A reorganização de tempos, espaços e relações na escola com o uso de metodologias ativas de aprendizagem e ferramentas colaborativas

Autores

  • Ulisses Ferreira Araujo Universidade de São Paulo
  • Renate Fruchter Stanford University
  • Monica Cristina Garbin Universidade Estadual de Campinas
  • Lucas Nóbilo Pascoalino Universidade de São Paulo
  • Valeria Amorim Arantes Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/etd.v16i1.1331

Palavras-chave:

Cidadania. Universidade Virtual. Desafios da Educação. Aprendizagem Baseada em Problemas. Acesso à Tecnologia.

Resumo

A inserção das tecnologias de informação e comunicação (TICs) na sociedade em rede atual é um processo contínuo e irreversível. Desse modo, é necessário que se pense na construção de um novo modelo educativo e de ciência considerando dimensões complementares de conteúdo, forma e na relação entre docentes e discentes. Avaliar o impacto do Design Thinking, da Aprendizagem baseada em problemas e por projetos e a utilização das TICs na rotina das escolas dos alunos do curso de pós-graduação em Ética, Valores e Cidadania na Escola (EVC). Foram utilizadas de maneira experimental três tecnologias (BrainMerge, TERF e Fishbowl™) para o desenvolvimentos dos projetos colaborativos. Ao final do curso foi aplicado um questionário para avaliar seu impacto nos participantes. Dos 239 participantes (Segundo EVC) 96,8% afirmaram que o curso contribuiu para a sua rotina. Já o primeiro EVC, entre os 142 participantes, 94,4 resposta semelhante. Esses resultados indicam que o curso teve um impacto transformador sobre participantes: enquanto eles "prototipam", podem ver melhores abordagens para resolver os problemas de sua escola, mudando suas aulas, transformando-as em atividades mais interativas. A educação básica e a superior não estão isentas das transformações sociopolítico econômicas que o mundo tem sofrido, e precisam se reinventar para terem o papel de destaque que as sociedades as concedeu ao longo dos últimos 300 anos. Paradoxalmente, essa reinvenção depende tanto da sua capacidade de continuidade quanto da sua capacidade de transformação, para se adaptar às novas demandas da sociedade, da cultura e da ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ulisses Ferreira Araujo, Universidade de São Paulo

Professor Titular da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP Leste), é Presidente da PANPBL - PanAmerican Network for Problem-Based Learning. Na Universidade de São Paulo é Coordenador Científico do Núcleo de Pesquisas em Novas Arquiteturas Pedagógicas e Coordenador do Núcleo de Apoio Cultural, Social e Educacional (NASCE). Desde 2012 é membro do Editorial Board do Journal of Moral Education, e desde 2013 é membro do Executive Board da Association for Moral Education. Foi professor-visitante na Stanford University School of Education (EUA, 2008) e da Universidad Autonoma de Barcelona (Espanha, 2006-2010). De 2003 a 2010 foi consultor do Ministério da Educação para o "Programa Ética e Cidadania: construindo valores na escola e na sociedade", e desde 2008 coordena os cursos de especialização sobre ética e cidadania no âmbito da parceria USP/UNIVESP-Universidade Virtual do Estado de São Paulo. Livre-docente pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (2005), fez Pós-doutorado nas Universidades de Barcelona, Espanha (2004) e Stanford, EUA (2008). Doutorou-se em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (1998), obteve o título de Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1993), e concluiu a graduação em Pedagogia pela Universidade Católica de Goiás (1988).

Renate Fruchter, Stanford University

É diretora fundadora do Laboratório de Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP Lab) , professora doDepartamento de Engenharia Civil e Ambiental , e engenheira sênior de pesquisa impulso líder de "Tecnologias de Colaboração" no Centro de Instalações Engenharia Integrada (CIFE), em Stanford.

Monica Cristina Garbin, Universidade Estadual de Campinas

Atualmente estuda Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas, possui graduação em Pedagogia (2007) e mestrado em Educação (2010), pela mesma instituição. Em 2012 foi visiting research scholar na Stanford University. Tem experiência em formação de professores e gestores educacionais na temática novas tecnologias digitais; desenvolvimento de aplicativos tecnológicos para educação; desenvolvimento e docência em cursos de capacitação de professores para uso da lousa digital, produção audiovisual colaborativa, tecnologias na educação, ensino a distância, web 2.0 e outras linguagens.

Lucas Nóbilo Pascoalino, Universidade de São Paulo

Possui graduação em Fisioterapia (concluído em 1998). Tem experiência na área de Fisioterapia cardio-respiratória e, atuando principalmente nos seguintes temas: reabilitação cardio-pulmonar, hipertensao arterial, transplante cardíaco e função endotelial. Concluiu recentenmente seu Doutorado em cardiologia pela Faculdade de Medicina da USP. Atualmente é supervisor do curso de pós-graduação em Ética, Valores e Cidadania oferecido no âmbito do programa USP-UNIVESP e desenvolve projetos de pesquisas voltadas para as áreas de novas arquiteturas pedagógicas e desenvolvimento de novas tecnologias de comunicação e informação de ensino e aprendizagem na Universidade de São Paulo.

Valeria Amorim Arantes, Universidade de São Paulo

Professora Livre-Docente da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo. Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas-SP (1993), doutorado em Psicologia pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Barcelona - Espanha (2000) e pós-doutorado pela Faculdade de Psicologia da Universidade Autônoma de Barcelona Espanha (2006) e pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Barcelona (2008). Foi professora-visitante na Stanford University School of Education (EUA) em 2008, 2009, 2011 e 2012; na Universidade de Barcelona (Espanha) em 2009; na Universidade Autônoma de Barcelona (Espanha) em 2006, 2007, 2008 e 2009, ministrando disciplinas no Programa de Doutorado "Psicologia de la Comunicación: Interacción Social y Desarrollo Humano". De 2004 a 2008 foi coordenadora do Ciclo Básico de todos os cursos da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da Universidade de São Paulo.

Referências

ARAÚJO, Ulisses Ferreira de. A quarta revolução educacional: a mudança de tempos, espaços e relações na escola a partir do uso de tecnologias e da inclusão social. ETD – Educação Temática Digital, Campinas, v. 12, n. esp., p.31-48, mar. 2011.

ARAÚJO, Ulisses Ferreira de. Temas transversais e a estratégia de projetos. São Paulo: Moderna, 2010. 111 p.

ARAÚJO, Ulisses Ferreira de; SASTRE, Genoveva. Aprendizagem baseada em problemas no ensino superior. São Paulo: Summus Editorial, 2009. 236 p.

BEHAR, Patrícia Alexandra. Modelos pedagógicos em educação a distância. Porto Alegre: Artmed, 2009. 316 p.

BROWN, Tim. Design thinking: Uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias. Rio de Janeiro: Elsiever, 2010. 272 p.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1999. 617 p.

COLL, César; MAURI, Teresa; ONRUBIA, Javier. Os ambientes virtuais de aprendizagem baseados na análise de casos e resolução de problemas. In: COLL, César; MONEREO, Carles. Psicologia da educação virtual: aprender a ensinar com as tecnologias da informação e comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2010. p. 189-207.

FRUCHTER, Renate; YEN, Sam. RECALL in Action. In: ASCE ICCCBE CONFERENCE, 8., 2000, Palo Alto. Proceedings of... Palo Alto: Stanford, 2000. p. 1012 - 1021.

FRUCHTER, Renate. The fishbowl: degrees of engagement in global teamwork. Intelligent Computing In Engineering And Architect, Ascona, v. 4200, n. 1, p.241-257, jun. 2006.

INTERNATIONAL TELECOMMUNICATION UNION (Switzerland). Measuring the information society. Geneva: International Telecommunication Union, 2013. 233 p.

PLATTNER, Hasso; MEINEL, Christoph; LEIFER, Larry. Design thinking research: studying co-creation in practice (understanding innovation). Berlim: Springer, 2012. 300 p.

UNESCO. World conference on higher education: the new dynamics of higher education and research for societal change and development. Paris: UNESCO, 2009. 10 p.

Downloads

Publicado

2014-04-11

Como Citar

ARAUJO, U. F.; FRUCHTER, R.; GARBIN, M. C.; PASCOALINO, L. N.; ARANTES, V. A. A reorganização de tempos, espaços e relações na escola com o uso de metodologias ativas de aprendizagem e ferramentas colaborativas. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 16, n. 1, p. 84–99, 2014. DOI: 10.20396/etd.v16i1.1331. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/1331. Acesso em: 25 jan. 2021.