Banner Portal
Educação para todos: desafios, ações, perspectivas da inclusão nas escolas brasileiras
PDF

Palavras-chave

Inovação educacional. Educação escolar. Ensino /aprendizagem. Aprimoramento profissional de professores.

Como Citar

MANTOAN, M. T. E. Educação para todos: desafios, ações, perspectivas da inclusão nas escolas brasileiras. ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 38–44, 2009. DOI: 10.20396/etd.v1i3.547. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/547. Acesso em: 26 fev. 2024.

Resumo

A transformação das escolas para prover uma Educação Para Todos implica em torná-las capazes de oferecer ensino de qualidade aos seus alunos, atendendo às peculiaridades de cada um, reagindo à diversidade com medidas includentes, tanto na sua organização pedagógica como administrativa. Este texto trata das mudanças que estão sendo propostas por projetos que caminham nessa direção e que estão sendo desenvolvidos em escolas públicas brasileiras. 

https://doi.org/10.20396/etd.v1i3.547
PDF

Referências

BROWN, L. et al. A strategy for developing chronological age appropriate and functional curricular adolescents and severely handicapped adolescents and young adults. In: The Journal of Special Education. 13 (1), 81-90, 1979.

BROWN, L. Enseigner aux élèves gravemente handicapés à accomplir destâches essentielles em millieu de travail hétérogène.Wisconsin: University of Wisconsin e Madison Metropolitan School District, 1983.

DORÉ,R., WAGNER, S., BR UNET, J. P.. Réussir l’intégration scolaire – la déficience intellectuelle. Montreal (Québec): Les Éditions LOGIQUES Inc, 1996.

FALVEY, M. A.; HANEY, M.. Partnerships with parents and significant others. In: Falvey,M.A. Community-base curriculum. instructional strategies for students with severe handicaps. Baltimore,MD: Paul H.Brookes Publishing Co. 15-34, 1989.

FERGUSSON,D. L. et al. Figuring out what to do with grownups: how teachers make inclusion “work”for students with disabilities. In: The Journal of The Association for Persons With Severe Disabilities (JASH), 17 (4), 218-226, 1992.

MANTOAN, M. T. E. (1988). Compreendendo a deficiência mental: novos caminhos educacionais. São Paulo: Editora Scipione, 1988.

MANTOAN, M. T. E. (1991). A solicitação do meio escolar e a construção das estruturas da inteligência no deficiente mental: uma interpretação fundamentada na teoria de conhecimento de Jean Piaget. Tese de doutoramento. Campinas: UNICAMP/Faculdade de Educação, 1991.

MONEREO, C. (1985). In: Steenlandt, D. La integration de niños discapacitados a la educación común. Santiago do Chile: UNESCO/OREAL C, 1991.

MORENO, M. Os temas transversais: um ensino olhando para frente. In: Busquets,M.D. et alii. Los temas transversales: claves de la formación integral. Madri:Santillana, 1993. 10-43.

PETERSON, M. et al. Community referenced learning in inclusive schools: effective curriculum for all students. In: STAINBACK,S.; STAINBACK,W.(Org.). Curriculum considerations in inclusive classrooms: facility ating learning for all students. Baltimore,MD: Paul H. Brookes Publishing Co. 207-227, 1992.

PURKEY,W.W. et NOVAK,J.M. Inviting school success. A self-concept approach to teaching and learning. Belmont: Wadsworth, 1984.

SAINTLAURENT, L. L’éducation intégrée à la communauté en déficience intellectuelle. Montréal, Québec: Les Editions Logiques Inc, 1994.

A ETD - Educação Temática Digital utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.