As culturas de afro-descendentes em currículos

Autores

  • Nilda Alves Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v9i0.1049

Palavras-chave:

Currículos escolares. Culturas. Artefatos culturais. Formação de professoras. Imagens.

Resumo

O texto é trabalhado a partir de pesquisa desenvolvida, de 2005 a 2008, em torno da questão da riqueza das culturas africanas e de suas expressões no Brasil e as possibilidades que o trabalho em torno de artefatos culturais pode trazer às necessidades curriculares de auto-conhecimento e conhecimento do outro como legítimo Outro, na superação de preconceitos, pelo trabalho conjunto sobre questões históricas e imagens. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nilda Alves, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Professora titular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro; Coordenadora do Laboratório Educação e Imagem; Pesquisadora do CNPq/UERJ/PROPEd.

Referências

ALMEIDA, M. J. Investigação visual a respeito do outro. In: GALLO, S.; SOUZA, R. M. Educação do preconceito: ensaios sobre poder e resistência. Campinas: Alínea, 2004. p. 29 – 68.

ALVES, N. Cultura e cotidiano escolar. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro: ANPEd, maio/ago 2003 b, n.23, p. 62 – 74.

BLOCH, E. O princípio da esperança. Rio de Janeiro: Contraponto/EdUerj, 2006, vol. 1.

BOULIER, D. Modes d’emploi: réinvention et traduction des techniques par l’usager. In: GRAS, A. et. al (Org.). Sociologie des techniques de la vie quotidienne. Paris: L’Harmattan, 1992.

CANCLINI, N. G. Culturas híbridas: estrategias para entrar y salir de la modernidad. 2a ed. Buenos Aires: Editorial Sudamericana, 1995.

CARVALHO, H. B. Clementina: uma nova estética. In: CARVALHO, H. B. et. al. Rainha Quelé – Clementina de Jesus. Rio de Janeiro: Finep/CTBrasil, 2001. p. 40 – 47.

CERTEAU, M. A invenção do cotidiano: as artes de fazer. Petrópolis: Vozes, 1994.

CERTEAU, M.Cultura no plural. Rio de Janeiro: Ed 37, 1992.

COUTINHO, E. O cinema documentário e a escuta sensível da auteridade. In: ANTONACCI, M. A.; PERELMUTTER, D. (Orgs). Projeto história: ética e história oral. São Paulo: PUC/SP, abr./97, n.15. p. 165 – 191.

MACHADO, A. O quarto iconoclasmo e outros ensaios herejes. Rio de Janeiro: Rios

Ambiciosos, 2001.

MATURANA, H. A ontologia da realidade. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1997.

MARTIN-BARBERO, J. Novos regimes de visualidade e descentramentos culturais. In: FILÉ, V. (Org). Batuques, fragmentações e fluxos: zapeando pela linguagem audiovisual no cotidiano escolar. Rio de Janeiro: DP & A , 2000. p.83 – 112.

MARTIN-BARBERO, J. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Ed.UFRJ, 1997.

SANTOS, B. S. Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez, 1995.

WILLIAMS, R. História de la comunicación: de la imprenta a nuestros dias. Barcelona: Bosch, 1992.

Downloads

Publicado

2009-01-13

Como Citar

Alves, N. (2009). As culturas de afro-descendentes em currículos. ETD - Educação Temática Digital, 9, 149–161. https://doi.org/10.20396/etd.v9i0.1049