Psicanálise e Educação: o discurso capitalista no campo educacional

Autores

  • Eric Ferdinando Kanai Passone Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v15i3.1263

Palavras-chave:

Psicanálise e educação. Discurso capitalista

Resumo

A partir da indagação conceitual própria da psicanálise no campo da educação, este trabalho reflete sobre a outra cena da política educacional, isto é, o desejo que sustenta o imaginário social desse discurso hegemônico e que determina às práticas discursivas pedagógicas contemporâneas. As práticas discursivas articuladas em torno da educação básica e da gestão do sistema público de ensino por resultados geram os piores efeitos sobre o ato educativo, sobre o professor, sobre a criança e a própria gestão educacional, na medida em que reinscreve a educação a partir do discurso do capitalismo no campo da educação, cuja marca é a produção em massa de capital humano de excelência, característico das sociedades globalizadas, e do discurso científico-universitário de análise da política educacional, no qual o sujeito passa a ser identificado e rotulado de acordo com os resultados e padrões normativos. Tal cenário demanda novas análises, bem como pesquisas para ampliar o quadro teórico sobre o estatuto do sujeito do desejo, o ato educativo e as possíveis posições que a criança assume junto à demanda do adulto, no contexto das políticas educacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eric Ferdinando Kanai Passone, Universidade de São Paulo

Psicanalista, membro da Escola de Psicanálise de Campinas; Mestre e Doutor em Educação pela Unicamp; Pós-doutorando na Faculdade de Educação da USP

Referências

CATHELINEAU, Pierre-Christophe. Liberalismo e Moral Sadiana. In: GOLDENBERG, Ricardo (Org.). Goza! Capitalismo, globalização e psicanálise. Salvador: Ágalma, 1997. p. 92-105.

FREITAG, Barbara. Escola, estado & sociedade. 6 ed. São Paulo: Moraes, 1979. 142 p.

GOLDENBERG, Ricardo. Política e psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006. 75 p.

LACAN, Jacques. A ciência e a Verdade. In: LACAN, Jacques. Escritos. Tradução Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998. Cap. 7, p. 869-892.

LACAN, Jacques. Função e campo da fala e da linguagem em psicanálise. In: LACAN, Jacques. Escritos. Tradução Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998. Cap.4, p. 238-324.

LACAN, Jacques. O seminário livro 17: o avesso da psicanálise. Tradução Ary Roitman. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1992. 209 p.

DE LAJONQUIÈRE, Leandro. Infância e ilusão (psico)pedagógica: escritos de psicanálise e educação. 4. ed. São Paulo: Vozes, 2009. 204 p.

LEITE, Nina Virgínia Araújo. Psicanálise e análise do discurso: o acontecimento na estrutura. Rio de Janeiro: Campo Matemático, 1994. 240 p.

PASSONE, Eric Ferdinando Kanai. Fracasso na implementação de políticas educacionais: sintoma e emergência do sujeito. Estilos da Clínica, São Paulo, v.18, n.1, p. 53-70, abr., 2013.

QUINET, Antônio. Psicose e laço social: esquizofrenia, paranóia e melancolia. Rio de Janeiro: Jorge Jahar, 2006. 236 p.

QUINET, Antônio. Jacques Lacan: a psicanálise e suas conexões. Rio de Janeiro: Imago, 1993. 238 p.

QUINET, Antônio. A política nos laços sociais. In: QUINET, Antônio. A estranheza da psicanálise: a escola de Lacan e seus analistas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009. Cap 1, p. 45 – 48.

SOUZA, Aurélio. Os discursos na psicanálise. Rio de Janeiro: Companhia de Freud, 2003. 189 p.

VOLTOLINI, Rinaldo. O discurso do capitalista, a psicanálise e a educação. In: LEITE, Nina Virgínia de Araújo; AIRES, Suely; VERAS, Viviane (Org.). Linguagem e gozo. Campinas: Mercado de Letras, 2007. p. 197-212.

Downloads

Publicado

2013-12-11

Como Citar

PASSONE, E. F. K. Psicanálise e Educação: o discurso capitalista no campo educacional. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 15, n. 3, p. 407–424, 2013. DOI: 10.20396/etd.v15i3.1263. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1263. Acesso em: 19 jan. 2022.