Motivação do aluno para aprender: fatores inibidores segundo gestores e coordenadores pedagógicos

Autores

  • Evely Boruchovitch Universidade Estadual de Campinas
  • Eunice M. L. Soriano de Alencar Universidade de Brasília
  • Denise de Souza Fleith Universidade de Brasília
  • Marília Saldanha da Fonseca Centro Universitário de Barra Mansa (RJ)

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v15i3.1264

Palavras-chave:

Motivação para aprendizagem. Administradores escolares. Formação de professores.

Resumo

O presente estudo tem como objetivo investigar: (a) fatores identificados como entraves que dificultam ao professor motivar seus alunos para o estudo e aprendizagem na perspectiva de gestores e coordenadores pedagógicos de instituições educacionais públicas e particulares do ensino fundamental; (b) características de professores que promovem e que inibem a motivação do aluno para aprender segundo gestores e coordenadores pedagógicos; (c) possíveis diferenças entre gestores e coordenadores de instituições de ensino públicas e particulares nas variáveis pesquisadas. Os dados obtidos são promissores e apresentam importantes implicações psicoeducacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evely Boruchovitch, Universidade Estadual de Campinas

Psicóloga, Ph.D em Psicologia Educacional, pela University of Southern California. Professora titular da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Pesquisadora do CNPq.

Eunice M. L. Soriano de Alencar, Universidade de Brasília

Psicóloga, Ph.D. em Psicologia pela Purdue University. Professora emérita da Universidade de Brasília (UNB). Pesquisadora do CNPq.

Denise de Souza Fleith, Universidade de Brasília

Psicóloga, Ph.D. em Psicologia Educacional pela University of Connecticut. Professora Associada do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília (UNB). Pesquisadora do CNPq

Marília Saldanha da Fonseca, Centro Universitário de Barra Mansa (RJ)

Pedagoga, Mestre em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).Doutora pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professora convidada da Coordenadoria de Pós-Graduação e Pesquisa (COPEP) do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM).

Referências

ALENCAR, Eunice Maria Lima Soriano; FLEITH, Denise Souza. Barreiras à promoção da criatividade no ensino fundamental. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 24, n. 1, p. 59-66, 2008.

AMABILE, Tereza M. et al. The work preference inventory: assessing intrinsic and extrinsic motivation orientation. Journal of Personality and Social Psychology, Washinton, v. 66, n. 5, p. 950-967, 1994.

ATKINSON, John. An introduction to motivation. Princeton, NJ: Van Nostrand, 1964.

BANDURA, Albert. Regulation of cognitive processes through perceived self-efficacy. Developmental Psychology, Washington, v. 25, n. 5, p.729-735, 1989.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 3.ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BORUCHOVITCH, Evely. A motivação no contexto escolar: implicações para formação de professores. In: SANTOS, Betina Steren dos; BOZA CARREÑO, Angel (Org.). A motivação em diferentes cenários. Porto Alegre: Ed.PUCRS, 2010. p.119-128.

BZUNECK, José Aloyseo. A motivação do aluno: aspectos introdutórios. In: BORUCHOVITCH, Evely; BZUNECK, José. Aloyseo (Org.). Motivação do aluno: contribuições da psicologia contemporânea. Petrópolis: Vozes, 2009. p.9-36.

BZUNECK, José Aloyseo. Como motivar os alunos: sugestões práticas. In: BORUCHOVITCH, Evely; BZUNECK, José Aloyseo; GUIMARÃES, Sueli Edi Rufini (Org.). Motivação para aprender: Aplicações no contexto educativo. Petrópolis: Vozes, 2010. p.13-42.

CLEARY, Timothy J. Professional development needs and practices among educators and school psychologists. New Directions for Teaching and Learning, São Francisco, n. 126, p.77-87, 2011.

COLLARES, Cecilia Azevedo Lima; MOYSÉS, Maria Aparecida. Preconceitos no cotidiano escolar: ensino e medicalização. São Paulo: Cortez, 1996.

DECI, Edward L.; RYAN, Richard. M. Intrinsic motivation and self-determination in human behavior. New York: Plenum, 1985.

FREDRICKS, Jennifer A.; ALFELD, Corinne; ECCLES, Jacquelyne S. Developing and fostering passion in academic and nonacademic domains. Gifted Child Quarterly, Washington, v. 54, n. 1, p.18-30, 2010.

GOYA, Alcides; BZUNECK, José Aloyseo; GUIMARÃES, Sueli Edi Rufini. Crenças de eficácia de professores e motivação de adolescentes para aprender Física. Revista Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 12, n. 1, p.51-67, 2008.

GRAHAM, Sandra ; WEINER, Bernard. Theories and principles of motivation. In BERLINER, D. C.; CALFEE, R. C. (Org.). Handbook of educational psychology. New York: Simon; Schuster MacMillian, 1996. p 63-84.

HARTER, Susan. A new self-report scale of intrinsic versus extrinsic orientation in the classroom: motivational and informational components. Developmental Psychology, Washington, v.17, n.3, p. 300-312, 1981.

HONG, Eusook; GREENE, Mary; HARTZELL, Stephanie. Cognitive and motivational characteristics of elementary teachers in general education classroom and in gifted programs. Gifted Child Quarterly, Washington, v. 55, n. 4, p. 250-264, 2011.

KNUPPE, Lucianne. Motivação e desmotivação: desafio para as professoras do ensino fundamental. Educar em Revista, Curitiba, n.27, p. 277-290, 2006.

LENS, Willy.; MATOS, Lennia; VANSTEENKISTE, Maarten. Professores como fontes de motivação dos alunos: o quê e o porquê da aprendizagem do aluno. Educação, Porto Alegre, n.31, v.1, p. 17-20, 2008.

LEPPER, Mark. R.; CORPUS, J. Henderlong; IYENGAR, Sheena. Intrinsic and extrinsic motivation in the classroom: age differences and academic correlates. Journal of Educational Psychology, Washington, v.97, n.2, p.184-196, 2005.

MARTINI, Mirella Lopes. Variáveis psicológicas de professores e alunos, ações interativas e desempenho acadêmico: investigando possíveis relações. 2003. 203f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Programa de Pós-graduação em Psicologia e Educação, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, 2003.

MARTINI, Mirella. Lopes; BORUCHOVITCH, Evely. A teoria da atribuição de causalidade: contribuições para a formação e atuação de educadores. Campinas, SP: Alínea, 2004. p.83.

McCLELLAND, David. The achievement society. NewYork: The Free Press, 1961.

NICHOLLS, John G. Achievement motivation: concepts of ability, subjective experience, task choice and performance. Psychological Review, Washington, v.91, n.3, p. 328-346, 1984.

OLIVEIRA, Bruna Martins; BARCELOS, Ana Maria Ferreira. Identidade e motivação de professores pré-serviço de Inglês e suas crenças sobre ensino e aprendizagem de língua inglesa: um estudo longitudinal. Revista Contemporânea de Educação, Rio de Janeiro, v.7, n.13, p.127-153, 2012.

OTAVIANO, Alessandra Barbosa Nunes; ALENCAR, Eunice Maria. Lima Soriano; FUKUDA, Claudia Cristina. Estímulo à criatividade por professores de Matemática e motivação do aluno. Revista Psicologia Escolar e Educacional, Maringá, v. 16, n. 1, p. 61-69, 2012.

PEIXOTO, Franscisco; RODRIGUES, Patrícia. Atitudes parentais em relação ao desempenho acadêmico dos filhos e sua relação com o autoconceito, autoestima e motivação. Lisboa: Instituto Superior de Psicologia Aplicada, 2005. p.803-817.

REEVE, Johnmarshall.; DECI, Edward. L.; RYAN, Richard. M. Self-determination theory: A dialetical framework for understanding sociocultural influences on student motivation. In:

McINERNEY, Denis M.; VAN ETTEN, Shawn. (Org.). Big theories revisited. Greenwich, CT: Information Age, 2004. p. 31-60.

SCHUNK, Dale; PAJARES, Frank. Self-efficacy in education revisited: empirical and applied evidence. In: McINERNEY, Dennis. M.; VAN ETTEN, S. (Org.). Big theories revisited. Greenwich, CT: Information Age, 2004. p.115-138.

SCHUNK, Dale. H.; PRINTRICH, Paul. R.; MEECE, Judith. L. Motivation in education: theory, research and applications. New Jersey, NJ: Pearson Merrill Prentice Hall, 2008. p.433.

SCHUNK, Dale H.; ZIMMERMAN, Barry. J. Motivation and self-regulated learning: theory, research and applications. New York, NY: Lawrence Erlbaum, 2008. p.413.

SOUZA, Nadia Aparecida; BORUCHOVITCH, Evely. Avaliação da apredizagem e motivação para aprender: tramas e entrelaços na formação de professores. ETD - Educação Digital Temática, Campinas, v.10, n. esp., p.187-203, out. 2009. Disponível em: http://www.fae.unicamp.br/revista/index.php/etd/article/view/2062. Acesso em: 20 jul. 2013.

SPINATH, Birgit. Development and modification of motivation and self-regulation in school contexts: introduction to the special issue. Learning and Instruction, Philadelphia, v.15, n. 2, p.85-86, 2005.

STEINMAYR, Ricarda.; SPINATH, Birgit. The importance of motivation as a predictor of school achievement. Learning and Individual Differences, Philadelphia, v.19, n.1, p.80-90, 2009.

STIPEK, Debora. J. Motivation to learn: from theory to practice. Englewood Cliffs: Prentice Hall, 1993.

WEINER, Bernard. A theory of motivation for some classroom experiences. Journal of Educational Psychology, Washington, v. 71, n. 1, p.3-25,1979.

WEINER, Bernand. An attributional theory of achivement motivation and emotion. Psychological Review, Washington, v. 92, n. 4, p. 548-573, 1985.

WEINER, Bernard. Attribution theory revisited: Transforming cultural plurality into theoretical unity. In: McINERNEY, Denis. M.; VAN ETTEN, Shawn. (Org.). Big theories revisited. Greenwich, CT: Information Age, 2004. p.13-29.

WEINER, Bernand. The development of an attribution based theory of Motivation. The history of ideas. Educational Psychologist, Washington, v. 45, n. 1, 28-36, 2010.

WHITNEY, Carol Strip.; HIRSCH, Gretchen. A love for learning: motivation and the gifted child. Scottsdale, AZ: Great Potential Press, 2007.

WOLTERS, Christopher A. Advancing achievement goal theory: using goal structures and goal orientations to predict students’ motivation, cognition, and achievement. Journal of Educational Psychology, Washington, v. 96, n. 2, p.236-250, 2004.

WOOLFSON, Lisa M.; BRADY, Kevin. An investigation of factors impacting on mainstream teacher ́s beliefs about teaching students with learning difficulties. Educational Psychology, Washington, v. 29, n. 2, p.221-238, 2009.

Downloads

Publicado

2013-10-21

Como Citar

BORUCHOVITCH, E.; ALENCAR, E. M. L. S. de; FLEITH, D. de S.; FONSECA, M. S. da. Motivação do aluno para aprender: fatores inibidores segundo gestores e coordenadores pedagógicos. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 15, n. 3, p. 425–442, 2013. DOI: 10.20396/etd.v15i3.1264. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1264. Acesso em: 19 jan. 2022.