de Educação Matemática. Curitiba (PR): Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Retirado em 15 de março, 2020, de: http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/XIENEM/pdf/1940_1382_ID.pdf

Lopes, C. A. E. (2008). O ensino da Estatística e da probabilidade na Educação Básica e a formação dos professores. Caderno Cedes, 28(7), 57-73.

Lopes, C. A. E. (2011). A Estocástica no Currículo de Matemática e a Resolução de Problemas. Anais do 2 Seminário de Resolução de Problema - SERP. Rio Claro (SP): UNESP.

Lopes, C. A. E. (2013). Educação Estatística no curso de licenciatura em Matemática. Bolema, 27(47), 901-915.

Lopes, C. A. E. & Carvalho, C. (2009). Literacia Estatística na Educação Básica. In A. Nacarato, & C. A. E Lopes. Escritas e Leituras na Educação Matemática (pp. 77-92). Belo Horizonte: Autêntica.

Ministério da Educação (MEC). (2017). Base Nacional Comum Curricular: Educação é a base. Ministério da Educação, Brasília, dez. 2017. Disponível em: http://basenacionalcomuma.mec.gov.br/images/BNCC_20dez_site.pdf

Onuchic, L. R. & Allevato, N. S. G. (2005). Novas reflexões sobre o ensino-aprendizagem de matemática através da resolução de problemas. In M. A. V. Bicudo, & M. C. Borba, M. C. (Orgs.), Educação Matemática - pesquisa em movimento (pp. 213-231). São Paulo: Cortez.

Pino, J. & Blanco, L. (2008). Análisis de los problemas de los libros de texto de Matemáticas para alumnos de 12 a 14 años de España y de Chile en relación con los contenidos de proporcionalidad. Publicaciones, 38, 63-88.

Rossman, A., Medina, E. & Chance, B. (2006). A Post-Calculus Introduction to Statistics for Future Secondary Teachers. Proceedings of 7 International Conference on Teaching Statistics (ICOTS). International Statistical Institute, Voorburg, The Netherlands. Retirado em 15 de março, 2020, de: https://iase-web.org/documents/papers/icots7/2E2_ROSS.pdf

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2009). Matrizes de referência para a avaliação Saresp: documento básico/Secretaria da Educação. v. 1. coordenação geral, Maria Inês Fini. – São Paulo: SEE.

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2009a). Relatório Pedagógico: Saresp 2008. Coordenação geral: Maria Inês Fini. São Paulo: SEE.

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2010). Relatório Pedagógico: Saresp 2009. Coordenação geral: Maria Inês Fini. São Paulo: SEE.

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2011). Relatório Pedagógico: Saresp 2010. Execução: Fundação Vunesp. São Paulo: SEE.

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2012). Relatório Pedagógico: Saresp 2011. Execução: Fundação Vunesp. São Paulo: SEE.

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2013). Relatório Pedagógico: Saresp 2012. Execução: Fundação Vunesp. São Paulo: SEE.

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2014). Relatório Pedagógico: Saresp 2013. Execução: Fundação Vunesp. São Paulo: SEE.

Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE). (2018). Relatório Pedagógico: Saresp 2018. Execução: Fundação Vunesp. São Paulo: SEE.

Snee, R. (1990). Statistical Thinking and its Contribution to Quality. The American Statistician, 44(2), 116-121.

Wallman, K. K. (1993). Enhancing statistical literacy: Enriching our society. Journal of the American Statistical Association, 88, 1-8.

Publicado
2020-05-29
Como Citar
Fontana, E. A., & Oliveira Júnior, A. P. de. (2020). O Saresp e questões de estatística para o nono ano do ensino fundamental. Zetetike, 28, e020020. https://doi.org/10.20396/zet.v28i0.8656898
Seção
Dossiê Temático

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)