Crianças de seis anos no ensino fundamental: elementos de ciências em escolas rurais do município de Três Pontas/MG

Autores

  • Glória Lúcia Magalhães Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Ciências – estudo e ensino. Ensino fundamental. Crianças. Analfabetismo. Métodos didático-pedagógicos. Mediação pedagógica.

Resumo

Este estudo considera como situação problemática o fato de que as crianças de seis anos, que há pouco tempo estavam na Educação Infantil, já estarem, hoje, no Ensino Fundamental, e tem como objetivo estabelecer modos de trabalhar no sentido do avanço dos conhecimentos relacionados à ciência, numa situação específica, ou seja, nas escolas com crianças não alfabetizadas que vivem na zona rural, no município de Três Pontas/MG, e cursam a Fase Introdutória do Ensino Fundamental. Para tal, consideramos as seguintes questões de estudo: 1. Como trabalhar aspectos de conhecimentos relacionados às ciências da natureza com crianças não-alfabetizadas. 2. De que maneira recursos como a história infantil, a música, o desenho, podem constituir-se em mediações para o avanço das crianças não-alfabetizadas no que se refere a conhecimentos relacionados às ciências da natureza. Para o desenvolvimento do trabalho, dois encontros foram realizados. No primeiro, as crianças foram motivadas a relatar o que gostavam de fazer, como brincavam, onde, com quem, os lugares que freqüentavam e, ainda, suas ocupações diárias. No segundo, ministramos uma aula, na qual o assunto a ser discutido com a turma estava relacionado com interesses e problemas manifestados pelas crianças no primeiro encontro. O arco-íris, algumas questões de gênero, e o Vento foram os temas discutidos durante a aula, na qual a aproximação das crianças com múltiplos recursos pedagógicos como globo terrestre, imagens, textos, fantoches, contribuiu para a mediação de conhecimentos relacionados às ciências da natureza e algumas questões sociais. Foi realizada a análise discursiva, de parte das aulas organizadas e ministradas por nós, enquanto pesquisadora-professora, pautadas, principalmente, em noções de trabalhos publicados no Brasil, por Eni Orlandi, com os recursos mencionados. Os principais aspectos trabalhados relacionam-se a conhecimentos sobre o arco-íris e questões de gênero e o vento. Foi possível evidenciar conhecimentos trazidos pelas crianças e detectar avanços em relação a esses conhecimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glória Lúcia Magalhães, Universidade Estadual de Campinas

Mestre pela Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, Área de Concentração: Ensino, Avaliação e Formação de Professores - Título da Dissertação: Crianças de seis anos no Ensino Fundamental: elementos de ciências em escolas rurais do município de Três Pontas/MG. Membro do Grupo de Pesquisa da FE/UNICAMP - gepCE. 

Downloads

Publicado

2009-02-04

Como Citar

Magalhães, G. L. (2009). Crianças de seis anos no ensino fundamental: elementos de ciências em escolas rurais do município de Três Pontas/MG. ETD - Educação Temática Digital, 10(1), 262–263. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1037