Banner Portal
Expectativas e satisfação dos estudantes em cursos em E-learning no ensino pós-graduado
PDF

Palavras-chave

eLearning. Ensino superior. Estudantes. Expectativa. Satisfação.

Como Citar

LEMOS, Susana; PEDRO, Neuza. Expectativas e satisfação dos estudantes em cursos em E-learning no ensino pós-graduado. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 15, n. 1, p. 107–126, 2013. DOI: 10.20396/etd.v15i1.1297. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1297. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

No presente estudo procurou-se recolher dados relevantes decorrentes da experiência de estudantes que frequentaram um curso pós-graduado em e-learning, na área da educação. O estudo explora a relação entre as expectativas dos estudantes e os seus níveis de satisfação num curso de Mestrado desenvolvido em 2010-2012. Procurou-se conhecer os motivos da opção dos estudantes pelo curso em e-learning, assim como caracterizar os seus níveis de expectativas iniciais e de satisfação. Procurou-se igualmente apurar os níveis de satisfação relativos aos itens que compõe cada dimensão e verificar como estas dimensões se relacionam entre si. Assumindo-se uma abordagem metodológica quantitativa, o estudo teve como participantes o grupo de estudantes que frequentou o curso em análise, aos quais foram aplicados dois questionários (no início e no final do curso). A análise dos dados foi realizada numa perspectiva multidimensional, considerando 9 dimensões: design e currículo do curso; coordenação; corpo docente e tutores; conteúdos programáticos; materiais disponibilizados; metodologias de trabalho; sistema de avaliação; serviços de apoio e infraestruturas tecnológicas. Os níveis de expectativas e de satisfação dos estudantes revelaram-se francamente favoráveis e indicadores de uma positiva experiência no curso. Reconhece-se que as diferentes dimensões se correlacionam entre si, com implicações diferenciadas nas estratégias de aperfeiçoamento, assim como se entende que esta investigação permite contribuir para a promoção da qualidade e do sucesso das iniciativas de e-learning no Ensino Superior.
https://doi.org/10.20396/etd.v15i1.1297
PDF

Referências

ALOBIEDAT, A. Tafila technical university students’ perception of electronic learning. European Journal of Scientific Research, v. 3, n. 46, p. 391-400, 2010.

BATES, T. The state of e-learning [Tony’s blog]. Disponível em: http://www.tonybates.ca/2008/12/19/the-state-of-e-learning-2008/. Acesso em 13 mar. 2008.

BIELSCHOWSKY, C. et al. Reforming distance learning higher education in Portugal. Lisboa: Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, 2009.

GOMES, M. J. E-learning e educação on-line: contributos para os Princípios de Bolonha. In: COLÓQUIO SOBRE QUESTÕES CURRICULARES - GLOBALIZAÇÃO E (DES) IGUALDADES: OS DESAFIOS CURRICULARES, 7,. 2006, Braga. Anais do... Braga: Centro de Investigação em Educação da Universidade do Minho, 2006.

GOMES, M. J.; SILVA, B. D.; SILVA, A. M. Avaliação de cursos em e-learning. In CONFERÊNCIA DE E-LEARNING NO ENSINO SUPERIOR - ELES’04, 1., 2004, Aveiro. Anais do... Aveiro: Universidade de Aveiro, 2004.

JACKSON, L. C.; JONES, S. J.; RODRIGUEZ, R. C. Faculty actions that result in student satisfaction in online courses. Journal of Asynchronous Learning Networks, Newburyport, MA, v. 4, n. 14, p. 78-96. 2010.

JOHNSTON, J.; KILLION, J.; OOMEN, J. Student satisfaction in the virtual classrroom. The Internet Journal of Allied Health Sciences and Practice, Lauderdale, FL, v.3, n.2, p.1-7, 2005.

KHAH, B. H. Managing e-learning: design, delivery, implementation and evaluation. Hershey: Information Science Publishing, 2005.

KOTLER, P; CLARKE, R. N. Marketing for health care organizations. Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall. 1987.

LEE, S. J. et al. Examining the relationship among student perception of support, course satisfaction, and learning outcomes in online learning. The Internet and Higher Education, Doetinchem, n.14, n.3, p.158-163, 2011.

MAGANO, J.; CASTRO, A.; CARVALHO, C. O e-Learning no ensino superior: um caso de estudo. Educação, Formação & Tecnologias, Monte da Caparica, PO, v.1, n.1, 2008.

MALIK, M. W. Student satisfaction towards e-learning: influential role of key factors. In: COMSATS INTERNATIONAL BUSINESS RESEARCH CONFERENCE (CBRC), 2nd., 2009, Lahore, Pakistan. Proceedings... Lahore, Pakistan: CBRC, 2009.

PAECHTER, M; MAIER, B.; MACHER, D. Students’ expectations of, and experiences in e- learning: Their relation to learning achievements and course satisfaction. Computers & Education, Amsterdam, NE, v.54, n.1, p. 222–229, Jan. 2010.

PALMER, S. R. ; HOLT, D. M. Examining student satisfaction with wholly online learning. Journal of Computer Assisted Learning, West Sussex, UK, v.2, n. 25, p.101-113, 2008.

ROSENBERG, M. E-learning. strategies for delivering knowledge in the digital age. New York: McGraw-Hill, 2001.

RUBIO, M. J. Efoques y modelos de evaluación del e-learning. RELIEVE: Revista Electrónica de Investigación y Evaluacion Educativa,Valencia, v. 9, n. 2, p. 101-120, 2003.

SAHIN, I.; SHELLEY, M. Considering Students’ Perceptions: The Distance Education Student Satisfaction Model. Educational Technology & Society, Palmerston North, NZ, v. 3, n. 11, p. 216–223, 2008.

SCHUBERT-IRASTORZA, C.; FABRY, D. L. Improving Students Satisfaction with Online Faculty Performance. Journal of Research in Innovative Teaching, La Jolla, CA, v.4, n.1, p. 168-179, Mar. 2011.

SHER, A. Assessing the relationship of student-instructor and student-student interaction to student learning and satisfaction in Web-bases Online Learning Environment. Journal of Interactive Online Learning, Tuscaloosa, AL, v.8, n.2, Summer 2009.

SMART, K. L.; CAPPEL, J. J. Students ́ Perceptions of Online Learning: A Comparative Study. Journal of Information Technology Education, Santa Rosa, CA, v.5, n.32, p.201-219, 2006.

SUN, P. et al. What drives a successful e-Learning? an empirical investigation of the critical factors influencing learner satisfaction. Computers & Education, Amsterdam, NE, v.50, n. 4, p. 1183-1202, May 2008.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.